[EXCLUSIVO] MERCURY nos conta sobre o diferencial do grupo, preconceitos sofridos e sonhos

 

Fonte: Instagram

O Mercury debutou há menos de três meses e já chamou atenção dos fãs de K-pop pelo globo. O grupo é formado por quatro integrantes: HyeNa, SeHee, SeoA e HanBit, sendo essa última já conhecida pelos trabalhos de atriz e também por ter sido uma das concorrentes do Korea Next Top Model
Dentre tantas características e multi-talentos, tem algo muito legal: a integrante HanBit é trans e desde o debut vem recebendo mensagens de apoio dos fãs e da comunidade LGBT, especialmente do Brasil.

Já falamos anteriormente do grupo aqui, e o artigo foi tão bem recebido, que fizemos questão de contar do carinho dos brasileiros para elas.

Bonitas, carismáticas e talentosas, venceram o preconceito e nessa entrevista exclusiva para a KoreaIN mostram que o potencial vai muito além do gênero.


Confira o MV de debut:



 
“Eu acredito em mim mesma e me amo,
devido à isso estou aqui.” – HanBit
 

[KoreaIN] Cada vez mais grupos têm debutado, qual seria o diferencial do Mercury?

HyeNa – Nós do Mercury estudamos na Korea National University, e nossa graduação é em Dança Tradicional Coreana. Nós fizemos várias atividades como modelar, atuar e dar aulas de Pilates. Acho que nós podemos mostrar, expressar e performar várias coisas diferentes. Nós não queremos ser um girlgroup comum. Nós queremos ser um girlgroup único, que faz arte. E nós queremos introduzir a Dança Tradicional Coreana e o K-pop ao mundo e também espalhá-lo pela Coreia do Sul.


[K-IN] Como foi o processo de treinamento de vocês? E o que foi mais difícil nesse tempo de trainee?
SeHee – Todas integrantes treinaram por mais de um ano. SeoA e eu ainda somos estudantes, então foi um pouco difícil estudar e praticar ao mesmo tempo.

SeoA – Eu concordo com SeHee. Já faz um ano que praticamos dança e canto. Senti que foi fisicamente cansativo praticar e estudar, mas eu realmente aproveitei esse processo, porque fiz junto às integrantes do Mercury.


[K-IN] Os brasileiros têm ficado muito empolgados com o debut do grupo e recebemos muitas visitas em nossa matéria sobre vocês. Qual é sua expectativa quanto a recepção de fãs estrangeiros? Há desejo de fazer shows em outros países?
 
HyeNa – Ás vezes, os fãs brasileiros nos mandam mensagens, mas nós não conseguimos imaginar o porquê de vocês gostarem da gente. Pensamos isso porque nós não temos muitas chances de nos apresentar no Brasil ainda. Primeiramente, gostaríamos de se apresentar no Brasil, em um evento para os fãs brasileiros.
 
[K-IN] Que mensagem gostariam de transmitir através da sua música?
SeHee – Nós queremos animar as pessoas que estão cansadas da vida cotidiana através na nossa música ‘Don’t Stop’.


[K-IN] Vocês debutaram com uma canção electro-dance, quais outros ritmos pretendem explorar?
HyeNa – Nós estamos preparando músicas do gênero EDM, acho que pode combinar com o verão. E queremos colaborar com Música Tradicional Coreana e K-pop para nossa próxima música.
 
Fonte: Instagram

[K-IN] O grupo afirmou ter um conceito de “ídolos com corpo de modelo”, quais são os modelos que inspiram vocês?
SeHee – Minha atriz favorita e minha inspiração é Audrey Hepburn.
 
[K-IN] Para HanBit, como foi poder participar do Korea’s Next Top Model? Teria vontade de participar da versão americana?
 
HanBit – Eu senti como se tivesse pisado no meu palco dos sonhos. Eu fiz o meu melhor e eu estava muito feliz durante as filmagens. Se eu conseguisse falar inglês bem, poderia me desafiar à versão americana.

 
[K-IN] SeoA foi integrou ao grupo recentemente. Como é entrar em grupo que já debutou e está em promoção?
 
SeoA – Na verdade, primeiro eu pensei se eu causaria problemas para a equipe. Porém, eu quero fazer o meu melhor e mostrar o meu valor pelo Mercury em qualquer palco. Estou muito feliz até agora.


[K-IN] Há poucas informações sobre a comunidade trans coreana, gostaríamos de saber pela HanBit, como é ser trans na Coreia do Sul? Você chegou a sofrer preconceito, como lidou com ele?
 
HanBit – Quando eu trabalhava como modelo, perdi muitas chances de me candidatar à audições pelo fato de eu ser transsexual. Apesar disso, eu nunca desisti. Eu acredito em mim mesma e me amo, devido à isso estou aqui.


[K-IN] Infelizmente o Brasil não é um país muito gentil com a comunidade trans, tendo dados de violência alarmantes. Choi HanBit, que mensagem você deixaria para os fãs LGBT de K-pop?
     
HanBit – Não se esconda. Ame a si próprio e tenha um sonho. Você irá ser feliz, com certeza.

     
[K-IN] Há algum artista que gostariam de trabalhar junto? Qual?
 
SeoA – Se eu pudesse escolher, gostaria de me apresentar com Beyoncé. Seria uma grande honra.

 
Fonte: Instagram
 
 
[K-IN] Qual o próximo objetivo de vocês, como girlband?
 
SeHee – Mercury tem várias coisas à mostrar para vocês todos, nós queremos ser um grupo memorável.
SeoA – Nosso objetivo é ser um girlgroup que expresse nossas próprias características e que faça apresentações charmosas e especiais.      
Mercury – Nosso sonho atual é nos apresentarmos nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. Nós poderíamos fazer qualquer coisa para esse sonho se tornar realidade.

[K-IN] Para nós seria um orgulho tê-las na Olimpíadas!


[K-IN] Por favor, nos conte suas aspirações para o futuro.
 
HanBit – Meu objetivo é viver como uma boa mulher. Quero ser uma mulher sábia que possa amar e ser amada.
HyeNa – Eu quero mostrar Dança Tradicional Coreana e K-pop para o mundo todo e ganhar atenção e amor.
SeoA – Eu quero fazer uma turnê mundial!
SeHee – Eu quero trabalhar com o Mercury o quanto eu puder. E eu quero fazer uma turnê mundial também. Quero me comunicar com estrangeiros e ganhar muitas experiências. 
 

[K-IN] Gostaríamos que cada uma de vocês indicasse uma música que vocês estão ouvindo sem parar ultimamente.
 
HanBit – 10cm – What’s the Spring 
 
 
 
HyeNa – Eric Nam – Good For You
 
 
 
SeHee – Han HyoJu – Love, Lies
 
 
SeoA – Busker Busker – Cherry Blossoms Ending


[K-IN] Essas canções são ótimas!


[K-IN] Fale-nos o que sabem sobre o Brasil.
 
HyeNa – Eu sei que o Brasil é o país da paixão. Eu quero sentir essa paixão do Brasil através de uma performance.     


[K-IN] Por último, deixem uma mensagem para os leitores da Revista KoreaIN.
 
HanBit – Eu realmente aprecio toda demonstração de amor de vocês. Eu estou muito feliz recentemente por causa de vocês. Vamos mostrar nosso melhor no palco. Por favor nos veja e nos apoie. Contamos com seu amor. Obrigada e espero ver vocês o mais rápido possível!



O grupo Mercury também deixou uma mensagem em vídeo para nossos leitores:

Continue seguindo o Mercury e dando amor também nas redes sociais:
 
 
Agradecimentos especiais ao produtor OTHANKQ.
 
Siga a KoreaIN para mais conteúdo exclusivo de seus artistas favoritos.
 
Por Carol Akioka
Tradução por Yung Jin Lee (이영진)
Não retirar sem os devidos créditos.
Publicitária, redatora e diretora de arte, sou CEO e fundadora da KoreaIN, a primeira revista brasileira sobre música e cultura asiática.