Gaecheonjeol, o dia da Fundação da Coreia: mito ou realidade?

A fundação da Coreia (como um estado único) data de mais de 5 mil anos atrás, e ela é repassada aos seus descendentes por meio de um mito. A lenda conta que Dan-Gun (ou Tangun, dependendo da romanização) foi o fundador de Gojoseon, o primeiro reino coreano localizado na parte norte da Península Coreana.

 

A lenda

f8b7493d0c62aa325098bdcc03539cee

O avô de Dangun, Hwan-In, também conhecido como “Senhor do Céu”, teve um filho Hwan-Ung. O filho desejava viver na terra entre as montanhas e assim com a benção de seu pai, Hwan-Ung, os Deuses do Vento, Chuva e Nuvem, junto com 3.000 seguidores fundaram Sinsi (a “Cidade de Deus”). Ele ensinou aos humanos as artes da medicina e da agricultura, se tornando um grande líder.

Um tigre e um urso procuraram o imperador e oraram para que se tornassem humanos, ao ouvir seus pedidos Hwan-Ung ordenou que se alimentassem de 20 dentes de alho e um pacote de artemísia. Caso se alimentassem somente destes alimentos sagrados por 100 dias, ele atenderia o desejo deles. O tigre cansou-se em 20 dias, mas o urso perseverou e ao fim do prazo foi transformado numa mulher.

Já notaram que nosso amado Kim (mascote da KoreaIN) é uma mistura de urso e tigre? Sua inspiração veio da lenda.
Já notaram que nosso amado Kim (mascote da KoreaIN) é uma mistura de urso e tigre? Sua inspiração veio da lenda.

O Ung-Yeo (urso-mulher, em tradução livre), estava agradecida e prestou oferendas para Hwan-Ung, mas sem marido logo se tornou triste e desejosa por uma filho. Ela então orou novamente, abaixo de um vidoeiro, pedindo para ser abençoada com uma criança. O filho do deus comovido com seu pedido transformou-se em humano e ambos tiveram um filho, Dan-Gun.

Dan-Gun ascendeu ao trono e construiu uma cidade murada perto de Pyongyang (a localização não é exata) e fundou a dinastia de Joseon governando a Coreia por 1.500 anos.

 

Coreia do Norte e o Mausoléu de Dangun

4367618-the-reconstructed-historical-site-of-the-dangun-mausoleum-north-korea-1

O antigo líder da Coreia do Note, Kim II-Sung definiu que Dan-Gun não era apenas um mito, mas um personagem real nascido há cerca de 5012 anos. Um mausoléu foi construído no suposto local de seu sepultamento, na encosta de Montanha Taebaek, em Kangdong. Em 1993 arqueólogos norte-coreanos localizaram seus restos mortais, mas não há clara comprovação e não é reconhecido pela Coreia do Sul, considerando sítio controverso.

A sepultura de Dan-Gun tem o formato de uma pirâmide com 50 metros de altura.

 

Outras origens

A associação de Dan-Gun com a agricultura levou a se especular que o personagem lendário fosse na realidade um líder histórico que aprendeu sobre os segredos do solo nas cidades-estados de vale de Huang Ho.

938544_1_12

Há um altar na Ilha KangHwa que dizem ter sido construído pelo próprio Dan-Gun, é uma pequena estrutura de pedras localizada nas montanhas sagradas. Todo 3º dia do 10º mês, um grupo se reúne para fazer o serviço cerimonial.

 

O mito é importante para seu povo, pois liga a nação coreana a uma origem celeste. Como parte de sua cultura milenar, os coreanos abraçam sua história e continuam a propaga-la para os jovens o orgulho de descender de deuses e ursos.

 

Por Amanda Soares
Fontes: KoreaPost, Visit Korea, “Celestial lancets: a history and rationale of acupuncture and moxa” de Needham, “Korea: The Impossible Country: The Impossible Country” de Daniel Tudor.
Não retirar sem devidos créditos.

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.