[Entrevista] Para o 24K um desejo alcançado: “O sonho de ir ao Brasil está se tornando realidade!”

Conhecidos por misturar ritmos do hip-hop, eletrônico e o pop como nos singles “U R So Cute”, “Super Fly” e “Still 24k”. Os garotos cada dia mais amados do kpop se preparam para a turnê mundial, com passagem pelo Brasil.
A turnê brasileira dos garotos é obra da parceria entre a produtora brasileira Highway Star e a gravadora Choeun Entertaiment. Para conhecer os fãs brasileiros o 24K, que virá composto pelos membros em atividade Cory, Kisu, Jeunguk, Hui, Jinhong, Hongseob e Changsun, passarão com fansign por diversas capitais, sendo elas: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e São Paulo.
E antes mesmo de chegar ao Brasil, em entrevista exclusiva à KoreaIN, o grupo fala de seu sonho de conhecer o país e se mostra ansioso pra conhecer os fãs brasileiros

KoreaIN: O grupo já está com 4 anos de carreira. Quem era o 24K do debut e quem é o 24K de hoje? Suas aspirações e inspirações mudaram?

Kisu: Eu acho que o 24K após a estréia e o de agora são completamente diferentes. Quando nós debutamos eramos tão novos e ingênuos, mas eu acho que agora somos maduros e conseguimos deixar uma marca profunda! Mas os nossos planos não mudaram. Eu espero que consigamos mostrar ainda mais maturidade musical de agora em diante.

KoreaIN: Qual música vocês apresentariam para uma pessoa que está ouvindo o 24K pela primeira vez? Por quê?

JeongUk: Bingo! É a melhor para expressar o estilo único do 24K e nós tentamos transmitir na letra uma mensagem importante dos integrantes.

KoreaIN: Que mensagem vocês gostariam de transmitir com suas músicas?

JeongUk: Esta é realmente difícil, falar sobre que tipo de mensagem nós queremos transmitir com as nossas músicas, porque cada comeback é diferente e cada mensagem que nós enviamos para nossos fãs é diferente da mesma forma.
Entretanto, eu posso dizer que cada integrante quer dar para os ouvintes do 24K uma Vibe poderosa, dizendo para não desistirem em nenhuma situação. Se você consegue se sentir animado ouvindo nossas músicas, eu ficaria realmente feliz.

KoreaIN: Em qual artista vocês se inspiram e tomam como modelo?

Changsun: Meu modelo é o Taemin, do SHINee. Primeiro de tudo, eu queria dançar como ele. Eu realmente gostaria de dançar como o sumbae (TaeMin) faz nos palcos, cantando suas músicas. Eu sei que isso pode ser difícil, mas assistindo o sumbae eu entendi que quero ser como ele.

KoreaIN: Há algum conceito que gostariam de tentar e ainda não tiveram a oportunidade?

Jinhong: Começando pelo 3º mini álbum nós tentamos diferentes tipos de conceitos de “homens fortes”. Pessoalmente, eu queria tentar o conceito de “namorado amável”. Eu acho que isso ficará bem em nós!

KoreaIN: Nós também achamos hehe <3 E as 24U brasileiras, será que concordam?



co78_zyviaax0c6

 

KoreaIN: Quais são os objetivos do 24K como um grupo?

Hui: Nossa música tem sua própria cor e estilo. E todos do 24K gostariam de se tornar modelos para outros artistas.

KoreaIN: Vocês já tiveram alguma situação estranha ou engraçada com as fãs?

Cory: Eu sinto que as fãs internacionais tem uma chance de expressar seus pensamentos quando elas vêm até mim. Eu já ouvi coisas realmente ultrajantes no passado (todas engraçadas e com bom espírito), mas as fãs reais sabem do meu amor por memes (risos). Uma fã em particular perguntou se poderia me chamar de John Cena quando nos encontrássemos. Foi engraçado!

 

Para aqueles que não conhecem o meme do John Cena, segue um video com algumas das melhores compilações usando o MEME.

Para aproximar ainda mais as fãs brasileiras do 24K, lançamos em nossas redes um espaço para que elas pudessem mandar suas dúvidas, curiosidades e perguntas sobre o grupo. Abaixo seguem as melhores perguntas das 24U brasileiras!

 

Sempre que o Cory vai tirar foto, enfia o dedo no nariz. Há algum significado por trás dessa pose?

Cory: Eu sou loucamente higiênico. Tenho que mantê-lo limpo! (risos)

Qual foi o momento mais marcante nesses anos de grupo?

Kisu: Realmente existem várias coisas memoráveis para mim, mas mesmo que eu tenha grandes memórias até agora, o fato de estarmos indo para o Brasil ficará na minha cabeça por um longo tempo. O Brasil é tão distante que eu pensava que nunca teria a chance de visita-lo, mas meu sonho está se tornando realidade, por isso que eu irei lembrar para sempre.

 

O Brasil é tão distante que eu pensava que nunca teria a chance de visita-lo, mas meu sonho está se tornando realidade, por isso que eu irei lembrar para sempre. – Kisu

 

Por favor completem a frase: “eu viverei da música e me dedicarei a ela até __________”

Cory: … eu entrar em colapso.

Se vocês pudessem ser outro membro, qual seriam e por quê? O que fariam no lugar desse membro?

Hongseob: Eu escolho o JeongUk!  Ele é bom em dançar e fazer rap. Ele também tem escrito ótimas letras. Eu tenho pensando muito sobre isso, mas não existe nada que ele não seja bom em fazer. Em nossas promoções eu estou tentando ser tão legal quanto o JeongUk! Se eu tivesse a chance de estar no lugar de JeongUk, eu seria Mais-Mais-Uk, um cara muito legal.

KoreaIN: Será que temos um ship novo no grupo? (risos)

 

24k_%ea%b7%b8%eb%a3%b9%ec%83%b7_117

Como está sendo a adaptação dos novos integrantes no grupo?

Changsun: Eu acho que a adaptação está indo bem. Mas agora tudo é novo pra mim, então eu não sei um monte de aspectos sobre ser um ídolo, ainda existem várias coisas que eu não sou bom, é por isso que estou tentando meu melhor! Preparando para a turnê mundial eu gostaria de mostrar uma imagem realmente legal. Eu vou trabalhar duro para isso! Meu coração está trêmulo esperando pelo momento que iremos nos encontrar com vocês (as fãs)!

Qual conselho você ouviu quando mais novo e que gostaria de dar a seus fãs, para assim terem uma vida melhor?

Hui: Quando eu era jovem meu pai me disse que nós temos apenas uma vida e nós deveríamos fazer tudo o que fossemos capazes de fazer. E não se arrepender de nada. Eu quero dizer essas palavras para nossas fãs da mesma forma. Tenha uma vida agradável cheia de aventuras e felicidade.

cyblxduviaa0snb

Algumas de nossas leitoras sofrem de depressão e nos disseram que o 24K ajudou na melhora de sua doença. Gostaríamos de saber qual a sensação de poder ajudar suas fãs através de suas músicas e fazendo algo que tanto amam?

Hongseob: Claro que é uma honra para nós! Se alguém, que seja uma única pessoa, pode ficar feliz graças às nossas músicas, é uma grande vitória para nós e um grande prazer. Eu espero que de agora em diante ainda mais pessoas sintam-se felizes graças às nossas músicas!

Como vocês se sentem em poder fazer uma turnê em um país tão distante, vocês sabiam que tinham tantas fãs no Brasil? Qual o sentimento em ter esgotado as entradas da turnê brasileira?

Jinhong: Em primeiro lugar, nos sentimos realmente honrados em fazer shows no Brasil. Outros integrantes nem sequer podiam acreditar quando ouvimos as notícias sobre bilhetes “esgotados”. Parece que há muitos fãs de 24K no Brasil que conhecem e esperam por nós. Nós tentaremos fazer nosso melhor para que nossos fãs sintam-se satisfeitos. Vamos trabalhar duro para mostrar-lhes o nosso melhor concerto! Te vejo em breve!

 

cyp7x4nuaaalts0

A primeira sessão de autógrafos do grupo será no dia 8 de dezembro no Rio de Janeiro, seguindo dia 9 de dezembro para Belo Horizonte, 10 do mesmo mês para Curitiba e por fim, 11 de dezembro em São Paulo, onde os fãs paulistas também poderão desfrutar de um showcase com os hits dos meninos.
Segundo a página da produtora Highway Star, os ingressos já estão esgotados. E todos aguardamos ansiosos para conhecer de perto o poder e o estilo único do 24K!

Quer conhecer mais sobre o 24K? Clique aqui e aqui. Quer ganhar um poster autografado pelos menos? Clique na imagem abaixo!
http://revistakoreain.com.br/2016/11/promocao-sorteio-de-poster-autografado-24knakin/

Perguntas das fãs: Facebook –  Mariane Spaolonse; Lavínia Akaboshi; Marina Faria; Danieli Ho Seok; Gabriela Martins // Twitter – @KonanLima; @Promise1D_; @debora_twt.
Tradução e adaptação: Naira Nunes
Revisão: Carol Akioka
Agradecimentos especiais Highway Star e Choeun Entertainment
Não retirar sem os devidos créditos

Publicitária, redatora e diretora de arte, sou CEO e fundadora da KoreaIN, a primeira revista brasileira sobre música e cultura asiática.