Primeira produção coreana da Netflix recebe aplausos de pé no Festival de Cannes

Contem leves spoilers.

O primeiro filme coreano produzido pela Netflix, Okja, foi exibido no Festival de Cannes e recebeu aplausos de pé pela platéia. O filme bilíngüe é uma comédia que gira em torno de uma empresa de alimentos e trata da sua ética, que é a GMO produtos. O filme é estrelado por atores globalmente reconhecidos como: Tilda Swinton, Jake Gyllenhaal, Steven Yeun e a atriz-mirim Ahn SeoHyun.
Okja utiliza a alegoria da amizade entre animal e criança, infalível para contar uma boa história. O que também é infalível nesse filme é a habilidade criacional de seu diretor, que busca narrar a trajetória de Mija (Seo-hyun) em proteger sua amiga, um super porco – misto de hipopótamo e cachorro, extremamente dócil e fiel – chamada Okja.
Em momento algum Okja abandona o discurso em defesa à natureza, nem mesmo quando o filme se torna ação e um toque de humor infantilizando, para então lhe desvendar toda a batalha midiática antes oculta.

Tilda Swinton caracterizada para sua personagem com ares de anime.

Dirigido por Bong JoonHo, sofreu algumas críticas por parte da Federação Nacional Francesa de Cinema no Festival de Cannes, devido a escolha do filme ser lançado em um serviço de streaming, ao invés de ser lançado nos cinemas, uma vez que é uma produção cinematográfica.

Mija, personagem de Ahn Seo-hyun.

Contudo, ocorreram alguns problemas técnicos durante a projeção, como o desalinhamento da tela, que freqüentemente cortava os rostos dos atores, algumas vezes até por vários minutos. Mesmo com esses problemas a audiência gostou da linda mensagem do filme e ficaram muito impressionados com o desempenho dos atores.

Okja estará disponível na Netflix a partir do dia 28 de junho. Confira o trailer abaixo:

Por Lorena Tarabauka
Tradução e adaptação: Koreaboo + Adoro Cinema
Não retirar sem os devidos créditos.

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.