9 Músicas coreanas com influência brasileira

Que o Kpop invadiu o Brasil e tomou os corações de vários brasileiros de assalto, não é novidade pra ninguém, certo? Mas será que o caminho inverso foi feito e os coreanos também foram conquistados pelos ritmos do Brasil? A respostas é sim!
Ao entrar em um dos milhares de cafés espalhados pelo país, há grandes chances de que, em algum momento, você ouça clássicos da nossa Bossa Nova e MPB, como as famosas Garota de Ipanema e Águas de Março.

Confira abaixo, artistas coreanos que foram influenciados pela música brasileira e transmitiram essa inspiração para suas canções:

 

Standing Egg – Kiss

Standing Egg é uma banda de indie pop formado por um misterioso trio de compositores e produtores que, em performances ao vivo, são representados por outros músicos! Kiss, faixa do primeiro mini-álbum da banda lançado em 2010, tem um instrumental mais do que conhecido dos amantes da música popular brasileira:

 

Lucite Tokki – Rainy Day

Lucite Tokki  é uma dupla coreana formada pelas talentosas Sun Young Kim e Ye Jin Cho. Graduadas em música e ativas desde 2005, as duas agora moram em Nova Iorque e trabalham em seu quinto álbum:

 

Crush – Woo Ah

Crush é  um dos mais famosos e respeitados artistas solo da Coreia. Desde o início de sua carreira, o artista tem flertado com os mais diversos estilos musicais: R&B, Pop, Rap, Rock  e,em 2016, apresentou um de seus singles mais populares, Woo Ah, com novos arranjos, inspirados na Bossa Nova, gênero do qual  é fã assumido:

 

IU – Obliviate

Aah, como descrever IU? Chamada pelos coreanos de Irmãzinha da Nação e realeza do K-Pop, a cantora, compositora e produtora é considerada por muitos como a mais bela voz feminina da Coréia e uma das melhores artistas de sua geração. Conhecida por suas canções que vão do pop ao Indie, passando pelas baladas clássicas, não é surpresa que IU tenha também se arriscado na Bossa Nova com a faixa Obliviate, do seu álbum Modern Times:

 

Yozoh – Let it Shine

Sin Ju Bin, conhecida como Yozoh é uma cantora Indie conhecida como “A Deusa de Hongdae”, por ter ajudado a popularizar o distrito de Seul que é berço do cenário Indie sul-coreano. Let It Shine é o single mais recente da cantora, e música tema da linha de maquiagens de uma famosa marca sul-coreana. Yozoh diz que a inspiração para a música veio do Samba e filmes franceses (conhecidos por utilizarem Bossa Nova em suas trilhas sonoras):

 

Zion.T – Cinema

Carinhosamente chamado de “Willie Wonka da Coreia” por alguns, Zion.T é um dos artistas coreanos mais bem sucedido em vendas digitais. Conhecido por seu estilo peculiar, letras emocionais e “camaleonice” musical, o cantor, rapper, compositor e produtor adora misturar gêneros musicais em suas canções e em seu novo EP, OO, vemos isso mais uma vez com Cinema:

 

Green Tea – The Green Tea

A banda Green Tea é um projeto executado por diversos artistas e colaboradores que, juntos, produziram dois álbuns Heart In Motion (2012) e Jazz it Up (2013). Auto denominados “A banda de Jazz Coreano”, o grupo mistura traços do estilo norte-americano com a Bossa Nova, em performances Acappella. A cancao The Green Tea mostra bem esse estilo:

 

Ouça Aqui!

Mamamoo – Words Don’t Come Easy

Se você está familiarizado com o K-Pop, provavelmente conhece Mamamoo como o girlgroup das letras e clipes engraçados e das vozes poderosas. Entretanto, o quarteto vai muito além do estereótipo e frequentemente arranca suspiros e elogios com suas performances ao vivo e/ou músicas surpreendentes.  Em seu primeiro álbum completo, as garotas impressionam com a sexy Words Don’t Come Easy (particularmente, uma das minhas músicas favoritas!):

 

 

Heena사랑하오

Muito além de algumas músicas inspiradas pela Bossa Nova, a cantora Heena (Hee Kyung Na), apaixonada pelo estilo, foi ao Brasil para aprender sobre a cultura, história e a arte brasileira, experiência que a levou a gravar seu segundo álbum “Heena” com a ajuda de Roberto Menescal, um dos maiores compositores do país. O álbum conta com músicas inéditas como “Um amor”, escrita para a cantora por Menescal e versões em coreano para clássicos da Bossa Nova. Aqui a bonita e triste 사랑하오 (Eu te amo) vem como representante, mas vale a pena escutar todas as outras músicas da talentosa Heena!

 

Faixa Bonus

 

Coreyah – Asa Branca

A banda Coreyah reúne talentosos artistas coreanos, mestres em instrumento tradicional da cultura oriental e também da música moderna, que se dedicam a criar canções que ultrapassam a barreira do tempo e estilos, unindo o novo e o velho, o rock americano, a música cigana europeia e diversos gêneros africanos e sul africano em belas criações. Em umas de suas performances mais famosas para o OnStage, a Coreyah apresentou uma versão incrível para um dos maiores clássicos brasileiros, Asa Branca do Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

 

 

Por Jeiciane Torres
Não retirar sem os devidos créditos

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.