Mulheres fazem stream de músicas de Suzy e AOA em protesto online

Após declararem apoio à Yang Ye Won, várias famosas foram sugadas para o meio de uma polêmica. A cantora Suzy, uma das artistas a apoiar a Youtuber, foi acusada por um estúdio de espalhar informações falsas sobre o caso e sofreu ameaça de processo por parte dos envolvidos. Como resposta às suas atitudes consideradas imprudentes, homens fizeram uma petição pedindo punição – e até mesmo pena de morte – para a cantora.

Seolhyun, do AOA, também foi envolvida na controvérsia após, não apenas curtir a publicação de Suzy, como também parar de seguir contas de celebridades que tiveram atitudes anti-feministas no passado. Com isso, a cantora perdeu vários seguidores no Instagram e gerou revolta nas comunidades masculinas que a repudiam por supostamente apoiar o feminismo.

A resposta à toda confusão veio com classe. Feministas se uniram e utilizaram um serviço de streaming para apoiar as artistas que se manifestaram a favor de Yang Ye Won. Além de Suzy e AOA, Lee Hi também está entre as incluídas na lista. Como resultado, “Holiday”, single do segundo álbum de Suzy lançado esse ano, “Faces of Love”, e “Heart Attack”  do AOA voltaram às paradas do Melon. “Holiday” chegou a garantir a 7ª posição entre as músicas mais tocadas.

 

Especula-se que o serviço de streaming utilizado para a ação, Bugs, tenha sido escolhido devido a porcentagem de usuários masculinos ser muito maior que a de usuárias.

 

 

 

Por: Greyce Oliveira
Fonte: AllKpop, Korea Portal
Não retirar sem os devidos créditos

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.