RANIA: o girlgroup que DESAFIOU conceitos e inovou o K-POP

Guerreiras do K-pop, Rania já passou por momentos delicados na extensa carreira, mas sabem bem como enfrentar os desafios e se superar a cada ano. Com 7 anos de existência, elas agora passam muito bem pela mística “maldição dos 7 anos” (muitos grupos conhecidos tiveram disband ao chegar no sétimo aniversário, como 2NE1 e 4Minute), inclusive vindo ao Brasil em julho para uma turnê de eventos em São Paulo, João Pessoa, Salvador e Fortaleza.

 

A primeira formação e o debut audacioso

 

Primeira formação do girlgroup.

 

O grupo começou a ser formado ainda em 2010, a princípio como a terceira geração das lendárias Baby V.O.X, mas durante o processo a DR Music resolveu renovar ao criar o Rania, sigla para “Regeneration Idol of Asia”, ou “Ídolo da Regeneração da Ásia”, simbolizando uma nova geração no K-pop. Mesmo após as 8 integrantes já definidas, 3 delas – T-ae, Riko e Saem – foram escolhidas para estrelar o filme do Jay Park, Hype Nation, e por isso o debut teve que ser adiado.

Até que em abril de 2011, Saem (depois trocou o nome para “Yina”), Lucy (trocou para “Jooyi”), Riko, Joy, Di, T-ae, Xia e Yijo debutaram com Dr Feel Good. Composta pelo americano Teddy Riley, que apadrinhou o grupo na sua criação, a música originalmente foi feita para a Lady Gaga, mas acabou indo para o octeto. Não a toa elas lançaram em duas versões: em coreano e em inglês, o que foi bem ousado para um debut, ainda mais de uma empresa pequena e naquela época.

Mais ousado ainda foi a coreografia e o MV: com conceito sexy, até demais pros padrões coreanos, elas tiveram que fazer alterações na dança e nas roupas para os shows e lives.

 

 

Por problemas no visto, a chinesa Yijo não conseguiu participar das gravações do MV e acabou saindo do grupo não muito depois. Continuando com as 7, elas lançaram a música Masquerade digitalmente para dar continuidade às performances e fizeram seu primeiro comeback em novembro daquele ano, com Pop Pop Pop, do 2º EP “Time to Rock da Show”. Como se não tivessem se importado com a polêmica do debut, a nova música também incluiu uma coreografia fora dos padrões.

 

 

Entre 2011 e 2012, foi a vez da tailandesa Joy sair do grupo, por uma série de acontecimentos como a casa da sua família ter sido afetada por uma enchente e ter ficado doente, o que afetou sua voz e confiança como cantora. Em setembro de 2012 Rania fez o comeback com o segundo single digital, Style. O novo MV foi capaz de trazer novos elementos e cores ao grupo, mas sem fugir do conceito sexy característico delas. Jooyi entrou em hiatus nessa época, e não participou do MV.

 

 

Mais sexys do que nunca (se é que isso era possível) foi o que definiu o comeback de março de 2013, Just Go, faixa promocional do primeiro álbum, “Just Go (Goodbye’s the New Hello)”. Em junho elas ainda lançaram um single digital de agradecimento aos fãs, Up.

 

 

Superando dificuldades e a renovação do grupo

 

Rania na Era “Demonstrate”.

 

Os anos seguintes foram problemáticos para o grupo. O debut oficial nos EUA acabou cancelado e o contrato com a gravadora espanhola INGENIOmedia, que preparou o próximo comeback, teve problemas pela demora do lançamento da música e a faixa ainda acabou vazada por um funcionário para um fã sasaeng. No fim o comeback acabou não lançado. Na mesma época Riko tinha entrado na faculdade e por causa de conflitos de horários, acabou saindo do grupo para se dedicar aos estudos. Para substituí-la, eles chegaram a incluir Sharon Park, mas, sendo originalmente uma modelo, não ficou muito tempo no grupo. Saem e Jooyi também saíram nessa época.

 

Para reconstruir o grupo, três integrantes se juntaram a Di, T-ae e Xia: as duas trainees Seulji (depois chamada de Zi.U) e Hyeme, e a rapper Alex, primeira afro-americana em um grupo de K-pop, o que marcou mais uma vez o cenário do kpop. Em novembro de 2015 elas lançaram Demonstrate, do EP de mesmo nome. Por ainda não ter o visto coreano, Alex não pode participar das gravações do MV original, mas seu rap se fez bem presente.

 

 

Em 2016, as últimas 3 integrantes originais do grupo saíram, e Alex se tornou a nova líder do grupo, que foi ainda renomeado para BP Rania (BP de “Black Pearl”, pérola negra, em homenagem a Alex). A DR Music anunciou que o comeback seria feito como septeto, as novas meninas escolhidas dentre as trainees da empresa, que inclusive participaram de apresentações de teste com o restante do grupo. As escolhidas foram Jieun, Yumin e Ttabo e além disso Yina (Saem), depois de 2 anos fora do grupo, retornou com seu novo nome artístico. O comeback, em dezembro de 2016, foi com o EP Start a Fire, música que simbolizava que a existência única delas da indústria era poderosa como fogo.

 

 

Em fevereiro de 2017, elas promoveram a segunda música do EP, Make Me Ah. Em meados do mesmo ano, Yina optou por sair do grupo novamente, para seguir como atriz. Logo se seguiu o comeback com o EP “Refresh 7th”, em agosto de 2017, com Beep Beep Beep de faixa título, uma música mais eletrônica e retrô. Não muito depois, Alex anunciou em suas redes sociais que havia deixado o grupo. No mês seguinte, o então quinteto, voltou ao nome “Rania” e lançou um vídeo especial para a outra faixa do mini-álbum, Breathe Heavy, voltando para as raízes do conceito sexy. Entretanto, poucos meses antes de vir ao Brasil, o grupo anunciou a saída da integrante Yumin.

 

 

Perfil das integrantes

 

Jieun

Nome real: Kang Ji Eun

Posição: Vocalista e Líder

Nascimento: 17 de outubro de 1993

Terra natal: Coreia do Sul

Altura: 1,72 m

Peso: 50 kg

Tipo sanguíneo: A

Curiosidade: É ex-integrante do LPG (Lovely Pretty Girls)

Redes sociais: Twitter e instagram

 

 

Zi.U

Antigo nome artístico: Seulji

Nome real: Kim Seul Ji

Posição: Vocalista principal, dançarina principal

Nascimento: 24 de fevereiro de 1995

Terra natal: Coreia do Sul

Altura: 1,61 m

Peso: 44 kg

Redes sociais: Twitter e instagram

 

Ttabo

Nome real: Fu Ying Nan

Nome coreano: Boo Young Nam

Posição: Rapper principal, vocalista

Nascimento: 8 de junho de 1995

Terra natal: China

Altura: 1,64 m

Tipo sanguíneo: AB

Curiosidade: Ex-integrante da girlgroup chinesa MiSS MaSS (com nome artístico de Nina)

Redes sociais: Twitter e instagram

 

Hyeme

Nome real: Kim Hye Mi

Posição: Vocalista principal, rapper, maknae

Nascimento: 22 de dezembro de 1995

Terra natal: Gimpo, Coreia do Sul

Altura: 1,70 m

Tipo Sanguíneo: B

Redes sociais: Twitter e instagram

 

 

Por Paula Bastos Araripe
Fontes: mwave, allkpop, amino, kprofile, kpopinfo114, wikipedia, Eat Sleep Kpop, BP Rania Brasil, Rania Oficial Youtube, stardailynews, omonatheydidnt.
Não retirar sem os devidos créditos