[Dossiê – Cadê o K-idol] ONDE ESTÁ O BOYGROUP UNIQ?

Iniciando uma nova série por aqui, buscamos resolver o mistério de uma pergunta que aflige inúmeros kpoppers, “onde está o k-idol?”.

Já se perguntou por onde será que anda os membros daquele grupo maravilhoso que você ouvia todas as músicas, mas que nunca mais viu nenhuma notícia sobre ele? Então, esse é o quadro onde você vai ter todas as respostas possíveis – ou não – sobre onde está aquele grupo especial para o seu coração, mas que anda sumido.

Pedimos sugestões por qual grupo começar e a voz dos UNICORNS foi atendida, então hoje vamos descobrir por onde é que anda o grupo UNIQ?

 

Se você ainda não conhece o UNIQ, eles são um grupo sino-coreano formado por 5 membros, ou seja, formado por 3 integrantes chineses e 2 coreanos. Eles surgiram a partir da colaboração inicial da YG Entertainment no treinamento dos membros e gerenciado pela multinacional chinesa Yuehua, sendo firmada uma parceria com a Starship Entertainment para também gerenciar o grupo, que debutou em outubro de 2014. Porém, por conta dos problemas políticos entre os dois países, afetou a carreira do grupo, que está em hiatus há 3 anos.

UNIQ era um grupo em ascensão, considerado uma grande promessa dentre os grupos masculinos. Construindo uma base sólida de fãs, UNIQ tinha um grande potencial para ligar China e Coréia e inovar o mercado musical. As expectativas sobre o grupo eram tão altas, tanto que vieram ao Brasil em 2016 para se apresentarem aos Unicorns brasileiros.

 

VEJA TAMBÉM: [EXCLUSIVO] UNIQ fala sobre música, sonhos e fãs e ainda prova quitutes brasileiros

 

Eles debutaram com o single Falling in Love em 19 de outubro de 2014 e ganharam muita atenção com seu primeiro mini-album lançado em abril de 2015, intitulado EOEO. Até hoje a música não sai dos ouvidos dos fãs de K-POP. Chegando a ganhar 7 prêmios, UNIQ garantiu troféus como de “Grupo Mais Promissor do Ano” e “Melhor Novo Artista” no mesmo ano.

 

O UNIQ, mesmo com pouco tempo de estreia, conseguiu parcerias importantes e estava ganhando cada vez mais evidência no mercado musical, chegando a outro patamar entre os grupos rookies, ou seja, estreantes. Poucos dias após seu debut, lançaram o MV de “Born to Fight”, feito especialmente para a OST chinesa do filme As Tartarugas Ninja (2014), produzido pela Nickelodeon.

 

Também lançaram o MV da música “Celebrate”, em novembro do mesmo ano, feita para o filme Os Pinguins de Madagascar, produzido pela DreamWorks.

 

Agora que você já conheceu um pouco do UNIQ, vamos entender o que fez o grupo pausar suas atividades e o que cada integrantes tem feito nesse período.

 

1 – Quais problemas entre China e Coréia do Sul impedem o UNIQ de promover?

Desde julho de 2016, China e Coréia do Sul estão vivendo uma tensão diplomática por um acordo firmado entre a península sul-coreana e os Estados Unidos, conhecido como THAAD, Terminal High Altitude Area Defense, ou, em português, Terminal de Defesa de Alta Altitude, que, como o nome já diz, é um sistema de defesa, no caso contra a Coréia do Norte. Na prática isso quer dizer que: a Coréia do Sul implantou mísseis próximos a divisa com a China e isso deixou os chineses extremamente desconfortáveis.

2 – Como isso afetou o UNIQ?

Em fevereiro de 2017 o Governo Chinês lançou uma nota oficial com uma série de proibições referentes ao hallyu, ou seja, a onda pop coreana, vetando do país shows de grupos de K-POP, serviços de streaming coreanos, k-dramas e a promoção de ídols coreanos na China ou idols chineses promovendo na Coreia. Isso afetou diretamente vários grupos, assim como o EXO e o UNIQ.

Como dito lá em cima, a maioria dos membros do UNIQ são chineses e essa proibição impediu que eles cumprissem as atividades com o grupo na Coréia e impediu que os dois membros coreanos promovessem na China.

Com essa parede impedindo que o UNIQ promovesse como grupo, a chinesa Yuehua julgou que o melhor a fazer seria dar uma pausa no grupo e promover os membros individualmente. Mas aí encontramos outra barreira, como a empresa tem sua base na China, acabou encontrando dificuldades em promover os dois membros coreanos, Sungjoo e Seungyeon. Já os membros da china line, Yixuan, Wenhan e Yibo, tiveram um pouco mais de sorte para conseguir trabalhos individuais.

 

Wenhan

Como solo, Wenhan, membro chinês, foi escalado para o filme MBA Partners, em 2016. Ele também participou dos dramas chineses Chasing the Ball, Playing Ball e Female President, fazendo apenas participação especial. Em Life Risking Romance e Basketball Fever, participou do elenco de apoio junto com Yixuan. Em Just Want to See Your Smile ele foi o protagonista e em My Naughty Classmates, participou do elenco principal.

Para este último drama, ele também lançou um EP, como solista, com duas faixas, Always on the Heart e The End of the World, que foi tema do drama My Naugth Classmates.

 

Mas você acha que mesmo com tantas atividades o Wenhan parou? Engano seu. Ele ainda participou de inúmeros programas de variedades na China, alguns deles como: Friday Show, All the Way With You, Nihao China, The Players e Battle of Words.

 

YIBO

Yibo teve suas atividades pausadas por um certo período, por motivo desconhecido. Por conta disso, o idol acabou se envolvendo num escândalo por quase ser persuadido por uma staff a deixar a empresa e procurar outra agência para gerir suas atividades solo.

Talvez tenha sido o momento mais crítico que o fandom enfrentou com rumores de disband. Pouco depois ficou comprovado que a staff estava agindo de má fé e não tinha intenção de ajudar Yibo, que decidiu manter seu contrato com a Yuehua. Após o ocorrido, ele teve seu retorno para os programas de variedade e dança na TV chinesa, onde ficou popular, principalmente após ser um dos mentores da versão chinesa do Produce 101.

No Produce 101 China ele foi mentor de dança e agora circula um rumor de que ele irá participar novamente como mentor na segunda temporada.

Além de mentor, Yibo também participou dos dramas Gank Your Heart, Moonlight Blade, The untamed e Private Shushan College. Ele também participou na dublagem da animação Crystal Sky of Yesterday, que ainda espera uma data de lançamento.

Como diz o meme “um rosto é um rosto”, Yibo ainda foi garoto propaganda em campanhas publicitárias de marcas muito famosas, como: L’Oréal, Tiffany and CO, Adidas Neo e Pepsi x GXG.

 

Yixuan

Antes de se aventurar nos dramas chineses, o líder do UNIQ, Yixuan, se candidatou ao programa Rap Of China, similar ao coreano Show Me The Money, e se destacou muito positivamente – mesmo sofrendo um certo preconceito por ser idol. Após a boa repercussão e a popularidade que ganhou com o programa, Yixuan começou a atuar em séries e filmes.

Talvez ele seja o integrante que mais tenha atuado dentre os cinco, Yixuan participou em Female President 1 e 2, The Origin Of Love, Basketball Fever, junto com Wenhan. Logo fez Time City, To B or Not to B, Taste of First Love, My Girlfriend, Boys to Men e também dos filmes Step Up 6 e Water Bro.

Em março deste ano ele lançou seu primeiro single e MV como solista. O clipe não foi liberado oficialmente no Youtube e está apenas na plataforma de stream chinesa QQ, confira o single “GIRL GIRL GIRL”.

 

Se os membros chineses enfrentaram dificuldades com a empresa estando no país deles, imagine os coreanos, que ficaram lá na Coréia? A Yuehua basicamente não tinha como administrar os trabalhos deles e ambos, Sungjoo e Seungyeon, começaram a se lançar por conta própria de volta ao mercado da indústria de entretenimento.

 

Sungjoo

Depois de passar muito tempo sem nenhum tipo de atividade, o Sungjoo decidiu tentar seguir seu caminho sem a gestão de sua empresa e se lançou no mercado da atuação também, em dramas coreanos. Atraiu atenção para seu trabalho e atuou em dramas como Terius Behind Me, You Drive Me Crazy, Live Up to Your Name, Magical Space-Time e The Liar and His Lover, no último onde contracenou junto a Joy, do Red Velvet. Ele também participou dos filmes Kill Me Please e MBA Partners, ao lado de Yibo e Wenhan.

Sungjoo acertou em se lançar como ator em doramas. Depois de seu papel de destaque em The Liar and His Lover, sua atuação foi muito reconhecida, fazendo com que fosse chamado para mais papéis e aumentando assim a sua popularidade e suas atividades. Em 2017, ele participou do Hera Seoul Fashion Week como modelo, desfilando pela JYARRET. 

 

Seungyoun

Assim como Sungjoo, Seungyoun se viu sem saída e sem atividades vindas de sua empresa. O rapper então aceitou participar no reality show Show Me The Money, onde atraiu grande atenção e durante sua trajetória no programa se aproximou do rapper Flowsik, com quem construiu uma grande amizade. Juntos eles lançaram o MV de “Recipe”, uma espécie de debut para Seungyoun. Mas ele estava longe de parar, um mês depois lançou seu primeiro MV solo “Baby Ride”, em parceria com Hyunsik, membro do BTOB.

 

Após ficar dois anos em hiato, Luizy voltou com um novo nome artístico, WOODZ, que o usa como produtor musical e em maio lançou o MV solo de “Pool” com parceria com a cantora Sumin.

 

Uma curiosidade é que Seungyoun, ou Luizy, é muito conhecido pelo apelido de “Luizinho” no fandom brasileiro. Ele morou por 2 anos no Brasil, na cidade de Penápolis, São Paulo, e foi jogador na categoria de base do Corinthians, onde ganhou o apelido.

 

O FUTURO DO GRUPO

De um ano até aqui, a pressão imposta pelo governo chinês com o THAAD foi diminuindo aos poucos, isso deu uma brecha para que o UNIQ conseguisse fazer seu primeiro “comeback” em 3 anos. A Yuehua anunciou repentinamente o retorno do grupo e surpreendeu todo o fandom!
Mas… na vida dos unicorns, nem tudo são flores.

O lançamento títmido foi apenas a divulgação de uma música, sem MV e também não houveram promoções em programas musicais ou de variedades para divulgar a música na TV, sob a justificativa que os membros já estavam ocupados com suas promoções individuais.

Além disso, a empresa, que havia anunciado um fanmeeting na China no mês de maio, acabou adiando o evento para o mês de aniversário de debut do UNIQ, outubro. O evento seria realizado com a presença dos três membros chineses atuando como artistas e os membros coreanos estariam apenas como “participação especial”, já que pela proibição artistas coreanos não podem trabalhar na China.
Entretanto, após a notícia do adiamento do fanmeeting até o fechamento deste artigo nenhuma informação sobre o evento foi revelada.

Confira o áudio de Next Mistake, música de retorno do UNIQ, lançada em 19/04, apenas em plataformas digitais.

 

No último dia 3 de agosto, o grupo também lançou uma música para a OST do drama chinês One and Another Him, que traz os 5 membros cantando. A música foi gravada em março, quando o grupo se reuniu para a confraternização da empresa Yuehua – após ficarem mais de 8 meses sem todos os integrantes se reunirem, confira:

 

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

UNIQ

Uma publicação compartilhada por 김성주 (@songjoo2016) em

 

O futuro do UNIQ ainda não é certo, tudo pode acontecer. Os integrantes se reunem vez ou outra, assim como se reuniram para comemorar o aniversário de 4 anos do grupo e tudo parece estar bem entre eles, deixando apenas uma lacuna em aberto: o THAAD e sua proibição. Agora, mais do que nunca, os membros parecem focados e decididos sobre suas respectivas áreas profissionais, produção musical, atuação e projetos solo, sem nunca deixar o grupo de lado, já que sempre fazem alusão ao UNIQ e aos unicorns.
Talvez seja mais um momento onde o fandom precise respirar e continuar firme com paciência e apoio total na espera de um retorno completo, com MVs e as devidas promoções em ambos países.

Unicorn pode não ter tanto comeback, mas de doramas e filmes estão muito bem servidas para seguirem firme esperando o UNIQ voltar desse hiato.

 

Por Izabely Albuquerque
Fontes:
1, 2, 3, 4
Não retirar sem os devidos créditos.

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.