MNET anuncia que não irá mais produzir programas de audições

Após série de escândalos envolvendo o Produce 101, o canal de comunicação e entretenimento cancela a produção dos “programas de calouros”.

VEJA TAMBÉM: [Dossiê] Entenda o caso de manipulação de votos envolvendo o Produce X 101

No último dia 18, quinta-feira, durante a 78ª Comissão de Normas de Comunicação Coreana (ou KCSC, na sigla em inglês) foi anunciado que a MNET não irá mais promover ou produzir programas de audições – ou programa de calouros, como chamamos popularmente no Brasil. O gestor chefe de conteúdo da MNET, Kang Ji Hoon, foi o responsável pelo comunicado, declarando que o canal está tentando criar conteúdos voltados principalmente para música.

“Nós estaremos suspendendo a produção de programas de audições. Estamos tentando criar conteúdos que são mais focados em música”.

Declarou Kang Ji Hoon aos presentes no evento.

Ainda na 78ª KCSC, Kang Ji Hoon foi questionado sobre a recente final do programa World Klass, também envolvendo votações e a opinião pública. Ele comentou a preocupação e disse que os métodos são os mesmos, mas a MNET não lida com a contagem de votos deste programa, então houveram recursos para prevenir a fraude da manipulação.

A comissão do KCSC pediu dados que comprovem a afirmação feita pela MNET. Após análise, haverá outra reunião para conceder um veredicto final.

No último semestre, a MNET foi penalizada após um esquema envolvendo manipulação de votos no Produce 101, programa de sobrevivência que se tornou muito popular. Com as investigações, o diretor de produção, Ahn Joon Young, e o chefe de produção, Kim Yong Bum, tiveram prisões preventivas decretadas. Os grupos X1 e IZ*ONE, formados no Produce, estão com suas atividades paradas, até a empresa responsável continuar com divulgações e comebacks.