Song Seung Hyun deixa FTISLAND e Lee Jae Jin confirma seu alistamento

A FNC Entertainment anunciou nesta terça (24) que Song Seung Hyun resolveu não renovar seu contrato e deixar a gravadora e o FTISLAND. Os 3 membros remanescentes continuam na empresa e decidirão o futuro do grupo após o serviço militar. 

Leia o comunicado na íntegra:

Olá, aqui é a FNC Entertainment

Nossa agência recentemente renovou os contratos com Lee Hong Ki, Lee Jae Jin, and Choi Min Hwan do FTISLAND.

Sobre o futuro do grupo, conversaremos com os membros quando todos completarem seus serviços militares obrigatórios. Faremos nosso melhor para apoiar os membros do FTISLAND para que possam continuar fazendo música e participando em diversas atividades que realçam seus talentos individuais.

O membro Song Seung Hyun finalizará suas atividades com o grupo quando seu contrato exclusivo expirar em 31 de dezembro. Song Seung Hyun, que também seguiu carreira de atuação em peças, musicais, curta metragens e web dramas paralelamente às suas atividades com o FTISLAND decidiu focar primariamente em suas atividades como ator após o fim do seu contrato.

Tal decisão foi feita após uma longa e profunda discussão não apenas com nossa agência, mas também com os outros membros. Nossa agência e os membros respeitam a difícil decisão feita por Song Seung Hyun, e pedimos que dêem seu apoio e encorajamento para Song Seung Hyun, que esteve conosco pelos últimos 11 anos.

Obrigado.

No mesmo dia, a agência também confirmou que Lee Jae Jin irá se alistar em 21 de janeiro. Após fazer o treinamento básico, ele servirá como soldado ativo.

Resultado de imagem para Lee Jae Jin ft island

Ele será o segundo membro a ir para o exército. O vocalista do grupo, Lee Hong Ki, iniciou seu alistamento em setembro deste ano. Poucos dias antes, dia 11 de janeiro, Lee Jae Jin fará um fanmeeting, o primeiro solo desde seu debut em 2007, chamado “2020 Lee Jae Jin’s Dinner Show without Dinner” (2020 Show de Jantar sem Jantar do Lee Jae Jin).

Fonte: (1), (2)
Não retirar sem os devidos créditos