Segundo a CNN, Líder norte-coreano, Kim Jong-un, pode ter passado por cirurgia

Kim Jong-un teria passado por procedimento cirúrgico no último dia 12 de abril (crédito: Huffington Post)

Informações divulgadas pela CNN, apontam possível procedimento no sistema cardiovascular em Kim Jong-un e dificuldade durante a recuperação.

Nesta semana foi noticiado pela CNN dos EUA, a possibilidade de Kim Jong-un, líder norte-coreano, ter passado por uma cirurgia cardíaca no último dia 12 e estaria com problemas durante a recuperação, em sua vila particular no condado de Hyangsan. A informação é creditada à fontes próximas e ao site Daily NK (composto por despatriados da Coreia do Norte).



No entanto, a China – parceiro comercial mais próximo da nação – e Coreia do Sul lançaram notas, alegando não ter notícias envolvendo problemas ou risco de saúde de Jong-un. Após ambos os países negarem, a CNN publicou um novo artigo, explicando a confusão envolvendo Kim Jong-un.

De acordo com o veículo, a saúde de Kim Jong-un é uma das informações que ficam guardadas a sete chaves, o que abre espaço para desinformação e falsas notícias. Todos os movimentos do líder são meticulosamente protegidos e os passos mantidos em segredo e, até mesmo discutir sobre qualquer assunto envolvendo Kim e a família, pode acabar dando problema com o serviço de segurança nacional.



No último dia 15, aconteceu uma das mais importantes festas na Coreia do Norte: a celebração do aniversário de Kim Il-sung, falecido avô de Jong-un, na qual ele não compareceu e aumentou as especulações sobre seu bem-estar.

A inteligência de monitoramento dos Estados Unidos, disse estar observando notícias e depoimento envolvendo a saúde de Kim Jong-un. Quando questionado sobre sua opinião, Donald Trump, presidente dos EUA, desejou melhoras e boa sorte ao líder norte-coreano.

Até o fechamento desta nota, nenhum comunicado oficial foi lançado à imprensa através dos informes diários da Coreia do Norte.



Por Bárbara Contiero
Fontes:
CNN, O Globo e The Korea Herald
Não retirar sem os devidos créditos.