BLACKPINK e Bong Joon Ho na lista de 100 asiáticos de maior impacto mundial

Publicada anualmente desde 2018, a A100, lista organizada pelo coletivo norte americano, Gold House, celebra os grandes destaques dos talentos asiáticos e suas contribuições em diversos setores da sociedade como: Cultura, mídia, tecnologia, política, ativismo e ciência.



Este ano, a vice presidente do CJ Group, Miky Lee, recebeu o Legend Lifetime Achievement Award, por sua carreira dedicada ao investimento e construção de empresas voltadas para mídia e entretenimento na Coreia do Sul e mundo. Desde de 2017, Lee, faz parte da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), órgão responsável pela entrega dos prêmios Oscar. Entre 2019 e 2020, ela foi a grande investidora da campanha de marketing do longa sul coreano “Parasita” durante a temporada de premiações.


Hollywood Reporter/ Claudia Lucia

Além dela, outros nomes do entretenimento sul coreano foram celebrados pela lista, como o diretor de “Parasita”, Bong Joon Ho. O cineasta fez história no Oscar ao levar quatro dos seis prêmios que havia recebido indicação, se tornando o segundo asiático a conquistar o prêmio de melhor diretor e trazendo para casa o inédito Oscar de melhor filme para uma produção em língua estrangeira. 

Oscars 2020: Bong Joon Ho Apologizes to Engravers for Awards

A atriz e comediante chinesa-coreana Awkwafina, vencedora do Globo de Ouro de melhor atriz de comédia pelo filme “A Despedida” , foi eleita pela Gold House a personalidade mais influente do segmento de mídia e entretenimento. Estrelou os filmes “Podres de Rico” e “Oito Mulheres e Um Segredo”. Em janeiro de 2020 lançou a série “Awkwafina is Nora From Queens” pelo canal Comedy Central. 

Getty Images


Além dela, entraram na lista outros cinco atores sul coreanos coreanos e de descendência sul coreana. Sendo eles: o ator e roteirista Randall Park; a estrela dos seriados Killing Eve e Grey’s Anatomy, Sandra Oh; o dublador da animação Final Space e antigo membro do elenco da série The Walking Dead, Steven Yeun; o comediante e estrela da trilogia Se Beber Não Case, Ken Jeong e o co-protagonista do remake do seriado Havaí 5.0, Daniel Dae Kim.

The Chair | Sandra Oh será protagonista da nova série Netflix

Já na música, o quarteto feminino do KPOP, Blackpink e o septeto masculino BTS foram destacados pela lista, após a projeção que ambos os grupos alcançaram dentro e fora da Ásia em 2019.
Alguns dos feitos do Blackpink incluem a participação das meninas no festival Coachella, na Califórnia; o MV de “Duu-Du Ddu-Du” ter chegado a 1 bilhão de visualizações no youtube e mais recentemente a colaboração com a cantora Lady Gaga.

OS MELHORES PRODUTOS DE K-POP VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Natt Lim/Getty Images for Coachella

Já os meninos do BTS passaram pela América do Sul e pela Europa com shows esgotados e uma colaboração com cantora Halsey, que pegou oitavo lugar na parada Hot 100 da Billboard. 

SUGA (BTS) FARÁ PARTICIPAÇÃO EM NOVO ÁLBUM DA HALSEY - Annyeong Brasil

Na lista ainda entraram o CEO da PUBG Cor,p e criador do jogo Player Unknown’s Battlegrounds, Changhan Kim e a designer Laura Kim,  diretora criativa da grife norte americana Oscar de La Renta e co-fundadora da marca Monse.

Laura Kim e Fernando Garcia, co-criadores da Oscar de La Renta