Sentenças de Jung Joon Young e Choi Jong Hoon são reduzidas

Condenados por crimes sexuais desde novembro de 2019, alegaram um novo acordo legal com as vítimas, a nova sentença foi dada hoje, após novo julgamento.

Veja também: Jung Joon Young e Choi Jong Hoon são acusados de estupro coletivo

Na última quinta-feira (7) foi anunciado pelo 12º Departamento Criminal do Tribunal Superior de Seul, o adiamento do anúncio oficial da sentença de Jung Joon Young e Choi Jong Hoon. A audiência foi remarcada para esta terça-feira resultando na diminuição de ambas as penas.

Jung Joon Young e Choi Jong Hoon são acusados de estupro coletivo

Em abril, após terem feito apelações pela diminuição da sentença, a nova sentença foi anunciada hoje.



Em novembro do ano passado, Jung Joon-young foi condenado a 7 anos de prisão, enquanto o ex-FTIsland, Choi Jong-Hoon, foi condenado a 5 anos. Após a nova sentença, Jung Joon Young deverá cumprir 5 anos de reclusão, enquanto Choi Jong Hoon, 2 anos e meio, metade de sua pena prévia.


OS MELHORES PRODUTOS DE K-POP VOCÊ ENCONTRA AQUI!


A medida foi solicitada pelo advogado de Choi Jong-Hoon e se deu por aceita após entregarem um documento, contendo um novo acordo entre o acusado e a vítima, que afetou a sentença final.

Prosecution demands 7 and 5 years in prison for Jung Joon Young ...

O conteúdo do documento não foi divulgado ao público, logo não há informações sobre as circunstâncias das quais aconteceram o acordo, mas a imprensa sul-coreana apontou que em processos judiciais relacionados a crimes sexuais, a opinião da vítima pode afetar drasticamente a sentença, como foi neste caso.

Em novembro de 2019, Jung Joon-young, Choi Jong-hoon, Kwon Hyuk-joon e outros dois nomes foram incriminados por estupro, após serem mencionados entre os responsáveis pelos crimes cometidos no caso Burning Sun.

Fontes: 1, 2, 3 e 4


Últimas notícias