Pabllo Vittar convida DJ coreana pra live no Dia do Orgulho LGBT+; Conheça Yaeji

Na primeira quinzena do mês, quando a Billboard lançou a lista de 50 melhores álbuns lançados nesta metade de 2020, muitos fãs ficaram felizes com a inclusão de BTS e Monsta X na lista. Havia, porém, uma outra artista coreana citada na lista, que poderia passar despercebida para olhos menos treinados: era a DJ coreano-americana Yaeji.

[LEIA MAIS] Billboard inclui Monsta X e BTS na lista de melhores álbuns do ano



DJ, aliás, é apenas uma das muitas coisas que Yaeji é. Também podemos chamá-la de: produtora, cantora, compositora e rapper. Literalmente, uma artista que faz de tudo. Com tantas habilidades e talento, não é de se impressionar que tenha chamado a atenção da Billboard, que teceu elogios ao seu novo trabalho – o álbum What We Drew – considerado uma obra descontraída, charmosa e misteriosa, como se Yaeji lhe contasse um segredo em cada música.

Porém, o talento de Yaeji parecia ainda escondido para os brasileiros que não acompanham o cenário eletrônico. Isso, entretanto, pode ter mudado desde então. O motivo? Ontem (29) ela foi uma das convidadas da live de Pabllo Vittar em comemoração ao dia do orgulho LGBTQIA+. Como o convite surgiu pode até ser um mistério, mas uma hipótese plausível envolve a cantora Charli XCX, já que esta fez parceria tanto com Pabllo – na faixa I Got It, que é da britânica, e em Flash Pose, que foi lançada oficialmente no terceiro álbum de Pabllo – quanto com Yaeji e pode ter feito as devidas apresentações.


Lee Yaeji, cujo nome ocidental é Kathy, nasceu em Nova York e é filha de pais coreanos. Aos 5 anos de idade, sua família mudou-se para Atlanta e pouco depois resolveram ir para Seul. A mudança de país foi para que a filha não perdesse suas raízes, mas acabou criando uma identidade na música que ela produziria anos depois.

O início da carreira de Yaeji data de 2016, quando lançou dois singles que mais tarde seriam incluídos em seu primeiro EP, lançado em 2017. No mesmo ano, ela chamou a atenção na badalada Nova York ao organizar o evento Curry in No Hurry, um combo balada + jantar de 12 horas de duração. Meses depois, ela lançava sua (até então) mais famosa música, Raingurl.

OS MELHORES PRODUTOS DE K-POP VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Após estourar com Raingurl e o EP2, do qual a faixa faz parte, Yaeji rapidamente passou a lotar shows e ser incluída em festivais renomados como o Coachella e o Primavera Sound. Ela, inclusive, estava confirmada para a edição deste ano do Coachella, que acabou sendo cancelada por conta da pandemia do coronavírus e teria o shows do Epik High além do aguardado retorno do BIGBANG. Segundo a programação do festival, ela se apresentaria no mesmo dia que Anitta e Pabllo Vittar.

O estilo de música eletrônica feito pela DJ se encaixa no gênero house music, mas o pop e o rap também têm forte influência em suas músicas. Foi o pop, aliás, que jogou ainda mais luz em sua carreira quando em 2018 foi escolhida para remixar o single Focus da cantora Charli XCX. Em 2019, Charli chamou-a para uma parceria junto com Clairo. O resultado foi a faixa February 2017, que inclui um trecho cantado em coreano.

Com tanta bagagem cultural, amigos e recomendação da mídia especializada, é de se impressionar que muitos ainda não tenham ouvido sequer falar de Yaeji. E achamos que está mais do que na hora de mudar isso.

Siga a multitalentosa DJ nas suas redes sociais:

Instagram: @kraejiyaeji

Twitter: @kraeji

Facebook: Yaeji

YouTube: Yaeji

Escute What We Drew:

Fontes: (1), (2), (3)
Foto de Dasom Hahn.
Não retirar sem os devidos créditos.