[EXCLUSIVO] (G)I-DLE declara ao Brasil: “Seu apoio caloroso nos fortalece”

Com os dias contados para o concerto online “I-Land: Who am I”, especial para os fãs, (G)I-DLE reservou um tempinho de sua agenda lotada para conversar com a KoreaIN. O grupo contou sobre expectativas, futuros projetos e compartilhar o amor com os fãs ao redor do mundo, incluindo o carinho especial que tem com os fãs brasileiros.



O concerto “I-Land: Who Am I” acontece no dia 5 de julho (domingo), e tem movimentado cada vez mais os fãs nas redes sociais. A conta oficial, divulga diariamente fotos das integrantes em contagem regressiva, vídeos convidando para o show em vários idiomas, além de liberar aos pouquinhos a possível line-up. Apesar de ser online, o evento conta até com goodies especiais disponíveis para venda, tudo para aproximar o fã do que seria um real concerto físico; o que inicialmente aconteceria a nível mundial, mas teve que ser adiado devido à pandemia da COVID-19.

Foto oficial para promoção do concerto “I-Land: Who Am I”

A vontade de se manter em atividade mesmo no período de isolamento social, demonstra a força e a influência do girlgroup, além do comprometimento com os fãs em oferecerem um evento especial e exclusivo. Força e influência por sempre transmitir em seus trabalhos aquele “gostinho de quero mais”, que (G)I-DLE ofereceu logo no início da carreira, com LATATA. Afinal, quem imaginaria que um grupo rookie conquistaria tão fácil os corações de todos?


LATATA estreou em maio de 2018, atraindo olhares antes mesmo de sua estreia oficial. No debut foi amor à primeira vista, a canção grudou no coração e na cabeça de todos, trazendo o 1st win poucos dias após a estreia oficial. Até para Soyeon, que produziu a canção, foi uma surpresa e tanto, segundo ela: “nunca imaginei receber esse reconhecimento”, pois para a rapper, o grande desejo era apenas de continuar traçando sua paixão, compondo e escrevendo canções. “Eu fiz o que sempre quis fazer, e sou muito grata pelo amor que recebemos”, completa. E esse amor se transforma em gratidão para Minnie, que agradece pela canção:

“Eu não conseguia acreditar no bom resultado. Eu sempre serei muito orgulhosa e grata a Soyeon por ter escrito uma canção tão boa.”

Minnie

(G)I-DLE é um daqueles grupos formados como uma união de várias jornadas bem diferentes. No pré-debut, Soyeon ficou primeiramente conhecida pela participação em dois realities: Produce 101 e Unpretty Rapstar 3. Já Miyeon foi trainee da YG Entertainment por 5 anos e era cotada para fazer parte do Blackpink, enquanto Soojin treinou como parte do VIVIDIVA da DN Entertainment, mas saiu da empresa antes da estreia. Minnie era uma estudante de música da Tailândia até que um professor sugeriu que ela fizesse audição para a Cube. Por fim, Yuqi e Shuhua começaram a se interessar pelo k-pop na escola e foram de vez para esse mundo depois de passarem nas audições da Cube nas respectivas cidades natais. 


Apesar de caminhos diferentes e até pouco tempo juntas como um grupo antes do debut, é inegável que elas encontraram a sintonia perfeita entre os talentos que representam o (G)I-DLE. Ter uma primeira vitória logo após o debut atraiu um público que almejava conhecer mais o trabalho que estava por vir. O grupo logo conseguiu um fandom pra chamar de seu, os NEVERLANDS, que hoje vão além do país de origem. Não é à toa que a primeira turnê mundial foi oficialmente confirmada em 32 cidades dentre 4 continentes. Os fatos se alinham ao desejo de Shuhua, que espera que o nome (G)I-DLE seja reconhecido por todo canto do planeta”.


Ao tocar nas palavras desejos e sonhos, Yuqi conta que almeja continuar a fazer o que ama: produzir e escrever canções e seguirem juntas como (G)I-DLE. Miyeon completa com o amor que sente pelos membros, pois para ela “(G)I-DLE poderia durar para sempre”. Como uma boa unnie, ela ainda expressou seus desejos de cuidado para com as integrantes: “meu sonho é que os 6 membros permaneçam saudáveis”.

Além de aspirações envolvendo a carreira, Miyeon expressou verdadeiros e puros sentimentos envolvendo os NEVERLANDS: “desejo continuar demonstrando aos nossos NEVERLANDs novas e ótimas perfomances”, declara. A vocalista principal ainda acrescentou que os fãs são o motivo para o grupo continuar com o trabalho duro. 


O fandom é tão importante que deixa as memórias mais bonitas no coração. Soojin considera o primeiro fan-meeting como o momento mais marcante de sua carreira. E Shuhua tem uma recente lembrança especial, que foi o encontro com os fãs no KCON:TACT 2020, evento de shows digitais da Mnet. “Foi uma maravilhosa experiência poder interagir com nossos fãs por chamada de vídeo e observar a reação de cada um”

https://twitter.com/im_ameer007/status/1275649796431327236
Interação especial com os fãs durante a KCON:TACT 2020

O contato – mesmo que virtual – com fãs de outros países reflete até mesmo na criação musical do (G)I-DLE. Afinal, segundo Yuqi, “Eu acredito que tudo possa me inspirar. Pessoas, filmes, livros”. Soyeon também diz ser inspirada pelas coisas ao seu redor, mas quando vai produzir para o (G)I-DLE, ela pensa em “canções que combinem com os membros”. Isso completa, de certa forma, o trabalho de Minnie, pois, para suas criações, se ela se inspira nas integrantes.

Para Soojin cada canção do girl group é repleta de significados e pode ter várias “traduções” possíveis dependendo da pessoa e espera que muitos possam aproveitar para curtir as músicas e “curar” suas aflições. Os desejos de cada integrante ao criar música é o que gerou o estilo único que só se encaixa com o grupo, assim como ressalta Miyeon:

“Queremos o próprio gênero do (G)I-DLE, o qual não é limitado a um estilo (musical), mas algo que mostre as diversas personalidades dos membros.”

Miyeon.

O talento do grupo em pegar inspirações de todo o mundo para criar músicas para o (G)I-DLE não tem limites. Quando fizeram o comeback com Senorita, fãs desse lado do planeta se empolgaram com o lançamento cheio de palavras, figurinos, ritmos e passos latinos. Perguntamos que artistas latinos que elas escutam e Minnie foi direta “Eu adoro a Camila Cabello e amo algumas músicas dela!”. Já Soyeon diz que ouvir as músicas de Luis Fonsi foi uma inspiração para ela.

E já que (G)I-DLE é capaz de adentrar os corações até do outro lado do globo, os fãs brasileiros não poderiam ficar de fora desse amor recíproco. Todos os “Come to Brazil” proclamados em lives e em publicações nas redes sociais foram ouvidos pelas integrantes, que já possuem imenso carinho pelos fãs brasileiros.
Soojin, inclusive, afirmou sentir até saudades dos NEVERLANDS do Brasil, e que, se tiver chance, gostaria muito de vir para o país conhecer cada um. Shuhua tem forte o desejo no coração de performar no Brasil: “nós definitivamente vamos conhecer nossos NEVERLANDs brasileiros”.


Para concluir esta declaração de amor aos fãs, as meninas enviaram recadinhos especiais para os fãs daqui.

Miyeon: Amados NEVERLANDs brasileiros, mesmo com a distância, nós ganhamos tanta força do seu apoio caloroso. Já que vocês já estão esperando pela gente por um tempo, nós vamos tentar visitá-los em breve. Amo vocês.

Minnie: Obrigada pelo seu apoio constante. Amamos todos vocês! Nós estamos muito felizes pelo seu amor e apoio, e isso me faz querer trabalhar ainda mais duro.

Soojin: Obrigada NEVERLANDs do Brasil por nos apoiar de uma distância tão grande! Eu realmente espero encontrar vocês pessoalmente. Por favor continuem saudáveis até lá.

Soyeon: Obrigada pelo seu amor e carinho que vocês enviam do Brasil. Nós tentaremos ao máximo continuar criando músicas de impacto que inspirem os nossos NEVERLANDs brasileiros.

Yuqi: Muitíssimo obrigada, nós realmente vamos encontrá-los pessoalmente um dia! Espero que vocês continuem torcendo por nós e dividindo o seu amor conosco!

Shuhua: Olá, NEVERLANDs do Brasil. Muito obrigada por torcer pela gente apesar de toda a distância. Se nós tivermos a chance, nós certamente iremos conhecer vocês!


Enquanto o sonho de encontrá-las ao vivo não pode ser realizado, nós podemos aproveitar as pequenas oportunidades de contato, assim como o concerto online “I-LAND: Who am I”.
As próprias também opinaram sobre o show. Miyeon disse que o palco fica vazio sem os gritos empolgados dos NEVERLANDs, mas que acredita que comunicação é importante neste momento: “nós estamos fazendo nosso melhor para manter o contato com os fãs”. Yuqi concorda, afirmando que sente muita falta dos NEVERLANDs e que tem certeza que os fãs também sentem falta delas. “Nós não podemos nos encontrar tantas vezes, por isso é importante para a gente encontrar outras formas de interagirmos com os nosso fãs”, completa.


Para tornar essa experiência que já é única ainda mais especial, elas prometem apresentações bem dignas de shows ao vivo para fãs de todo o mundo. Podemos esperar um pouco de tudo: os maiores sucessos, as amadas faixas secundárias dos álbuns e até uma música nova, composta pela Minnie e pela Yuqi, que será lançado em single digital.
Para ajudar na comunicação, as conversas serão legendadas em inglês, japonês e chinês. Não dá para perder, né? Os ingressos estão à venda e todas as informações você encontra aqui embaixo!

SERVIÇO
ONLINE CONCERT ‘I-LAND: WHO AM I’
DATA: 5 de julho (domingo)
HORÁRIO: 3pm (KST) / 3am (BRT)
VALOR: 39,000 wons – aproximadamente $33 ou R$180.

ONDE ADQUIRIR:
Kr: http://ticket.interpark.com/Ticket/Goods/GoodsInfo.asp?GoodsCode=20004668
Global: http://www.globalinterpark.com/detail/edetail?prdNo=20004668

Por Isabela Marques e Paula Araripe
Não retirar sem os devidos créditos!


Últimas notícias