DAY6, YOOA, NAMJOO e ASTRO: saiba tudo sobre as units e debuts solos

Setembro está chegando com tudo, e traz debuts (muitíssimos esperados) de idols que já estão no meio do entretenimento há anos, porém agora mostram um conceito diferente do trabalho produzido na carreira com seus companheiros de grupo.



DAY6

O primeiro da lista a fazer a estreia é o trio da banda DAY6, como unit, que divulgou a canção “Even of Day ” HOJE, para abrir o mês feliz!. Young K, Wonpil e Dowoon lançarão o álbum “The Books Of Us: Gluon”, sendo este com o mesmo segmento dos últimos 3 álbuns lançados pela banda (sequência “The Books Of Us”). O álbum todo contém 7 canções.



A música título é Until the Place Where the Waves Stop, que foi co-composta por Young K e Wonpil com letras de Young K. Young K co-compôs cinco das faixas, enquanto Wonpil também co-compôs quatro, e Young K escreveu as letras para todas as canções, com Wonpil se juntando a ele para escrever as letras de Thanks to. Fotos solos do conceito também foram reveladas, além de um vídeo prévia das canções presentes no álbum.



Acesse o twitter do grupo para conferir todas as fotos e informações adicionais da estreia: https://twitter.com/day6official



Yooa – Oh My Girl

Yooa se transformou em uma criatura mística da floresta para o debut solo (literalmente falando). O conceito aposta em muitos efeitos especiais e mágicos, além de apresentar Yooa como “um espírito da natureza, com cabelos macios por todo o corpo e chifres brilhantes em sua cabeça”. A canção de estreia se chama Bon Voyage e no primeiro teaser somos apresentados a Yooa que tem seu percurso interrompido durante uma viagem na estrada e se depara com um lobo gigante próximo a floresta.

Segundo a empresa da cantora, WM Entertainment, o debut tem previsão para o dia 7 de setembro. Oh My Girl, grupo de Yooa, fez seu comeback recentemente com Non Stop e obteve muito sucesso na Coreia, Yooa é a primeira integrante a ter um projeto solo. Novas fotos foram liberadas no domingo (30) e na segunda-feira (31), mas as mais “chocantes” foram de Yooa com um novo visual: os de cabelos curtinhos.

https://twitter.com/8_OHMYGIRL/status/1300086103689498624

OS MELHORES PRODUTOS DE K-POP VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Acompanhe novas informações no twitter oficial do grupo.


NAMJOO – APINK

Namjoo é a terceira integrante do APINK a receber um solo! Eunji e Hayoung já lançaram mini álbuns para promover como solistas, e Bomi não lançou um álbum, mas já fez participações especiais (feats) em outros trabalhos. O solo de Namjoo tem o nome de BIRD e será lançado também no dia 7 de setembro.



O conceito dark surpreendeu não só os Pinks Pandas (fandom do APINK), mas toda a galera do k-pop que conhece o trabalho do grupo feminino. Desde o debut APINK promove com conceito fofo, o amadurecimento do conceito é recente, em 2018 a música “I’m so sicky” mostrou que as adoráveis garotas se tornaram poderosas mulheres. O vídeo prévia do conceito de BIRD também chegou para reforçar o lado mais sensual e maduro do grupo, principalmente de Namjoo.



MoonBin e SanHa – ASTRO

Um duo de dançarinos. MoonBin e SanHa do ASTRO farão sua estreia no dia 14 de setembro com a canção Bad Idea. Apesar do boygroup ASTRO se aventurar pelos mais diversos conceitos, a dupla parece ter apostado em algo ainda mais sensual do que os últimos trabalhos do grupo.


https://twitter.com/fantagiomusic_/status/1297820944598065152

Ao todo o mini álbum conta com 5 canções: Eyes on You, Bad Ideia (título), Alone, All I Wanna Do e Dream Catcher. O álbum físico terá duas versões em tons de cinza que se diferem entre tons de cinza claro e escuro. Na foto de divulgação do calendário da dupla, MoonBin aparece abraçando SanHa. E há uma mensagem na lateral da foto teaser: “não tenha medo, memórias ruins vão desaparecer. Nós estaremos sempre com você”.




Agora conta pra gente: por qual debut você está mais ansiose? Compartilha com a gente nos comentários. E se alguma unit for estrear não esquece de deixar também o nome aqui nos comentário pra gente curtir muito!

Fonte: (1), (2), (3) e (4)
Não retirar sem os devidos créditos.