Shows

MASC chora em primeira apresentação no Brasil e diz: ” Amamos vocês e queremos voltar logo ao Brasil!”

Com o Teatro Gamaro lotado, MASC iniciou a turnê brasileira de fansigns com um fanmeeting inesquecível em São Paulo.

Após os anúncios oficiais de sua vinda ao Brasil, o boygroup formado por Woosoo, Heejae, Yiryuk e ACE não se contiveram e inundaram as redes sociais com agradecimentos aos fãs e dicas do quê aconteceria no show. E na tarde desta sexta-feira (02) os fãs já estavam extremamente animados, principalmente quando o grupo desceu da van para entrar na área do Teatro, passando pela fila que já os aguardavam.

Exatamente às 20h, quando as cortinas do palco se abriram, pudemos ouvir uma explosão de gritos. Já nos primeiros segundos de TINA, single mais recente do grupo, os fãs tiveram a certeza de amarem o grupo certo e aqueles que não eram tão fãs, tiveram a certeza de que valeu muito a pena estar ali para apoiar o trabalho do MASC. Mal haviam se recuperado do primeiro impacto e Heejae gritou várias vezes em português: “Te amo Brasil!”.

  

Os garotos intercalaram suas principais canções como I Can’t Breath e Meaningless com as melhor brincadeiras que já aconteceram em qualquer fanmeeting brasileiro. Eles sabiam muito bem como interagir com as fãs brasileiras e entre eles mesmos, revelando um jeitinho brasileiro, que conquistou as mais de 800 pessoas da casa de shows lotada.


Dentre as brincadeiras fizeram um desafio de encarar e chamaram, por coincidência, algumas das garotas do Team Fofo, um de seus fandons brasileiros, e até mesmo fanboys. O palco ficou incrível com tantas misturas e tantas pessoas diferentes.

 

 

O MASC provou a amizade entre eles durante a brincadeira em que deveriam ser vendados e descobrirem quem era fã e quem era parte do grupo ou da produção. Acharam que estavam zombando deles e as vezes quando eram fãs diziam “produtor”, “mananger”, brincando com a plateia.

 

 

Outra brincadeira que deixou os fãs não escolhidos com muita inveja foi a de vendar os fãs que estavam no palco para descobrirem de qual integrante era a voz. O próprio MASC amarrou as vendas nos fãs escolhidos e chegaram muito próximo do ouvido deles para dizer ou cantar algo.

 

 

Antes de finalizarem o show, trouxeram uma grande surpresa para os fãs brasileiros, interpretando com maestria e um ótimo domínio da pronúncia da língua portuguesa a música DONA, um clássico da música popular, composição do grupo ROUPA NOVA.

Após a apresentação foi o momento de agradecimentos. Cada integrante falou de gratidão em visitar o Brasil e poder ter tanta interação com os fãs. Heejae contou que o MASC sempre lê os comentários dos brasileiros nas redes sociais e ficam muito felizes com todo o carinho e apoio.
Entretanto, ACE roubou a cena. Durante seu discurso, logo após os fãs gritarem muito “Te Fofo”, a voz embargou e ele não conseguiu continuar a falar, revelando toda a emoção. Woosoo correu para consolar o amigo.

 

 

Pra encerrar com chave de ouro, antes de fazerem a foto oficial com as bandeiras do Brasil – entregues assinadas pelos fãs, cantaram STRANGE e o público não soube lidar com toda a ousadia do MASC e aquele que possivelmente é o melhor single até o momento.

 

 

A experiência de conhecer o MASC superou todas as expectativas e temos que agradecer a todos os responsáveis por esse momento único na vida dos Ma-blings brasileiros e dos fãs de kpop.
Algumas cidades ainda tem ingressos para o fansign. Corre na HIGHWAY STAR e compre o seu!

Por Naira Nunes
Imagens: Naira Nunes e Carol Akioka
Agradecimento especial Highway Star
Não retirar sem os devidos créditos.

[Entrevista]”Os membros do BTS possuem charmes únicos.” – Diz SungDeuk, coreógrafo do grupo

O BTS veio ao Brasil pela terceira vez para realizar dois shows nos dias 19 e 20 de março, reunindo mais de 14 mil pessoas no Citibank Hall em São Paulo. O Bangtan passa por uma onda de sucesso na Coreia e no mundo, alcançando ótimos resultados de vendas internacionais e promove sua turnê mundial intitulada “The Wings Tour”. Uma das características dos ídolos sul coreanos é a coreografia sincronizada e de alto nível de dificuldade, que conquista dançarinos e covers continente afora.

A KoreaIN teve a oportunidade de conversar com Son Sung Deuk, responsável pelas danças do grupo. A conferência aconteceu no Café Together, localizado no Bom Retiro, onde logo após um café, fomos recebidos pela presença do diretor de performance da Big Hit e coreógrafo do Bangtan Boys. Ele, sempre muito simpático, respondeu às perguntas da imprensa com bom humor e sinceridade, onde abordou tópicos sobre carreira, a paixão pela dança, e claro, o próprio BTS.

P – Qual foi a primeira coreografia que você desenvolveu e para quem foi?
SSD – Há algum tempo na Coreia, houve um “survival show” onde através de um campeonato, sairia um campeão. Um dos meus primeiros trabalhos foi fazer a coreografia de um grupo participante, chamado “Hakdong Club”.

P – Como é sua rotina de estudos quando você não está trabalhando em uma coreografia?
SSD – Eu tento descansar o máximo possível e tento viajar bastante. Como meu trabalho gasta muita energia, eu tento recarrega-la descansando, viajando e fazendo workshops.

K-IN – O que você toma de inspiração para suas coreografias?
SSD – Eu tento me inspirar nas coisas do cotidiano. Tento também expressar ao máximo o significado da música, por isso me concentro bastante na letra. Vou pensando nas imagens.

P- Quanto tempo você demora para criar as coreografias e quanto tempo os artistas demoram para conseguir memoriza-la?
SSD – Se é algo bem rápido, a curto prazo, é uma média de 2 à 3 dias. Se é algo mais trabalhoso, é de 1 à 2 meses. Dependendo do nível de dificuldade da coreografia, o tempo para criação varia. Antigamente os artistas demoravam mais para “pegar” os passos, mas agora eles são muito bons e demoram bem menos. Para memorizar todos os movimentos, demoram apenas alguns dias. Atualmente demoram menos de 1 mês para conseguir realizar as danças sem nenhum erro.

 

 

P- No BTS, os meninos, especialmente na dance line (J-Hope, Jungkook e Jimin), têm estilos de dança muito diferentes. Como você lida com essas diferenças. Você tem que aproveitar tudo que os meninos têm a oferecer nestes diferentes estilos?
SSD – Não apenas a dance line, mas todos os membros do grupo possuem charmes individuais únicos. Quando eu crio uma coreografia, penso em cada um deles para que fique algo melhor em conjunto. Algo que encaixe com cada um dos integrantes.

P – Você já assistiu algum cover das coreografias que você já criou?
SSD – Sim! Eu vejo bastante! Sempre tento procurar no youtube os covers dessas coreografias. Pelo que eu sei, há muitos covers ao redor do mundo, bem mais do que eu imaginava. Algumas pessoas são muito boas. As roupas, os movimentos das câmeras, tudo tem uma qualidade muito grande. Eu fico muito agradecido por isso.

P – O trabalho dos coreógrafos coreanos está se tornando cada vez mais conhecido com o público e os fãs acabam acompanhando para conhecer melhor o trabalho dos artistas. Quais os principais desafios que você vê nessa profissão?
SSD – As performances apresentadas pelos artistas estão ficando cada vez mais importantes, então as pessoas que gostam de dança estão se aproximando mais do meu trabalho. O maior desafio é deixar o artista mais brilhante durante uma apresentação. Temos sempre que estar usando a criatividade para criar uma coisa nova, mostrar algo diferente.

K-IN- Você acha que para dançar é necessário talento inato ou esforço contínuo? Qual é mais importante?
SSD – Acredito que o talento é necessário. Você não consegue ser um bom dançarino apenas com as práticas. Treinando muito, você consegue dançar bem, porém existe um limite. Para ultrapassar esse limite, é preciso talento.

P- Você se diverte dando workshops? O que te motivou a começar com essa prática?
SSD – Fazendo workshops, tenho muitas sensações. Para eu me recarregar para meu trabalho, preciso viajar muito e descansar bastante. Através dos workshops, tenho a oportunidade de encontrar muitas pessoas diferentes e recebo muita energia delas. Recebo convite de diferentes lugares no mundo, mas infelizmente não consigo aceitar todos. Tento ir onde posso para compartilhar esses momentos.

P- Quais dançarinos você admira e tem como inspiração?
SSD – Eu gosto muito de todos os coreógrafos ao redor do mundo que fazem um trabalho incrível. Gosto de todos, mas especialmente Michael Jackson. Sempre que faço uma coreografia, tenho na cabeça os movimentos dele.

Sung Deuk ministrou 5 workshops de dança em São Paulo e todas as classes com inscrições esgotadas. Com talento de sobra, mostra que o sucesso do BTS é uma soma de diversas características marcantes, sendo as coreografias um ponto chave para uma performance incrível.

Por Caroline Akioka
Não retirar sem os devidos créditos

5 Motivos para ir ao fansign do MASC

Estamos há pouco mais de 1 mês da turnê brasileira de fansigns do boygroup MASC, que será iniciada dia 02 de março em São Paulo, com um showcase especial para os fãs, além do fansign e high-touch.
O quarteto formado por Woosoo, Ace, Heejae e LeeHyuk (26) debutou em agosto de 2016 com o single Strange, parte do mini-álbum homônimo. O último comeback foi o single promocional TINA, pouco tempo antes de anunciarem a vinda ao Brasil.
Para os que ainda não compraram ingresso, e os que já compraram, separamos 5 motivos para você ir e participar da turnê do MASC no Brasil!

1 – Interação com os fãs

Os garotos possuem uma interação invejável com os fãs coreanos, assim como disseram em entrevista, que vêm seus fãs como amigos.

 

Agora os brasileiros também poderão sentir-se tão próximos do MASC quanto os coreanos. Imagina, colar adesivos fofos no rosto do Woosoo, colocar um chapéu verde e amarelo no Ace, uma coroa no LeeHyuk e tiara de coelhinho no Heejae.
E ainda vai poder fazer aegyo para conquistar o coração do oppar!

 

2 – Ver de perto a beleza e o carisma dos garotos

Vamos concordar aqui que o MASC, além do talento, é um grupo 100% visual! Cada garoto possui um charme diferente e uma característica destacada que conquista facilmente os olhos dos fãs.
Como se não bastasse, eles ainda são muito carismáticos, principalmente com aquela timidez cativante de grupos novatos.

Ace se destaca pelo rosto sem marcas, muito fofo, ainda mais quando está usando óculos de aro redondo.

Leehyuk tem um sexy eye apaixonante, ressaltado por suas sobrancelhas.

Woosoo tem um formato de rosto único e os famosos “kissable lips”.

Heejae é dono de um sorriso extremamente fofo, que mostra um pouquinho da gengiva, conferindo a ele uma imagem muito jovial.

3 – Torcer para que eles falem “Te Fofo” para você

Desde o debut o MASC tem sido bastante atencioso com os brasileiros. Seja nas redes sociais, nos videos do VLive e até mesmo nos programas coreanos.
Mostrando o carinho deles pelos brasileiros, logo aprenderam a falar o clássico “Te amo”. Mas no caso do MASC ele veio acrescido do peculiar “Te fofo”, que segundo Heejae quer dizer “Eu gosto muito de você”, em coreano.
Vamos dizer muito “Te fofo” para eles no fansign e no show? Vamos!

 

Veja também o história do grupo e o perfil de cada integrante.

4 – Apoiar o trabalho de um grupo Rookie

Nunca saberemos quem será o próximo grupo da nação. E quando isso acontecer, nada é maior que o orgulho de dizer “Eu vi essxs meninxs crescendo!”.
Ou ainda, ser aquele fã sempre lembrado pelo k-idol, afinal, você sempre esteve lá para apoiar o trabalho dele.
Todo grupo já foi rookie e todo rookie precisa de fãs fiéis que possam apoiar, divulgar e enaltecer o seu trabalho (a KoreaIN mesmo sabe a importância disso e tem apoiado vários grupos a se divulgarem). E não podemos perder a oportunidade de dar muito amor e apoio ao MASC, daquele jeito que só os brasileiros sabem fazer.

 

5 – Stan Talent, claro!

Já citamos o talento do MASC, mas falar das qualidades destes 4 garotos nunca é demais!

Se você apoia grupos pelo talento, essa lista é pra você:

  • Woosoo compõe músicas, toca guitarra e faz beatbox.
  • Woosoo  já venceu uma competição de badminton no Japão.
  • Leehyuk é dançarino e coreógrafo.
  • Leehyuk é graduado em direção e broadcasting na Seoul Institute of the Arts.
  • Leehyuk já escreveu e filmou vários filmes independentes, comerciais, web-dramas e também os MVs do girlgroup Veloce.
  • Ace é letrista e compositor.
  • Ace faz parte de um grupo de rap underground chamado RASSAY SUNZ.
  • Heejae estudou atuação na Seoul Institute of the Arts.
  • Heejae foi o ator principal de “I’m a Vampire”, filme dirigido por Leehyuk.

 

Conseguimos te convencer a dar muito amor para o MASC aqui no Brasil? Conta pra gente nos comentários!

 

Serviço:

SHOW EM SÃO PAULO – SP

Data: 02 de junho de 2017
Horário do show: 19h (abertura dos portões às 17h)
Local: Teatro Gamaro (Rua Dr. Almeida Lima, 1176 – Mooca)
Classificação: Até 13 anos – apenas acompanhado de pais ou responsáveis legais.
A partir de 14 anos – desacompanhados.
Onde comprar os ingresso do fansign:
– Pela internet, no Sympla:

Os ingressos para as quatro sessão de autógrafos serão vendidos apenas pela internet.

 

Informações completas aqui!

 

Por Naira Nunes
Não Retirar sem os Devidos creditos

KCON MÉXICO: TUDO SOBRE A CONVENÇÃO DO ANO!

A KCON MÉXICO levou 33.000 fãs em seu primeiro ‘All Things Hallyu’ de 2017, o primeiro na América Latina!

A maior convenção sobre a cultura coreana no mundo foi realizada nos dias 17 e 18 de Março na Arena Cidade do México. Apresentando performances musicais das estrelas do K-pop: Astro, BTS, Eric Nam, EXID, Infinite H, Monsta X, NCT 127 e Red Velvet.

No mais, o evento teve uma espetacular convenção gratuita com atividade especiais, palestras conduzidas por influenciadores, vendedores e debates.

 

CONVENÇÃO KCON MÉXICO

O telhado da Arena Cidade do México serviu para criar a convenção onde grandes marcas se reuniram, famosos youtubers e vloggers puderam se encontrar com seus fãs e também para painéis de discussão e palestras geridas por profissionais em diferentes assuntos como k-dramas, idioma e outros.

Os influenciadores de toda a América Latina: JRE, JunCurryAhn, Kenro, Nale (Latina Saram), Tania (Hablemos de Doramas), Akari Beauty, luis Arredondo, Fabbi Lee, Hyo, Double Trouble in Corea, Jini y Raiza, entre outros; foram os condutores e participantes de debates e painéis especiais. Todos estes espaços convidaram o público a ingressar na cultura coreana.

RED CARPET: PREVIA DO M!COUNTDOWN

A organização e o tempo foram peças fundamentais para todos os meios que estavam presentes para receber os ídolos e poder ouvi-los por alguns minutos antes do concerto. A experiência foi compartilha com alguns fãs sortudos que tiveram a oportunidade de assistir o red carpet. Puderam ver seus ídolos muito de perto.

Todos os convidados puderam ser brevemente entrevistados conforme paravam para as fotos no tapete vermelho.

Os primeiros a entrar no local foram os garotos do BTS, seguidos pelo solista Eric Nam, que se animou em falar espanhol. As garotas do EXID vieram logo após, seguidas pelos rookies do NCT127.

 

 

Foi realmente difícil escutar as entrevistas, devido aos gritos ensurdecedores dos fãs emocionados. O carisma dos artistas coreanos surpreendeu a todos, fãs e imprensa.

Durante o segundo dia foi seguida a mesma dinâmica, mas desta vez o Red Carpet foi “aberto” pelo adoráveis garotos do ASTRO. Logo Monsta X desfilou com sua sensualidade e elegância. As garotas do RED VELVET encantaram a todos com todo o carisma e ternura, enquanto o Infinite H encerrou o red carpet.

 

CONCERTOS DO M!COUNTDOWN ESPECIAL

Desde muito cedo se podia ver os fãs formando filas para entrar no local do show, afim de ter a melhor experiência do M!Countdown e viver um concerto como aos que acontecem somente na Coreia do Sul. A Arena Cidade do México se estremeceu com os gritos dos fãs presentes, que cantaram em coro e até mesmo dançaram as diferentes coreografias de seus ídolos favoritos.
Dia 1: BTS, EXID, Eric Nam e NCT 127

BTS iniciou o dia, já que precisavam ir embora cedo por conta dos shows que ainda aconteceriam no Brasil. O grupo mais popular da atualidade performou “Not Today”, “Spring Day”, “Save Me”, “Blood, Sweat & Tears” e encerrou com “Fire”.
Hani interpretou em espanho o famoso dueto dos irmão Jesse & Joy, “Ecos de Amor”. ASTRO surpreendeu e fez todos dançarem com a tradicional “La Bamba” em versão rock.

Eric Nam foi o apresentador do primeiro dia, e também cantou “Can’t Help Myself” com participação de TaeYong (NCT 127), “Oh ooh” e encerrou com “Into You”.

EXID veio ao palco para performar seus grandes hits “LIE”, “HOT PINK”, “Ah Yeah”, “Every night” e “Up&Down”. Todos dançaram suas coreografias e demonstraram muito amor por elas.
NCT 127 enlouqueceu o público quando começou a apresentar “Fire Truck”, “Without You”, “Mad City” e “Good Thing”. Para encerrar, cantaram a música brasileira “Ai Se eu te pego”, de Michel Teló e fizeram um cover de “Sorry Sorry” do Super Junior.

 

Veja mais sobre o dia 1 da KCON México

 

Dia 2: ASTRO, MONSTA X, Red Velvet e Infinite H

Iniciamos o dia com a participação de JunCurryAhn, tocando seu violino de maneira mágica com os temas “Beautigul” e “Spring Day”. Todos ficaram em silêncio profundo, transformando o local com sentimentos nostalgicos e a tentativa de grava na memória cada nota de sua interpretação. Infinite H encerraram o dia com aquela sensação de “bad boys”.

E assim, pouco a pouco, a KCON se encheu de emoção ao escutar o ASTRO, pelo qual todos se apaixonaram pelo carisma. Monsta X cativou o público com sua sensualidade única. RED VELVET nos ensinou que não existe ninguém no mundo com tamanho talento e beleza.

Veja mais sobre o dia 2 da KCON México

 

Por mais KCON na América Latina!

Sem dúvida foi um grande espetáculo que conectou os fãs e ídolos numa só frequência, fazendo todos gritarem, dançarem, chorarem e sobre tudo ver que além de ídolos, cada artista é alguém que seguiu seus sonhos e nos presenteou com um pouco de seu talento.
Torcemos para que outros países tenham a chance de receber uma KCON, inclusive o Brasil.

Enviados Especiais: Wii Sama (reporter) e Emily Leal (fotografia) para XiahPop
Veja a matéria original da integra.
Não traduzir sem permissão.
Não retirar sem os devidos créditos
Tradução por Naira Nunes

Proibido editar as imagens ou retirar as logos

15 momentos mais marcantes do BTS na “The Wings Tour” no Brasil

Em um mês muito movimentado para os fãs da música coreana, os brasileiros tiveram a chance de rever o BTS – e desta vez para um grande concerto, a ‘The Wings Tour’ aos moldes coreanos.

A KoreaIN quer que você conheça (ou relembre) todos os melhores momentos dos dois dias (19 e 20) de show do grupo mais famoso do kpop atual!

Momento 1

Antes mesmo do show começar os fãs cantavam e gritavam por todos os videoclipes que estavam passando nos telões. Nos dois dias de show eles gritavam “Beija, Beija”, para a cena do mv de Blood, Sweet and Tears em que Jin beija a estátua.

 

Momento 2

Algo comum em shows, infelizmente, são os fãs se expremerem contra as grades de segurança das pistas.
Entretanto, os brasileiros conheceram “O poder de NamJoon”. Ainda no início do show, quando todos estavam muito próximos à grade, o líder do BTS, Rap Monster (ou NamJoon para os íntimos haha), pediu em inglês para que os fãs não empurrassem contra a grade. Na música seguinte, o público todo estava confortavelmente espalhado por toda a pista premium.
Nunca havia presenciado isso, mesmo quando Kisu, integrante do 24K, pediu em português para que os fãs não empurrassem, usando o fatídico “Non empurrem”.

Momento 3

A rodada de solos foi agraciada pela emoção única de Suga durante a música “First Love”. A letra profunda, os significados e um público de mais de 7 mil pessoas fizeram com que Suga não cantasse o finalzinho de sua música, mostrando lágrimas nos olhos. Os fãs cantaram para ele e o clima do show foi incrível.

 

Momento 4

Os elementos usados no solo de Jimin criaram um sentimento muito forte para a música LIE. A venda, o lustre e o próprio Jimin sendo carregado pelos dançarinos trouxeram ainda mais significados para a canção.

 

Momento 5

Talvez o envolvimento dos fãs brasileiros no primeiro dia de show, respondendo a NamJoon com “We Love You” após a parte da música “I wish I could love myself” em REFLECTION realmente tenha motivado o rapper.
No segundo dia do show ele mudou a letra da música para “Yes, I do love myself”, afirmando se amar, deixando os fãs perplexos. Para somar, ao final do show ele ainda disse: “Vocês responderam minha música com We Love You. Agora eu digo: Eu amo vocês!

 

Momento 6

JHope é muito conhecido por ser o mais animado do BTS, e como os próprios meninos dizem, o responsável por trazer a luz ao grupo.
E isso ficou muito claro durante os shows aqui no Brasil. Cada vez que JHope abria um sorriso, ele emanava uma luz própria, comandando as reações de todos.
O seu brilho foi complementado pelas diversas imagens que apareciam no telão contando sua trajetória de vida no solo de MAMA.

 

Momento 7

Nos shows coreanos um coral sobe ao palco para fazer o coro de Mama, entoando “Hey Mama…”. Aqui no Brasil o coral foram o fãs. J-Hope parecia completamente satisfeito em poder ouvir todos cantando o coro da canção com tanta vontade. Aquele sorriso mais sincero dele estampava seu rosto.

Momento 8

O solo de Jin impactou os fãs assim que viram o integrante no palco, antes mesmo de começar a cantar. A voz suave de Jin em Awake foi embalada por um coral de fãs.
Quando pude olhar para as pessoas a minha volta, percebi que todas estavam chorando. Foi um momento muito emocionante, logo acompanhado por gritos de “Jin” e “Kim SeokJin”.

 

Momento 9

A cascata de balões durante a performance de FIRE foi surrealmente linda. O projeto de um fanclub do BTS encheu balões durante toda a primeira parte do show pra joga-los de cima da área da Plateia 1, para a pista. O efeito foi incrível e o próprio BTS ficou impressionado.

Momento 10

A nostalgia tomou conta de todos quando o grupo começou o mashup de músicas antigas. Cantaram N.O, No More Dream, I need U e várias outras dos primeiros álbuns.

Momento 11

O que definitivamente cativou os brasileiros foi o ótimo português que o BTS treinou para interagir com os fãs. Quando percebi que não teria tradutor fiquei “Nossa, e agora?”, mas fui positivamente surpreendida com um português fofo. Separei as frases mais marcantes:

“Juntos vamos voar mais alto.” – JHope
“Espero ver vocês mais vezes.” – Jungkook
“Agora estou muito feliz.” – Taehyung
“Graças a vocês me sinto muito melhor. Estou muito feliz. Amo vocês” – Jin

Momento 12

Os banners no primeiro dia durante a canção 2!3! foram criados e entregues pela fanbase Bangtan Mozão. Inspirados pelo projeto coreano, o banner dizia: “Vamos andar juntos no caminho das flores.”


No segundo dia, os banners foram entregues pela fanbase Bangtan Brasil em parceria com uma fanbase internacional, para serem erguidos durante a música Spring Day.

 

Momento 13

Que Jimin e Jungkook são muito próximos e grandes amigos, todos sabemos. E o Brasil teve a honra de presenciar um momento muito fofo de interação entre eles.

Momento 14

A chuva de papel picado sempre me faz sentir bem, e não foi diferente vendo o BTS e os fãs serem cobertos pelos pedacinhos de papéis.

Momento 15

No final do segundo dia de show os integrantes ganharam camisetas do Brasil como o nome deles. Taehyung não conseguiu segurar a emoção e chorou com a camiseta do brasil cobrindo seu rosto.

 

 

Por Naira Nunes
Agradecimentos Bangtan Mozão
Não retirar sem os dedivos créditos

24K amou o Brasil e disse: “Espero que lembrem dessa noite para sempre!”

O fim da tarde do show não pareceu iniciar muito bem, já que uma chuva forte insistiu em tirar a animação das fãs, que acompanhamos durante todo o dia. O que não passou de um anúncio para um noite incrível. A 24U e os kpoppers não se abalariam com qualquer chuva.
Durante todo o dia, antes de entrarem para o fansign e aguardarem o show, os fãs cantaram e dançaram diversas músicas do 24K, além de gritarem muito por eles. Após lotarem a casa de show Clash Club, um video de apresentação do 24K anunciou a chegada dos garotos, que surgiram abrindo o show com a canção BINGO, logo após algumas horas de um fansign muito animado, o último da turnês brasileira.
Desde o início do show falaram em português, pedindo para os fãs não chorarem e dizendo como estavam amando o Brasil.


Após a primeira explosão de músicas animadas, trouxeram But I love You, uma balada para acalmar o coração dos 24U brasileiros. Logo cantaram a impactante Still 24K. Os fãs gritaram muito, cantando junto dos garotos.
Logo após alguns videos dos garotos ensaiando, voltaram ao palco para conversar com os fãs. O euforia foi tanta, que diversas vezes Kisu e JinHong pediram silêncio fazendo um “Shhhh”, com o indicador sobre os lábios. Todos riram muito e passaram a ouvir atentamente as palavras dos integrantes.

 

img_2425_cortar_copiar

 

Antes de voltarem a cantar, pediram em bom português “Não empurrem”, para os fãs que estavam próximos à grade. Todos estavam contagiados com tanto empenho e graça. Após uma nova pausa, junto ao host Iago Aleixo, sortearam vários álbuns para os fãs e conversaram mais um pouco.

Para a surpresa de todos, 24K enlouqueceu todos na casa de show com um cover de BANG BANG BANG, música do grupo BIG BANG. E aos gritos de “Saranghae” eles trouxeram diversas apresentações especiais como duetos. Jeonguk e Cory se apresentaram com uma performance de rap, seguidos de Hongseob e Changsun, que travaram uma batalha de dança ao som de Eye Of The Tiger, música ícone do filme Rocky. Não bastasse tanta surpresa, todos entraram em deleite quando o 24K se apresentou com 24K Magic, do cantor Bruno Mars.

 

img_2850_kin_sig_cortar_copiar-copiar

 

img_2563_cortar_copiar-copiar
Em mais um momento de interação com as fãs, eles mostravam orgulhosos todas as palavras e expressões aprendidas em português. Kisu continuava a entoar sua favorita “Não empurrem…”, sempre levando o público ao riso. Os fãs então começaram a pedir em unissono para o 24K sambar, e foram atendidos. Como passos pouco definidos, eles sambaram para os 24U, que amaram. Após pedirem para que as luzes fossem acesas, para que eles pudessem ver o rosto dos fãs, Kisu gritou alto: “Vou sentir saudade de vocês”, assim mesmo, em português. E então agradeceram o carinho e o amor de todos.

Iniciaram a última parte do show com uma das músicas mais aguardadas do público, Superfly. Os fãs cantaram junto e pularam muito animados.

Sob gritos de “24K Saranghae” os garotos voltaram para o encore com um remix de BINGO, a música de trabalho mais atual. Não sabíamos quem estava mais feliz, os fãs ou o grupo.
Ao fim da música, voltaram a agradecer os fãs, dizendo que os amava e pedindo para que nunca esquecem daquela noite e prometendo voltar para revê-los. Após dizerem várias vezes como não queriam ir embora do Brasil e daquele palco, Cory pareceu ter a voz embargada por lágrimas.

 

img_2450_cortar_copiar-copiar

img_2487_cortar_copiar-copiar

img_3248_kin_cortar_copiar-copiar

 

Tiraram várias fotos com os fãs ao fundo e se despediram, deixando o palco e fãs completamente impactadas com o carisma, a alegria, a beleza e o talento deles.

 

Por: Naira Nunes
Revisão: Carol Akioka
Cobertura: Naira Nunes, Amanda Carolina e Carol Akioka
Imagens: Naira Nunes e Erica Imenes (SarangInGayo)
Agradecimentos especiais a Highway Star e Choeun Ent.
Não retirar sem os devidos créditos

[#24KnaKIN] 5 curiosidades sobre a boyband 24K

O 24K está quase próximo de chegar para a turnê no Brasil que irá acontecer no fim desta semana. Falamos um pouco sobre a tour aqui e a primeira sessão de autógrafos deles acontecerá no dia 8 de dezembro no Rio de Janeiro, seguindo dia 9 de dezembro para Belo Horizonte, 10 do mesmo mês para Curitiba e por fim, 11 de dezembro em São Paulo, onde os fãs paulistas também poderão desfrutar de um showcase com os hits dos meninos.
Para quem ainda não os conhece (e você pode conhecer o grupo melhor lendo a entrevista que eles deram para as fãs brasileiras aqui), o 24K é um grupo de kpop famoso por misturarem ritmos do hip-hop, eletrônica e o pop como nos singles “U R So Cute”, “Super Fly” e “Still 24k” e composto por 7 membros: Cory, Kisu, Jeonguk, Hui, Jinhong, Hongseob e Changsun.
Eles virão para o Brasil divulgar o primeiro álbum de estúdio com o single “Bingo”, já vem aqui curtir:


E a KoreaIN não consegue se segurar com a espera! Por isso que, para acalmar os nervos, fizemos uma lista com 5 curiosidades sobre os musos do 24K. Confira a seguir:

 

24k_1-2
O líder do grupo, Cory, nasceu em Seul mas se mudou para Oregon em Portland ainda quando pequeno e só voltou para a Coréia depois de se formar na faculdade. Ou seja, no fansign ainda dá para arriscar aquele “I LOVE YOU”. Fora os momentos únicos que ele já passou com as fãs internacionais por saber falar inglês.
24k_1-3

 

Temos ship no grupo SIM! Cory e KiSu formam COSU. As fãs sabem que dentre todos os membros os dois são melhores amigos. Os meninos adoram e até usam o nome as vezes.
24k_1-4
A maioria dos membros já frequentaram o ensino superior, como:

  • Cory – Universidade comunitária de Portland;
  • Kisu – Universidade de Artes de Baekseok;
  • Hui – Universidade de Kyunghee;
  • Changsun e Hongseob.

Imagina você indo para aula junto com eles?! :O
24k_1-5

O fandom oficial foi anunciado no dia 6 de dezembro de 2012 (ou seja, amanhã as 24U comemoram 4 anos de existência) através de um vídeo, ainda com a antiga formação do grupo. E você pode saber mais sobre eles na página da fã base brasileira 24KBrasil.

 

24k_1-6
Em uma entrevista, Jeonguk mostrou que tem uma tatuagem do lado direito do peito. O desenho é o logo do 24K (https://youtu.be/hhycj2vkSwA), ele disse que a fez em um momento muito decisivo de sua vida. A mãe dele ficou tão assustada que o perguntou o que ele faria se o grupo acabasse. Felizmente isso não vai acontecer, não é mesmo?!

Estamos animadíssimas! Cheguem logo 24K!
E vocês tem alguma curiosidade sobre eles? Nos conte nos comentários!

Por Giovanna Akioka
Não retirar sem os devidos créditos
Fontes: MissKpop, KpopProfileBrasil, Miner8

[Quiz] Qual integrante do BTS combina com você?

Este artigo foi originalmente publicado em 25 de julho de 2015.

O BTS anunciou as datas de sua 3ª turnê, The Wings Tour – 2017 BTS Live Trilogy Episode III, dentre elas, 2 shows para o Brasil, nos dias 19 e 20 de março de 2017, em São Paulo. Para comemorar a chance de você ficar perto dos seus ídolos mais uma vez (já que este será o terceiro show dos garotos aqui no Brasil), trazemos de volta o quiz “Qual integrante do BTS combina com você?“. E aí, vamos descobrir?

Quer conhecer mais sobre o grupo? Cola aqui.

Curtiu o Quiz? Compartilhe com seus amigos e siga as nossas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram.
Por Naira Nunes e Amanda Carolina
Não retirar sem os devidos créditos