Descendants of the sun

[LISTA] No dedilhar das teclas de piano: 10 OST de kdramas inesquecíveis!

A disseminação dos amantes de kdramas -as novelas coreanas- cresce cada vez mais. Com essa influência, os espectadores são influenciados a procurarem mais sobre a cultura coreana como um todo: a culinária, o estilo de vida, os pontos turísticos (sempre presentes nas cenas românticas) e a música. Kdramas são conhecidos, principalmente, por suas músicas feitas especialmente para determinados tipos de cenas, situações e personagens!

Músicas estas conhecidas como OST (Original Sound Track), que é a trilha sonora produzida e selecionada especialmente para determinada novela, filme, documentário, etc. No mundo dos kdramas, elas são dividas em partes e são divulgadas à medida que os episódios são exibidos na televisão.

As OST’s de kdramas, em sua grande maioria, são acompanhadas por melodias especiais e inesquecíveis, e o grande responsável por fazer assimilar tal melodia a novela é o piano! Quem nunca lembrou de uma cena ao ouvir o dedilhar de três ou quatro notas? É muito comum alguém dizer: “conheço esse toquinho e trazer na memória uma cena que marcou determinada novela.

A KoreaIN separou 10 OST inesquecíveis para você relembrar de alguns kdramas que fizeram sucesso de um tempinho para cá. Se você não conhece essas canções, ou até mesmo a novela, essa é a hora de adicionar na sua listinha para conferir!

 

  1. Angels in the city – Lucia [ Jugglers ]

Protagonizado por Choi Daniel e Bae Jinhee, Jugglers conta a história de um chefe durão e uma secretária que enfrenta o pior momento de sua carreira. Recheado de bom humor e aquela pontadinha de drama que dói lá no fundo da alma, a música Angel in the citys, de Lucia, apresenta uma melodia triste, mas com uma letra de deixar o coração quentinho:

 

  1. Even If I die, It’s You – Jin e V, BTS [ Hwarang ]

Comédia romântica, atores lindos de morrer e muita confusão! Hwarang divide opiniões dos amantes de kdramas, há quem ama e quem o odeia, mas vale a pena assistir pela maravilhosa trilha sonora (e pelo elenco maravilhoso, afinal reunir Park Seojoon, Park Hyunsik, Minho (SHINee), V (BTS) e Do Jihan não é para qualquer um!). A que vem para arrancar sorrisos e deixar com vontade de dançar é Even If I die, It’s You interpretada por dois integrantes do BTS: V e Jin:

 

  1. Moonlight drawn by clouds – Gunmy [ Moonligt Drawn by Clouds ]

Quatro notas e a lágrima já desce! A música que leva o mesmo nome do kdrama: Moonlight drawn by clouds faz relembrar da preciosa (e mais sofrida) cena entre os protagonistas carismáticos, interpretado por Park Bogum e Kim Yoojun. Na apresentação ao vivo, Park Bogum canta junto a Gummy, intérprete da canção:

 

  1. I’ll go to you like the first snow – Ailee [ Goblin ]

Não confie em quem não chorou ao assistir Goblin! Com uma trilha sonora dessas já é possível saber o que está por vir: uma inexplicável paixão por sofrer. Ailee interpreta a canção que (sem spoilers) representa a promessa entre os dois protagonistas. Gong Yoo e Kim Goeun trazem muita química e muita lágrima para Goblin, kdrama de 2016 que até hoje não saiu da mente dos dorameiros:

 

  1. This love – Davichi [Descendants of the sun]

Kdrama de referência para quem está começando no mundo das novelas coreanas, Descendants of the sun trouxe consigo um enredo único e apaixonante, além de trazer para fora das telinhas o OTP SoSo da nação: Song JoongKi e Song HyeKyo, que se apaixonaram durante as gravações e se casaram alguns meses depois. Entretanto, a música interpretada pela dupla Davichi é especialmente dedicada ao segundo shipp da novela: MyeonJoo (atriz: Kim Jiwon) e Daeyoung (ator: Jin Goo):

 

  1. It’s You – Henry [ While you’re sleeping ]

Produzida especialmente por Henry, It’s You esboça perfeitamente a relação entre os personagens principais, protagonizado por Suzy e Jongsuk, que primeiramente se encontram em sonhos e criam um laço muito forte na realidade. Os episódios são complexos e repleto de mistérios, ideal para você dorameiro que gosta de reviravoltas e personagens fortes e determinados:

 

  1. Lucky  – Chen, EXO [ It’s okay, that’s love ]

Premiada diversas vezes, Lucky, interpretada por Chen do boygroup EXO, conta a história de uma pessoa apaixonada, que agradece por ter outra ao seu lado, mas que sente muita falta de poder estar ao seu lado. Não é exatamente o enredo do kdrama, porém ilustra perfeitamente o que o personagem principal, Jangyeol (ator Jo Insung) sente por Haesoo (atriz Gong Hyojin). E há dobradinha de EXO, Chen é responsável pela OST icônica, e D.O. fez sua estréia como ator nessa novela:

 

  1. One More Step – Sandeul [ Introverted Boss ]

Há quem pense que Introverted Boss seja apenas uma comédia romântica água com açúcar, ela tem comédia sim, porém está longe de ser um mar de rosas e romance. A história apresenta um chefe que tenta manter sua empresa estável, e consegue, mas não sabe lidar com sua estabilidade emocional e se vê imerso a crises de ansiedade e depressão. A história é sensível e escrita de maneira suave para que o público se identifique com o personagem e fique ciente que a vida vale a pena. A música One more step, de Sandeul, fala exatamente disso, de dar mais um passo e continuar:

 

  1. You’re my World – Yoo Minrae [ The legend of blue sea]

O ano de 2016 ficou marcado nos corações dos fãs de kdrama, especialmente por The Legend of Blue Sea que proporcionou a união entre os atores Lee Minho e Wang Jihyun. Além de ser o último kdrama interpretado por Minho antes de ir para o exército, ficou marcado como o retorno de Jihyun que há um tempinho não aparecia nas telinhas. You’re my World fala do amor intenso entre dois seres diferentes, e trazendo para o enredo do kdrama, a música é sobre o amor entre uma sereia e um ser humano:

 

  1. Beautiful – Crush [ Goblin ]

E para fechar: mais uma canção de Goblin, pois essa obra tem muita OST boa! Beautiful é ainda hoje uma das músicas que os artistas mais fazem cover. Além de ter o piano muito forte e reconhecível nos primeiros segundos de melodia, a voz de Crush é um verdadeiro mimo para nosso ouvidos:

 

 

The Legend of Blue sea

 

A trilha sonora é tão importante e valorizada que nas premiações musicais e de entretenimento há categorias reservadas para estas canções. Em algumas delas, os idols fazem cover para homenagear a canção que marcou o ano dos kdramas.

E se você é apaixonado pela união desse instrumento clássico com a música moderna, vai adorar o concerto de piano de Lee Bong Ki. O recital acontece nesta terça-feira, 11 de dezembro, no Centro Cultural Coreano de São Paulo.

O evento é organizado pelo Centro Cultural Coreano no Brasil, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o ministério da cultura e Centro Cultural Coreano de São Paulo.

Saiba mais: Renomado pianista coreano, Lee BongKo, se apresenta em evento GRATUITO

 

Tem alguma OST que você gostaria de acrescentar? Conta para gente nos comentários aquela melodia que logo te remete a uma cena de kdrama!

 

Serviço

Romantisch-Virtuouser /Recital de Piano com o Pianista Lee Bong Ki
Data: 11/12/18
Horário: 19h30
Local: Centro Cultural Coreano São Paulo – Sala Adoniran Barbosa.
Endereço: Rua Vergueiro, 1000, Paraíso – São Paulo

Mais informações: Tel (11)2893-1098 / eventos@kccbrazil.com.br
https://www.facebook.com/kccbrazil/photos/a.1459629447639839/2176076512661792

 

Por Isabela Marques
Fonte: Soompi
Não retirar sem os créditos.

A cara da voz: conversamos com os dubladores de “Descendants of the Sun”

O premiado kdrama “Descendants of The Sun” (“Descendentes do Sol”, como foi traduzido no Brasil) foi dublado e exibido no Centro Cultural Coreano no Brasil (CCCB), em São Paulo. Conversamos com parte do elenco de dubladores brasileiros para saber mais como foi essa experiência.
Dublador do capitão Yoo Si-jin (Big Boss), a voz de Lucas Gama está em alta após dublar o vilão Bryce Walker, da série do Netflix13 Reasons Why“. Sua voz pode ser ouvida também em animes como “Pokémon” (treinador Shammus e participações), “Diabolik Lovers” (Shu) e “Cyborg 009” (009).
Lucas Gama, dublador do Big Boss.
Tenho cada personagem como se fosse um filho meu, teve sim os mais marcantes, mas eu os amo por igual“, contou o ator, que admira no protagonista sua confiança, força de vontade e caráter. No entanto, ele faz uma ressalva: “O que eu não gostei, mas sei que é uma coisa deles, foi tratar a mulher como objeto. Dizia que ela era dele, sendo que eles não tinham nada. Isso me irritava“. Mesmo com a diferença cultural e apesar de não conhecer kdramas até então, a série o tocou. “Fiquei frustrado, alegre e torci pelos mocinhos. Realmente embarquei na história.
“Tenho cada personagem como se fosse um filho meu, teve sim os mais marcantes, mas eu os amo por igual.” – Lucas Gama
Para o dono da voz de Seo Dae, Léo Joke Caldas, que dubla desde os 7 anos, não houve muita semelhança entre ele e o personagem, que é mais sério do que o dublador na vida real. Sua cena favorita está em um momento de descontrole de seu personagem durante um ataque à usina.
Léo Caldas, dublador do Seo Dae.
Não foi só a história que encantou o elenco. Léo Caldas sabia da força da cultura sul-coreana e do KPOP entre os jovens, mas só tinha contato com a Coréia do Sul por causa de um jogador de futebol da Copa do Mundo, Park Ji-Sung. Mesmo assim, ele ficou logo encantado pelas músicas. “Achei bem legal a série, é bem feita. Gostei das músicas. O pessoal do estúdio da BKS ficava ouvindo direto”, contou ele, que também dirigiu a série ao lado de Ramón Campos e Gabriel Noia. Como o público não era infantil, não houve a necessidade de fazer versões em português das canções.
“Gostei das músicas. O pessoal do estúdio da BKS ficava ouvindo direto” – Léo Caldas
Acostumados a dublar com base em áudios em inglês e espanhol, o idioma coreano foi uma dificuldade para todos. “Sofri muito para poder encaixar o português na boca (do personagem). Teve momentos que era impossível, mas conseguimos. O texto também é uma grande dificuldade, pelo fato de sempre faltar alguma palavra, às vezes o que o personagem fala se resume a uma única palavra do português ou o contrário”, contou Lucas, divertindo-se.
Outra dificuldade apontada pelo elenco foi a charmosa “cantadinha” que os coreanos dão no final das frases, que dificultam a entonação no português. E quanto aos termos hierárquicos coreanos? O dublador de Seo Dae explica que o trabalho de adaptação é feito em conjunto com os tradutores do roteiro, com quem os atores não têm um contato direto. A prioridade dos atores foi transmitir, em português, o que era pretendido nas cenas, não replicar as palavras em coreano. Por esse motivo, os termos foram adaptados ou excluídos.
Os personagens Seo Dae-young (esquerda) e Yoo Shin-jin (direita).
Não nos prendemos muito a isso ou não passaria a ideia de que estava sendo dublado. Fizemos uma versão brasileira de acordo com o diálogo deles, o mais próximo possível.” Léo revelou também que foram utilizadas gírias e referências à cultura brasileira para aproximar o público das piadas internas da série, para que o tom de humor da cena fosse preservado.
O processo de dublagem durou cerca de três meses, sendo concluído no final de janeiro. Dois dos episódios estão disponíveis no Centro Cultural Coreano no Brasil, localizado na Santa Cecília, em São Paulo. Para assistir, basta solicitar a um dos funcionários. A equipe do CCCB revelou também por que resolveu exibir o kdrama dublado: “No Brasil, nos canais abertos e pagos ainda há demanda muito grande pelos seriados dublados do que os legendados”.
Se é assim, como os fãs podem fazer para exigir mais conteúdo coreano em português no Brasil? Não adianta cobrar dos estúdios. É o cliente (no caso, a KBS), quem procura o estúdio e o estúdio repassa o trabalho aos dubladores. O diretor recomenda que os fãs procurem a produtora para solicitar que o material venha para o Brasil.
Soo Shi-jin e Kang Mo-yeon, o casal principal da trama.
Felizmente, o mercado está acordando. Novos kdramas estão sendo dublados e devem dar as caras em breve, mas não é possível obter muitas informações por enquanto por questões contratuais. Vamos ficar ligados!
Por Juliana Butolo
Não retirar sem os devidos créditos.

[QUIZ] Qual K-drama representou você em 2016?

Em 2016 o que não faltou foram doramas para rirmos, chorarmos, torcer pelo casal (ou não) e histórias maravilhosas. Com isso, a K-IN fez esse quiz para descobrirmos qual kdrama representou você em 2016! Divirta-se.

 

Por Helô Oliveira, Carol Akioka e Naira Nunes
Não retirar sem os devidos créditos