EXID

10 covers que adoramos ver no repeat!

Quando o assunto é música, muitas vezes nos esquecemos que os idols que tanto admiramos, também são admiradores de outras pessoas. Como a cultura do respeito a quem está há mais tempo na indústria é extremamente presente no K-pop, muitos grupos ou solistas acabam prestando suas homenagens a outros artistas através de covers, alguns tão bons que nos deixam completamente viciados. Por isso, separamos pra vocês 10 covers que adoramos ver no repeat! 

1. New Kidd – DNA (BTS)
O New Kidd vem ganhando cada vez mais fãs desde o início do seu projeto de debut, e eles também prestaram homenagens aos seus sunbaes do BTS. Os meninos fizeram um cover lindo da coreografia de “DNA”, deu até vontade de tentar também. Confira:
2.Blackpink – So Hot (Wonder Girls) 
Que o Blackpink não brinca em serviço todo mundo sabe, mas quando elas resolveram reviver um dos grandes hits do Wonder Girls na sua própria versão, não tinha como dar outra: o quarteto arrasou mais uma vez.
3. NOIR (Jinhyong e Siha) – Hooked (Why Don’t We) 
Os garotos do NOIR são muito fofos, mas também são incríveis quando o assunto são covers. O grupo coleciona registros seus interpretando músicas de outros artistas, mesmo aqueles que não cantam em coreano. É o caso deste cover que Junyong e Siha fizeram da música Hooked, do “Why Don’t We”. Lembrando que pra saber tudo sobre o NOIR é só dar uma passadinha matéria que a gente fez apresentando eles aqui.
4. Monsta X – Mirotic (TVXQ) 
O Monsta X já está de retorno marcado pro Brasil, e eles também estão entre os grupos que fizeram covers incríveis. O grupo sabe muito bem quando ser sexy, quando ser sério e quando ser fofo. Parte da versatilidade deles pode ser vista através deste cover das lendas do K-pop: TVXQ.
Confira o Monsta X detonando ao som de “Mirotic”:
5. H.B.Y (Taro e Jisan) – Perfect (Ed Sheeran) 
O H.B.Y (Hot Blood Youth) debutou em 2017, mas muita gente ainda não conhece ou não sabe o quão talentosos são os meninos. Tanto talento que pode ser visto nesse cover da música “Perfect”, do Ed Sheeran, feita pelos membros Taro e Jisan. Tudo na voz e violão, veja:
6. Red Velvet (Wendy) – Speak Now (Taylor Swift) 
Red Velvet vem se mostrando um dos grupos femininos mais consistentes dessa geração. O fandom do grupo cresce à medida que elas também expandem seus horizontes, como no caso de sua recente tour nos Estados Unidos. Mas antes de todo esse processo de dominação que nos faria se apaixonar pelas meninas, elas já começavam a conquistar corações de futuros fãs no pré debut. Como é o caso deste cover que Wendy fez da música “Speak Now”, originalmente de Taylor Swift, cerca de 5 meses antes do debut oficial do grupo.
7. BLACK6IX – Not Today (BTS) 
Quem não ama o BLACK6IX? Eles passaram por aqui no ano passado e todos já estamos morrendo de saudade. Próximo a chegada deles por aqui, o grupo chegou até mesmo a arriscar fazer um breve cover da música “Evidências” da dupla Chitãozinho e Xororó. Mas uma das apresentações marcantes do grupo em solo brasileiro aconteceu em Porto Alegre, quando o grupo fez o chão da capital gaúcha tremer ao som de “Not Today”, do BTS.
8. EXID – Abracadabra (Brown Eyed Girls) 
O EXID nasceu pro sucesso. O grupo interpreta o conceito sexy como ninguém e não deixa a desejar em nenhum aspecto quando o assunto é talento. Isso pode ser visto quando elas lidaram com a pressão que é fazer um cover de um dos grupos vocais mais reconhecidos da geração passada, interpretando um de seus maiores hits. Confira o cover de “Abracadabra”:
9. EXO (Chen, Chanyeol, D.O, Lay) – All My Loving (The Beatles) 
O EXO recebe muito amor dos fãs, mas também entrega muito amor nas performances. Não foi diferente quando os integrantes Chen, D.O, Chanyeol e Lay prestaram um tributo aos Beatles, uma das maiores bandas de todos os tempos, ao entregar a versão deles do hit “All My Loving”.
10. BTS (Jungkook) – Paper Hearts (Tori Kelly) 
O catálogo de covers do BTS é gigante, mas também infinitamente interessantes. Os membros colecionam versões marcantes das mais variadas canções e dos mais variados intérpretes. Foi em uma dessas empreitadas que Jungkook emprestou seu vocal calmo e amável pra trazer à tona um cover incrível da música “Paper Hearts”, original da cantora americana Tori Kelly.
BÔNUS: GOT7, Seventeen, G-Friend, Twice – JYP Medley 
No fim de 2016 os grupos GOT7, Seventeen, G-Friend e Twice se juntaram para performar um medley de músicas lançadas pela JYP Entertainment. O resultado não poderia ser outro: as meninas arrasaram ao dançar as músicas “24 Hours” (Sunmi) e “Tell Me” (Wonder Girls), enquanto na última parte da performance os garotos se juntaram a elas no palco para cantar Who’s Your Mama, do próprio JYP. O saldo final é de uma performance memorável!
E vocês? Quais covers não conseguem parar de ouvir? Conta pra gente.
Nos vemos na próxima lista!

Por Jô Mesquita
Não retirar sem os devidos créditos.

10 KPOP IDOLS que ARRASAM na COZINHA

Se nós somos o que comemos, bem que poderíamos ser uma acelga fermentada maravilhosa, ou o popular kimchi. Não precisa estar há muito tempo no KPOP para já ter ouvido falar da culinária coreana e ter babado horrores vendo os oppas, noonas e unnies comendo aqueles pratos coloridos e suculentos.

Aproveitando a semana em que o evento de Culinária Coreana acontece em São Paulo, entre os dias 15 e 16 de setembro, listamos para vocês alguns kpop idols que são tão talentosos na cozinha quanto nos palcos.

VEJA TAMBÉM: Masterchef coreano? Participe do 1º CONCURSO DE GASTRONOMIA COREANA!

 

Fei – Miss A

Fei é a kpop idol-chef mais reconhecida na indústria e uma das que mais dominam a arte culinária entre todos dessa lista. Ela foi a ganhadora do 1º lugar no MasterChef Korea: Celebrity (uma versão do MasterChef, voltado para celebridades). Fei já apareceu em vários programas de culinária e sua comida é elogiada por muitos chefs coreanos renomados.

 

Jin – BTS

Um dos talentos do Seokjin, do BTS, muito conhecido entre as armys é: cozinhar bem. Ele é um dos responsáveis pela alimentação no dormitório. Desde o debut do grupo, o mais velho entre os sete, também transmite o momento das refeições online, no quadro “Eat Jin”, que era publicado no canal BANGTANTV e agora no VLIVE do grupo. Ele gosta de compartilhar com suas fãs um dos melhores momentos do dia: a hora de comer! Como se não bastasse, o Jin ainda mantinha um diário de receita com as armys! (Pena que ultimamente ele anda tendo muito tempo). O k-idol também já participou de alguns programas coreanos onde mostrou seus dotes culinários.

 

O video é antigo, mas nada como ver essa união do BTS desde o debut.

 

Taeyang – BIGBANG

O vocalista principal do BIGBANG está nessa lista por ter mencionado várias vezes sua paixão pela cozinha. Inclusive em sua participação no programa I Live Alone, ele chegou a mostrar seus dotes. Na verdade, ele prefere comer a cozinhar, mas por gostar de comidas boas, ele aprendeu a cozinhar – já que os outros membros do BIGBANG não são lá muito bons na cozinha, tanto quanto no palco. Uma curiosidade, nós, pobres mortais, somos viciados em séries, já o Taeyang é viciado em programas de culinária. Prioridades né mores?

 

Wendy – RED VELVET

Para os reveluvs, fãs do Red Velvet, não deve ser nenhuma novidade, mas talvez nem todos saibam do talento da Wendy na cozinha. Acredito que a Wendy não poderia estar num grupo com nome melhor que o de um bolo, uma das especialidades dela. Ela adora fazer guloseimas para seus amigos. Wendy é conhecida por frequentemente fazer “mimos” para seus staffs e gerentes que trabalham com ela e o grupo.

 

Key – SHINee

Key, apesar de se virar muito que bem na cozinha, não mostra tanto esse seu talento. Entretanto, já participou de alguns programas em que pôde exibir um pouquinho desse seu lado. Um bom exemplo foi sua participação no programa “Made to Order“, onde ele mostrou suas habilidades e técnicas culinárias fazendo uma caixa de bentô, uma marmita japonesa tradicional.

 

Yook Sungjae – BTOB

Além de cantar, dançar e atuar muito bem, o Sungjae também coloca vários homens no chinelo com suas habilidades na cozinha. A prova do talento dele e do sabor do “tômpero”, como diz o chef do Jaquin do MasterChef Brasil, é que ele conseguiu o 3º lugar no programa culinário Idol Chef King.

 

Hyerin – EXID

Hyerin é a integrante que melhor cozinha entre as cinco do grupo. Ela inclusive participou do programa Idol Chef King, junto com a Solji, e mostrou uma diversidade de pratos coreanos típicos que sabe fazer.

 

MinGyu – SEVENTEEN

Durante o programa “Seventeen’s One Fine Day“, Mingyu mostrou a todos que sabe bem o que fazer na cozinha. Ele cozinhou galinha fresca, cortou, limpou e preparou peixe, fez arroz, jjajang e tantas outras coisas que acabou ganhando o apelido de “MingJooBoo”, ou Dona de Casa Ming.

 

Henry Lau – ex- Super Junior

Como se não bastasse o Henry tocar piano, violino, cantar e dançar muito bem, ele ainda é aprendiz de um famoso chef coreano. Quem diria que o papel em um filme iria despertar nele a paixão por cozinhar? Sim! Ele começou a receber aulas de gastronomia por causa de um papel em um filme, mas acabou se apaixonando pela arte da cozinha. E nós? babamos, claro.

 

YoonA – SNSD

Além de visual na nação, YoonA é a integrante que mais se interessa por cozinhar entre todas do Girls ‘Generation. Mesmo que seja só um hobbie, a YoonA tem postura igual a de uma chef num programa profissional de culinária no vídeo abaixo. Rainha versátil, né mores?

 

Você também pode mostrar seus talentos na cozinha e ainda ganhar uma viagem pra Coreia! O 1º Concurso de Gastronomia Coreana é realizado pelo Centro Cultural Coreano de São Paulo entre os dias 15 e 16 de setembro e é voltado tanto para amadores quanto para profissionais, com direito à premiação! Corre para fazer sua inscrição, porque vai até dia 11 de setembro. Clica aqui para regulamento e inscrição: http://revistakoreain.com.br/2018/08/masterchef-coreano-participe-do-1o-concurso-de-gastronomia-coreana/

 

SERVIÇO

Data: 15 e 16 de setembro
Local: Expo Center Norte (Pavilhão Amarelo) – R. José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme.
Horário: A definir.
Realização: Centro Cultural Coreano no Brasil – Alameda Barros, 192, Santa Cecília, SP, Brasil

Mais informações: Tel (11) 2893-1098 / programas@kccbrasil.com

 

Izabely Albuquerque
Não retirar sem os devidos créditos.

15 Kpop Idols que tocam piano e você precisa ouvir agora

O piano é um dos instrumentos mais conhecidos e populares do mundo. Porém, ele não é usado somente na música erudita. Transitando entre as complexas composições das partituras e no auxílio na produção de música de todos os ritmos, o piano é, mais do que nunca, um instrumento atemporal e contemporâneo.

No próximo dia 23 de agosto, no 13° Dia da Cultura Coreana, o Centro Cultural em parceria com a Prefeitura de São Paulo, Secretaria Municipal da Cultura, e a Fundação Theatro Municipal, trazem um encontro musical, que mesclará os sons do piano com o instrumento tradicional coreano GAYAGEUM. Mais informações sobre o evento você vê no final da lista.

 

VEJA TAMBÉM: 13º Dia da Cultura Coreana promove encontro musical entre piano e o tradicional gayageum

É muito comum que pessoas que trabalhem produzindo músicas e cantores, toquem piano pela grande versatilidade do instrumento no auxílio da harmonização das melodias durante o processo de criação. E não é por isso que nossos queridinhos kidols também não praticam o instrumento “apenas” como treino, muitos deles levam o aprendizado no piano à sério e são muito bons tocando mais do que o “terror” em nossos corações, haha.

Infelizmente não é todo dia que vemos nossos ídolos coreanos favoritos dedilhando as teclas pretas e brancas, por isso selecionamos 15 idols talentosíssimos para lembrar como eles esbanjam talento e beleza enquanto tocam piano.

 

1: Cathy – DIA

 

 

2: Chanyeol – EXO

 

 

3: Dahyun – TWICE

 

4: Haseul – LOONA

 

5: Henry Lau

 

6: Jae – DAY6

 

7: Junghwa – EXID

 

8: Junsu – JYJ

 

9: Leo – VIXX

 

10: Minhyun – NU’EST/Wanna One

 

11: Seohyun – Girls Generation

 

12: Suga – BTS

 

13: Taemin – SHINee

 

14: Taeyang – BIGBANG

 

15: Youngjae – GOT7

 

Serviço:

Encontro de Música: Gayageum e Piano.
Data: Quinta-feira, 23/08/18, 19:30
Local: Sala do Conservatório l Praça das Artes Rua Conselheiro Crispiniano, 378, Centro (acesso a veículos) / Avenida São João, 281, Centro (acesso de pedestres).
Entrada: Evento GRATUITO com vagas LIMITADAS (para se inscrever acesse o link < https://www.eventbrite.com.br/e/13o-dia-da-cultura-coreana-encontro-de-musica-gayageum-e-piano-tickets-49062390932)

 

Por Izabely Albuquerque
Não retirar sem os devidos créditos

KCON MÉXICO: TUDO SOBRE A CONVENÇÃO DO ANO!

A KCON MÉXICO levou 33.000 fãs em seu primeiro ‘All Things Hallyu’ de 2017, o primeiro na América Latina!

A maior convenção sobre a cultura coreana no mundo foi realizada nos dias 17 e 18 de Março na Arena Cidade do México. Apresentando performances musicais das estrelas do K-pop: Astro, BTS, Eric Nam, EXID, Infinite H, Monsta X, NCT 127 e Red Velvet.

No mais, o evento teve uma espetacular convenção gratuita com atividade especiais, palestras conduzidas por influenciadores, vendedores e debates.

 

CONVENÇÃO KCON MÉXICO

O telhado da Arena Cidade do México serviu para criar a convenção onde grandes marcas se reuniram, famosos youtubers e vloggers puderam se encontrar com seus fãs e também para painéis de discussão e palestras geridas por profissionais em diferentes assuntos como k-dramas, idioma e outros.

Os influenciadores de toda a América Latina: JRE, JunCurryAhn, Kenro, Nale (Latina Saram), Tania (Hablemos de Doramas), Akari Beauty, luis Arredondo, Fabbi Lee, Hyo, Double Trouble in Corea, Jini y Raiza, entre outros; foram os condutores e participantes de debates e painéis especiais. Todos estes espaços convidaram o público a ingressar na cultura coreana.

RED CARPET: PREVIA DO M!COUNTDOWN

A organização e o tempo foram peças fundamentais para todos os meios que estavam presentes para receber os ídolos e poder ouvi-los por alguns minutos antes do concerto. A experiência foi compartilha com alguns fãs sortudos que tiveram a oportunidade de assistir o red carpet. Puderam ver seus ídolos muito de perto.

Todos os convidados puderam ser brevemente entrevistados conforme paravam para as fotos no tapete vermelho.

Os primeiros a entrar no local foram os garotos do BTS, seguidos pelo solista Eric Nam, que se animou em falar espanhol. As garotas do EXID vieram logo após, seguidas pelos rookies do NCT127.

 

 

Foi realmente difícil escutar as entrevistas, devido aos gritos ensurdecedores dos fãs emocionados. O carisma dos artistas coreanos surpreendeu a todos, fãs e imprensa.

Durante o segundo dia foi seguida a mesma dinâmica, mas desta vez o Red Carpet foi “aberto” pelo adoráveis garotos do ASTRO. Logo Monsta X desfilou com sua sensualidade e elegância. As garotas do RED VELVET encantaram a todos com todo o carisma e ternura, enquanto o Infinite H encerrou o red carpet.

 

CONCERTOS DO M!COUNTDOWN ESPECIAL

Desde muito cedo se podia ver os fãs formando filas para entrar no local do show, afim de ter a melhor experiência do M!Countdown e viver um concerto como aos que acontecem somente na Coreia do Sul. A Arena Cidade do México se estremeceu com os gritos dos fãs presentes, que cantaram em coro e até mesmo dançaram as diferentes coreografias de seus ídolos favoritos.
Dia 1: BTS, EXID, Eric Nam e NCT 127

BTS iniciou o dia, já que precisavam ir embora cedo por conta dos shows que ainda aconteceriam no Brasil. O grupo mais popular da atualidade performou “Not Today”, “Spring Day”, “Save Me”, “Blood, Sweat & Tears” e encerrou com “Fire”.
Hani interpretou em espanho o famoso dueto dos irmão Jesse & Joy, “Ecos de Amor”. ASTRO surpreendeu e fez todos dançarem com a tradicional “La Bamba” em versão rock.

Eric Nam foi o apresentador do primeiro dia, e também cantou “Can’t Help Myself” com participação de TaeYong (NCT 127), “Oh ooh” e encerrou com “Into You”.

EXID veio ao palco para performar seus grandes hits “LIE”, “HOT PINK”, “Ah Yeah”, “Every night” e “Up&Down”. Todos dançaram suas coreografias e demonstraram muito amor por elas.
NCT 127 enlouqueceu o público quando começou a apresentar “Fire Truck”, “Without You”, “Mad City” e “Good Thing”. Para encerrar, cantaram a música brasileira “Ai Se eu te pego”, de Michel Teló e fizeram um cover de “Sorry Sorry” do Super Junior.

 

Veja mais sobre o dia 1 da KCON México

 

Dia 2: ASTRO, MONSTA X, Red Velvet e Infinite H

Iniciamos o dia com a participação de JunCurryAhn, tocando seu violino de maneira mágica com os temas “Beautigul” e “Spring Day”. Todos ficaram em silêncio profundo, transformando o local com sentimentos nostalgicos e a tentativa de grava na memória cada nota de sua interpretação. Infinite H encerraram o dia com aquela sensação de “bad boys”.

E assim, pouco a pouco, a KCON se encheu de emoção ao escutar o ASTRO, pelo qual todos se apaixonaram pelo carisma. Monsta X cativou o público com sua sensualidade única. RED VELVET nos ensinou que não existe ninguém no mundo com tamanho talento e beleza.

Veja mais sobre o dia 2 da KCON México

 

Por mais KCON na América Latina!

Sem dúvida foi um grande espetáculo que conectou os fãs e ídolos numa só frequência, fazendo todos gritarem, dançarem, chorarem e sobre tudo ver que além de ídolos, cada artista é alguém que seguiu seus sonhos e nos presenteou com um pouco de seu talento.
Torcemos para que outros países tenham a chance de receber uma KCON, inclusive o Brasil.

Enviados Especiais: Wii Sama (reporter) e Emily Leal (fotografia) para XiahPop
Veja a matéria original da integra.
Não traduzir sem permissão.
Não retirar sem os devidos créditos
Tradução por Naira Nunes

Proibido editar as imagens ou retirar as logos

[PLAYLIST] Especial Dia Internacional da Mulher – Clipes ao melhor estilo GirlPower

O empoderamento está na mídia coreana, e sim meus caros, no nosso amado K-pop. Mas ao contrário do que pensam, não é de hoje que mulheres incríveis povoam nosso K-pop. Elas vieram como um furacão, são rainhas, quisá presidentes; são garotas más ou garotas boas, elas não precisam de homens e elas são as melhores!

Então não suma e levante-se para conferir nossa lista das poderosas girlbands e suas músicas para te inspirar neste dia. Already Go Lady!

Texto: Amanda Soares
Seleção da Playlist: Equipe KoreaIN
Não retirar sem devidos créditos

Por onde andam? O destino de ex-integrantes de 5 grupos famosos do Kpop! – Parte 1

Quem nunca se perguntou “por onde anda aquela pessoa que eu costumava ver aqui e ali”? Pois é, e quando os grupos femininos e masculinos que tanto amamos sofrem com alguma perda de integrante ou até mesmo um disband, a falta de notícias torna esta pergunta cada vez mais frequente. Por isso a gente traz pra você o destino de alguns ex-integrantes de 5 grupos que são figurinhas carimbadas no cenário do kpop.

 

Seo Taiji and Boys (Seo Taiji, Yang Hyun-suk, Lee Juno)

seo-taiji-yg-juno
Yang Hyun-suk (à esquerda), Seo TaiJi (centro), Lee Juno (à direita).

Voltando aos anos 90, época de origens pro kpop, um grupo masculino debutava e marcava seu nome na história da música coreana: Seo Taiji and Boys causou um rebuliço na indústria e eles são lembrados até hoje por sua contribuição ao gênero. Apesar do fim do grupo em 96, os membros continuaram sua caminhada na indústria musical. O próprio Seo Taiji continuou seguindo solo e lançou uma série de álbuns bem recebidos pelo público, além de estar no seu segundo casamento, morando em Pyeonchang-dong, com sua esposa e filha. Lee Juno seguiu como produtor, ator e cantor, também mais tarde se casando. Recentemente, Lee Juno também foi denunciado por assédio, e atualmente continua seguindo com suas atividades no meio musical.

Por fim, aquele que é provavelmente o mais conhecido do grupo entre os fãs de kpop em geral, Yang Hyun Suk também resolveu continuar na indústria montando sua própria agência. Ainda no fim dos anos 90, Yang Hyun Suk montou a hoje bem-sucedida YG Entertaiment e atualmente reveza suas atividades entre a produção para seus artistas, investimentos e a gestão daquela que é considerada uma das três maiores agências de entretenimento da Coreia do Sul. Hyun Suk, que também já é casado com Lee Eun Joo, já é pai de dois filhos.

 

Wonder Girls (Sunye, Sohee, Hyuna)

wondergirls

Apesar das recentes notícias de disband, todos sabem que as Wonder Girls construíram uma carreira de sucesso e também passaram por algumas mudanças antes do seu line-up final. Sunye, que era a líder e fez parte do grupo até o ano de 2014, deixou o grupo para se dedicar à sua vida pessoal e seus trabalhos filantrópicos e missionários. Pouco tempo após deixar o grupo, foi anunciado que Sunye se casaria com seu namorado, o canadense-coreano James Park. Atualmente, Sunye já é mãe de duas lindas filhas, Eun-yoo e Ha-jin (ou Elisha) e, após já ter declarado em algumas aparições que não pretende voltar à indústria do entretenimento, ela continua a cuidar de sua família e se dedicar a continuidade de seu trabalho missionário.

Sohee, integrante responsável por eternizar o famoso “Omona!” junto ao grupo durante as promoções de “Tell Me”, deixou o Wonder Girls no ano de 2013 e desde então tem se focado em seu trabalho de modelo e atriz. Sohee já fez trabalhos para uma série de revistas de conhecidas nacionalmente como CeCi, Dazed & Confused e W Korea e além disso atuou em filmes recentes como o bem recebido Train To Busan (Invasão Zumbi). Hoje em dia Sohee mantém um contrato com a agência KeyEast e mantém foco na atuação em filmes e dramas.

Muitos ainda não sabem que a ex-integrante do 4Minute, Hyuna Kim, também já fez parte do Wonder Girls na época do debut. Hyuna é uma das mais conhecidas ex-membros do grupo e por conta de alguns problemas de saúde e reivindicações preocupadas de seus pais, deixou o grupo pouco tempo após o debut, sendo que no ano de 2009 ela retornou ao mundo do entretenimento, só que dessa vez junto ao 4Minute. Como muitos já sabem, Hyuna mantém uma carreira solo de sucesso desde 2010, que segue bem viva até o momento. Após o recente fim de ambos os grupos, Hyuna continua a trabalhar com seus lançamentos solo e inclusive atuou em toda a produção do comeback de suas companheiras de agência, CLC, com sua nova música “Hobgoblin”.

 

Kara (Sung-hee, Nicole, Jiyoung)

kara

Mesmo a DSP nunca tendo usado o termo “disband” para se referir à situação final de Kara, a agência confirmou que Gyuri, Hara e Seungyeon já não fazem mais parte de seu catálogo de artistas e que as mesmas procuram novas agências. Mas, antes de tudo isso, em 2008, quando o grupo começava a sua escalada rumo ao sucesso um ano após o debut, a integrante Kim Sung-hee anunciou que deixaria o grupo por conta da pressão de seus pais relacionada a sua participação no grupo e com as consequências que a rotina do grupo estavam causando em seu desempenho escolar (a saída de Sung-hee ocasionou, mais tarde, a entrada de Hara e Jiyoung no grupo). Apesar de ter se afastado dos holofotes, Seung-hee ainda participou como cantora em algumas trilhas sonoras e fez algumas participações em programas de TV. Em 2011, foi noticiado que Seung-hee se casaria com seu namorado Yang Won Joon, filho do dublador Yang Ji Woon. Atualmente, Seung-hee trabalha como instrutura de canto para iniciantes.

Nicole, que havia permanecido com o grupo desde o debut, revelou sua saída do grupo no início de 2014, seguindo o fim do seu contrato, seguida dois dias depois pelo anúncio de Jiyoung, que também deixaria o grupo após o fim de seu contrato no mês de abril. Após a saída do grupo, Nicole viajou para os Estados Unidos com o intuito de melhorar suas habilidades em dança e canto, e se preparar para um possível debut solo. Ainda no mesmo ano, Nicole confirmou os rumores de seu debut solo ao assinar com a B2M Entertaiment e lançar seu primeiro mini-álbum em seguida. No ano seguinte, Nicole realizou seu debut solo no Japão e promoveu seu primeiro álbum japonês. Nicole continua a se dedicar às atividades solo e constantemente atualiza seus fãs com fotos e vídeo de prática de dança em suas redes sociais.

Jiyoung, por sua vez, já iniciou suas atividades individuais em solo japonês, assinando com a agência Sweet Power, tendo lançado um EP, bem como alguns single, e já trabalhado em alguns filmes. Dentre os trabalhos mais recentes dela está a personagem Irina Jelavic, na adaptação em live action do anime Assassination Classroom.

 

After School (Bekah, Kahi, Jungah)

after-school

Já faz algum tempo desde que ouvimos notícias do próprio After School em si, mas algum tempo atrás, quando o grupo desfrutava um pouco mais de atenção da mídia, em 2011, Bekah se graduava do grupo para buscar novos horizontes. A até então membro do grupo deixou o After School para se dedicar à sua formação em design, carreira que percorre até os dias de hoje. Algum tempo depois, inclusive, Bekah participou da edição de 2013 da KCON, onde confraternizou com fãs e deu entrevistas. Na ocasião, Bekah falou sobre seus dias de estrela do kpop e deixou claro que para seguir este caminho, é necessária muita dedicação, emprenho e que nada é fácil, além de ser extremamente cansativo e desgastante, apesar de que ela também acredita que se for um sonho, você deve persegui-lo.

Kahi e Bekach
Kahi e Bekah

Kahi, ex-líder do grupo, também anunciou sua saída no ano de 2012 para dar continuidade a sua carreira solo. Kahi lançou seu segundo mini-álbum em 2013 e nos meses que se seguiram se dedicou a algumas atividades individuais e em 2016 foi destaque na TV novamente ao ser uma das treinadoras do programa hit “Produce 101”. No mesmo ano, Kahi também anunciou o casamento com o empresário Yang Jun-mu, bem como a gravidez de seu primeiro filho, que nasceu em outubro. No último ano, também, Jungah divulgou sua saída do After School. Ela, que ficou com a posição de líder após a saída de Kahi, contou com o fim de seu contrato com a Pledis, graduando-se do time. Apesar de a saída de Jungah ser ainda bem recente, alguns fãs demonstram apreensão, principalmente após um post em que Jungah estaria preocupada em como ganhar a vida após a saída do grupo. Atualmente Jungah se dedica a manter sua loja de roupas com vendas online, a The Jung, que havia sido aberta ainda em 2015.

 

EXID (Yuji, Dami, Haeryeong)

exid

Antes da explosão de popularidade do EXID em 2014, o grupo passou por algumas dificuldades ao ter algumas mudanças em sua formação original. As integrantes Yuji, Dami e Haeryeong acabaram por deixar o EXID pouco mais de um mês após o debut. No fim, Hyelim e a até então treinadora vocal das garotas, Solji, entraram no grupo.

Não tão incomum no cenário musical coreano mas ainda um pouco surpreendente, após a saída as três ex-membros do EXID foram contratadas pela YNB Entertainment e juntamente a trainee Dahye e debutaram como o grupo Bestie. Apesar de sempre existirem uma série de comentários maliciosos, as integrantes de ambos os grupos sempre deixam bem claro que sempre torcem muito umas pelas outras e que não existe hostilidade nenhuma em suas relações, já que a maior parte de todas elas treinou em conjunto, não apenas na época de pré-debut do EXID como também ainda antes, quando foram trainees da JYP Entertainment.

 

É claro que existem uma série de outras personalidades de grupos famosos que nos deixam com vontade de saber como eles estão depois de deixarem um grupo ou passarem por um disband, mas esta oportunidade fica para próximos posts. Mas, no final das contas, é bom ver que parte dos artistas que nós acompanhamos com tanto amor ou que conhecemos há algum tempo estão trilhando seus próprios caminhos e seguindo com suas vidas, afinal de contas nenhum ciclo termina sem o início de outro. No fim não há fim, só um novo começo. Até a próxima!

 

Por Jô Mesquista
Fontes: Billboard, YG Family, AllKpop, Soompi, Kpopstarz
Não retirar sem devidos créditos

Quem são os grupos que fazem 5 e 10 anos de carreira em 2017?

Todos os anos os grupos de K-pop comemoram aniversário do início de suas carreiras, celebrando mais um ano completado com sucesso entre infelizes ocasionais disbands. Por isso, existem alguns números mágicos que mostram o sucesso do grupo em continuar na ativa fazendo músicas, alegrando aos fãs e a eles próprios por continuarem a fazer o que sonhavam. Uma dessas marcas é a dos 5 anos, quando o grupo já deixa de ser rookie completamente e pode comemorar a meia década de existência. A outra marca é a de 10 anos, quando celebram de fato uma década de atividades, estabelecendo-se por completo. Claro que isso, infelizmente, não deixa o grupo invulnerável a um disband, mas ao menos é mais certeza de que o seu nome entrará para a história.

Por isso, vamos celebrar aqueles grupos que debutaram em 2012 e 2007, listando alguns desses grupos que ainda estão na ativa para chegar em um destes marcos esse ano

2007

O ano de 2007 foi único para a primeira geração de K-pop, não só pelas músicas, mas também pela forma como os grupos que surgiram fizeram história nos anos seguintes. Não só é garantido que todo kpopper conheça pelo menos um grupo que tenha debutado nesse ano, como existem debuts que foram hits a ponto de até hoje serem tocados nas playlists. Outra coisa incrível é que, embora na época menos grupos fossem criados, houveram apenas 8 debuts e eles continuam com força até hoje, tendo apenas 3 disbandados nesse meio tempo: o trio misto 8Eight, que acabou em 2014, com o fim do contrato dos integrantes com a BigHit Entertainment, o KARA, que sofreu o chocante disband no ano passado e recentemente o Wonder Girls, que anunciou sua despedida para o mês de fevereiro.

 

Wonder Girls

Nada como começar uma pequena volta pelo tempo com o grupo conhecido pelos seus conceitos de músicas que remetem aos anos 60, 70 e 80. O grupo debutou já nesse conceito com Irony, e  se destacou no primeiro comeback, quando Tell me afetou a Coreia profundamente, se tornando altamente conhecida pelos coreanos, inclusive com uma coreografia viral repetida por várias pessoas na TV e em vídeos do Youtube (Você deve conhecer o: OMONA!). Originalmente formado por SoHee, HyunA, YeEun, SunYe e SunMi, o grupo teve algumas mudanças em suas integrantes ao longo dos anos. Logo depois do debut, Hyuna saiu a pedido de seus pais preocupados com a sua saúde e foi substituída pela rapper Yubin. Em 2010, Sunmi decidiu sair para seguir sua carreira acadêmica, entrando Hyerim em seu lugar. Entre 2012 e 2013, duas outras integrantes saíram: Sunye, para se casar e trabalhar como missionária com seu marido, e Sohee, que assinou com a Big Hit para focar na carreira de atriz. Na mesma época, foi anunciado o retorno de Sunmi ao grupo, deixando com 4 integrantes. Com as mudanças, veio uma restruturação do grupo, que deixou de ser um girlgroup focado apenas em dança para serem uma banda com as integrantes tocando instrumentos. Lançaram o álbum Reboot com a música título I Feel You, que manteve as raízes do grupo no estilo saudosista. A música mais recente é de julho de 2016, Why So Lonely.
Infelizmente, para o kpop, e felizmente para o desejo pessoal das garotas, o grupo anunciou o fim de suas atividades como Wonder Girls em janeiro.

F.T Island

A banda da ilha dos cinco tesouros, ou melhor, F.T. Island (sigla para Five Treasure Island) é o grupo mais antigo da FNC Entertainment, empresa que surgiu não muito antes do próprio grupo. Mesmo sendo de uma agência nova, F.T. Island debutou com um sucesso: Love Sick ficou no topo dos charts coreanos por 8 semanas consecutivas. No ano seguinte ao debut, o guitarrista Oh Won Bin saiu do grupo e foi substituído por Song Seung-hyun. Mas depois disso, o grupo não teve mudanças e continua com essa formação até hoje. F.T. Island tem sucessos na Coreia e no Japão, onde já fizeram até colaboração com o vocalista do One Ok Rock, Takahiro Moriuchi, na música Primavera (sim, isso não foi traduzido, na explicação original, o nome tem origem do latim, mas a escrita e o significado são os mesmos da palavra em português). A discografia da banda é extensa. Já são 15 álbuns completos, 8 mini-álbuns e vários singles e OSTs em coreano e em japonês. O comeback mais recente na Coreia foi o rock Take Me Now, que ficou em 5º no chart da Billboard de álbuns mundiais, a melhor posição do grupo.

Girls’ Generation

Girls’ Generation, Sonyeo Sidae, GG, SNSD. São vários nomes e apelidos para esse grupo que ficou conhecido como um dos girlsgroups da nação. O debut, com Into the new world, virou um clássico do K-pop, mas nem tão instantaneamente. Foi com o sucesso do grupo nos anos seguintes que as músicas anteriores voltaram à tona, sendo hoje muito praticadas e repetidas por grupos rookies. O sucesso de Girls’ Generation veio dois anos depois, com a icônica Gee, nomeada pela Melon como a música mais popular de toda a década dos anos 2000. Em abril de 2015, o grupo virou o primeiro girlgroup do mundo a ter 4 MVs com mais de 100 milhões de visualizações no Youtube, com Gee, The Boys, I Got A Boy e Mr. Taxi, sendo que no ano seguinte Oh! também chegou a essa marca. E esse é apenas 1 dos vários recordes que o grupo colecionou ao longo da década. Mesmo com a polêmica saída da Jessica em 2014, isso não afetou negativamente nem o grupo e nem a Jessica, que pôde fazer seu debut solo e com sucesso. SNSD mantém seu status que não é abalado mesmo com o crescimento da popularidade de girlgroups mais jovens.

SunnyHill

Surgindo no cenário do K-Pop como um grupo misto, com 3 garotas (Jubi e Seungah) e 1 garoto (Janghyun), SunnyHill mostrou que é possível fazer sucesso com um grupo misto, depois que seu álbum de debut Love Letter, com faixa título Ring Back Tone, ganhou prêmio de Excelente álbum de um novato. Logo depois do primeiro comeback, 2008 My Summer, o grupo passou por um período de hiatus sem novos comebacks, fazendo apenas OSTs. Depois disso, anunciaram a troca de empresa, da For Everyone Media para a Nega Network, e junto a entrada de uma nova integrante, Kota. Logo depois o quarteto teve seu primeiro trabalho fazendo uma participação na música solo da Narsha, Mamma Mia e em seguida a entrada de mais uma integrante, Misung. A primeira música do SunnyHill como um quinteto foi Pit-A-Pat, OST do drama The Greatest Love, que foi bem nos charts coreanos e ficou conhecida. Depois disso eles trocaram de empresa mais uma vez, para a LOEN Entertainment, onde lançaram sucessos como Midnight Circus, Pray e The Grasshoppers. Em 2012, Janghyun anunciou seu alistamente obrigatório, e ficou de fora das promoções do grupo, que passou a promover como um quarteto girlgroup. Após sua volta, ele participou do comeback Don’t Say Anything, mas logo em seguida saiu oficialmente para seguir a carreira de produtor e o SunnyHill continuou a promover como um girlgroup de fato, ao invés de grupo misto. A música mais recente delas é de agosto do ano passado, On the Way Home.

Supernova

O boygroup de 6 integrantes formado pela MNET Media debutou em setembro de 2007 com o álbum The Beautiful Stardust, com a música título Hit. Ao longo da carreira eles fizeram parcerias, como a com as integrantes do T-ARA na música épica T.T.L (Time To Love), e também tiveram individualmente singles solos e papeis de atuação em dramas e sitcoms. Como um grupo musical, eles continuam lançando músicas novas, embora a carreira do grupo tenha sido construída principalmente em músicas japonesas, onde já lançaram 7 álbuns originais e 6 álbuns de compilação de melhores músicas, sendo o mais recente do ano passado. Em maio de 2016 os 4 integrantes mais novos do grupo se alistaram no serviço militar obrigatório. E, enquanto isso, os dois mais velhos que já cumpriram seu tempo no exército vão lançar um mini álbum agora no início do ano.

Tritops

O boygroup surgiu com 3 integrantes, Hyungmoon, Yoojoon e Ilgoon, pela Joo Paramount Media. O debut foi com a música Green Frog (ou Tree Frog), do álbum Boorish Love. O trio também sofreu diversas mudanças de agência. Primeiro eles trocaram, em 2009, para a DoReMi Media, onde Ilgoon logo saiu para virar cantor solo, apesar que, mesmo ainda no grupo, os outros dois também tiveram carreiras solos com lançamento de músicas e atuações em dramas. Os demais continuaram como duo até que adicionaram um novo integrante, Woogoon. Em 2012, em outro mudança, foram para a Simtong Entertainment e no ano seguinte Ilgoon retornou ao grupo, formando agora um quarteto. E em 2014 eles trocaram de novo para a Van Leader Entertainment, onde continuam como um boygroup de 4 integrantes. Mais recentemente o grupo tem conseguido mais destaque devido a grande capacidade vocal de seus integrantes. O último comeback deles, de 2015, foi Sorry that I’m ugly.

 

2012

O ano de 2012 já mostrou um aumento significativo de grupos a terem debutado, se comparado a 5 anos antes. Foram 35 debuts naquele ano e, para a alegria dos fãs, também são muitos que continuam ativos, sendo 12 disbands e 23 grupos ainda promovendo e fazendo novas músicas.

24K

Já conhecidos dos kpoppers brasileiros depois da turnê deles por aqui no final do ano passado, o 24k debutou pela Choeun Entertainment com o mini-álbum e single Hurry Up no dia 6 de setembro de 2012. As músicas do grupo tem costume de incorporar vários estilos ao seu som, como dubstep, música eletrônica e trance. É também característica comum de várias de suas faixar serem músicas animadas e bem energéticas.

AOA

As Ace Of Angels começaram com um grupo de 8 integrantes que promoveria ao mesmo como girlgroup com as coreografias e como banda, com parte das integrantes tocando instrumentos, sendo uma delas, a Youkyung, tendo o apelido de “half-angel” porque ela não cantava, mas tocava bateria na sub unit das participantes da banda, o AOA Black. Desde o ano passado ela saiu oficialmente do AOA depois do fim do seu contrato, mas foi anunciado que ela poderia voltar em atividades futuras do AOA Black temporariamente. As outras 7 integrantes, consideradas pelo conceito de anjos como “anjos completos”, possuíam nomes de sua “indentidade de anjos”. Seolhyun é Seolhyunari, Choa é Choaya, Hyejeong é Hyejeong.Linus, Chanmi é Chanmi Titi, Yuna é Yunaria, Mina e Minaring e Jimin era Jiminiel. Seguindo esse conceito de debut, a primeira música delas foi Elvis, com a “queda” delas para poderem cantar no nosso mundo.

B.A.P

O grupo conhecido por ter uma imagem “selvagem” e músicas cheias de adrenalina, que contrastam de vez em quando com singles de cute concept para confundir qualquer um, B.A.P é outro que surgiu com um conceito único de grupo. Já no pré-debut eles lançaram um reality do grupo mostrando a história que os 6 integrantes, Youngguk, Youngjae, Daehyun, Himchan, Jongup e Zelo, seriam alienígenas que vieram para a Terra para salvar seu planeta natal, o Planeta Mato. Não a toa, os dois primeiros singles do grupo usam essa ideia de guerreiros de outro mundo em Warrior e Power, e cada um ainda possui um “Matoki”, um coelho de mascote que reflete a personalidade de cada integrante. Em 2014, o grupo se juntou para processar sua agência, TS Entertainment, por condições injustas de distribuição de lucro do seu trabalho. Depois de quase um ano de discussões, as duas partes entraram em um acordo e o B.A.P continuou na TS Ent, e não muito depois tiveram seu comeback com Young, Wild & Free.

EXID

EXID foi um grupo montado pelo produtor musical Shinsadong Tiger na AB Entertainment, sendo a maioria antigas trainees da JYP, com uma formação diferente da qual o grupo ficou conhecido. O grupo se formou primeiro através da Yuji, que chamou outras 3 antigas colegas trainees da JYP, Hani, Haeryeong e Junghwa para a AB. O Shinsagond Tiger ainda recrutou a rapper underground e compositora Elly, ou LE, como agora é conhecida, e juntou com a já trainee da empresa Dami. As 6 debutaram com o single Whoz that girl, mas não muito tempo depois Yuji, Dami e Haeryeong saíram do grupo e da empresa, cada uma com um motivo, e acabaram debutando novamente pela YNB Entertainment no BESTie no ano seguinte. Com a saída das três, a empresa adicionou duas novas integrantes, Solji, que era treinadora vocal, e Hyelin, que havia sido considerada pro grupo mas não entrou na linha original do grupo. Já com o novo quinteto, elas lançaram I Feel Good. O grupo passou por problemas por não conseguir o sucesso sonhado refletido no nome do grupo, “EXceed In Dreaming”, e corriam o risco do disband, que conseguiram escapar graçar a viralização de uma fancam da Hani durante uma performace de Up & Down. Depois disso, elas continuaram na ativa e com sucesso em todos os comebacks seguintes. Um fato curioso é que a maknae Junghwa apareceu no MV de Tell Me, das Wonder Girls, quando tinha em torno de 11-12 anos.

EXO

Um dos debuts mais esperados daquele ano, sem dúvidas, era do novo boygroup da SM Entertainment, EXO. O grupo teve direito a mais de 20 teasers e 2 músicas de pré-debut, What is Love e History, tudo em preparação para o lançamento oficial do grupo com MAMA. O inovador de EXO foi a divisão do grupo em 2 partes de 6 integrantes, um deles, EXO-K, que promoveria as músicas em coreano, e a outra metade, EXO-M, em mandarim. Essa divisão acabou não durando depois da saída de 3 de seus integrantes chineses do EXO-M a partir de 2014. O grupo, agora com 9 integrantes, promove junto, mas ainda fazem versões de suas músicas nos dois idiomas. E, claro, em um ano com grupos que surgiram com histórias e personagens altamente criativos, EXO não ficou de fora, com um conceito de definia cada integrantes como representante de uma força da natureza e seus respectivos poderes.

Fiestar

Hoje companheiras de agência do SunnyHill, Fiestar passou por um longo período de pré-debut, cada uma de suas integrantes passou por uma média de 4 anos como trainee e as seis, na formação original, treinaram juntas durante mais 2 anos. Também nessa época elas lançaram um dueto com a IU, Sea of Moonlight, para a coletânia de comemoração da LOEN. Em agosto elas debutaram oficialmente com Vista, com um MV que teve participação do Junsu. Em 2014, Cheska saiu do grupo, mas não foi substituída, deixando o grupo como um quinteto. O grupo continuou fazendo músicas novas regularmente, sendo a mais recente Apple Pie.

NU’EST

Antes de debutarem, o rosto dos integrantes do Nu’est já eram conhecidos por quem acompanhava o After School e o Orange Caramell, da Pledis Entertainment. Isso porque eles eram dançarinos de fundo em alguns MVs e performances dos grupos. Eles chegaram a aparecer também, já com a identidade visual do grupo, no MV do Hello Venus, companheiras de agência que debutaram no mesmo ano. O debut do Nu’est, Face, foi icônico a ponto de ter sido, por muito tempo, o MV de debut mais visto de todo o K-Pop. Esse número só foi superado recentemente, em março do ano passado, pelo Twice, o que ainda deixa Face em 2º com mais visualizações e também continua como o debut de boygroup mais visto.

VIXX

O first boygroup da Jellyfish Entertainment foi decidido através de um reality de eliminação MyDOL. No show os candidatos eram selecionados conforme a votação do público com base na performace deles no show. Ao final do programa, 6 dos 10 trainees participantes formaram o VIXX, cujo nome também foi decidido por votação. Após essa escolha no reality, o grupo debutou em maio, com Super Hero. Ao invés de se destacarem por ser um grupo com alguma imagem específica, o VIXX ficou conhecido por cada música ter um conceito bem formulado, juntando letra, harmonia, coreografia e MV para contar uma história.

 

Menções honrosas

Já que são muitos grupos debutados em 2012 e que continuam por aí, o que é bom, não daria para falar detalhadamente de todos eles. Mas, para não deixar ninguém de fora, vale a lembrança aqui dos outros grupos que continuam oficialmente como um grupo até hoje: 100%, 15&, A-Jax, BigStar, BtoB, Crayon Pop, Cross Gene, Hello Venus, Lunafly, Mr.Mr., Phantom, Spica, Tahiti, Tasty e Two X.

Imagem 2

Por Paula Bastos Araripe
Fontes: Youtube, Koreaboo, Kpopinfo wikia, Allkpop
Não retirar sem devidos créditos

[RESULTADO] KoreaIN Awards – Os favoritos de 2016

Obrigada à todos que votaram no KoreaIN Awards de 2016! Com aproximadamente 10mil votos pelo twitter e site, de todos os lugares do Brasil em apenas 7 dias, ficamos (MUITO!) surpresas com a paixão de vocês.

Será que seu escolhido foi campeão nas categorias da K-IN? Confira:

 

CATEGORIA BIAS DA NAÇÃO
Aqueles que nunca se esquecem de dizer “hi to Brazil”

bias-da-nacao

CATEGORIA COREOGRAFIA LACRADORA MASCULINA

coreo

  CATEGORIA FIGURINO ARRASADOR

figurino

CATEGORIA CHICLETE DO ANO
As músicas que colaram na cabeça

chiclete

CATEGORIA HIT DO ANO

hit-do-ano

CATEGORIA MV AESTHETIC DE TUMBLR
Os clipes “aesthetic goals” com produção que deixa muito filme no chinelo

mv

CATEGORIA ALBUM EAR CANDY
Melhor álbum de 2016

album

CATEGORIA NÃO DORMI PRA ASSISTIR
O drama do ano que faz a gente trocar a cama pela tela do computador

drama

CATEGORIA MELHOR OST
As trilhas sonoras que nos fazem chorar junto com os protagonistas

ost

CATEGORIA PRÊMIO OPPA DE QUALIDADE
Os melhores “oppas” com selo “QUI HOMÃO”

oppa

CATEGORIA PRÊMIO GIRL CRUSH
As unnies/noonas que roubaram nosso coração esse ano

girlcrush

Arte por Yasmin Marcondes.
Não retirar sem os devidos créditos.