moda coreana

Modelos sul-coreanas plus size falam sobre serem gordas na Coreia e seus objetivos

Yeom Yoon Hye (22) e Bae Kyo Hyun (23) querem provar para a Coreia que você pode ser gorda e muito bonita.

As duas modelos fizeram sua estreia oficial em 16 de junho depois de ganharem o 1º e 2º lugar em um concurso de modelos realizada pela “J Style” – uma marca plus size de departamento.

Das 170 concorrentes, Yeom Yoon Hye ganhou o primeiro lugar e conseguiu um contrato com a J Style. Bae Kyo Hyun, que tem especialidade em produção digital, ficou em 2º lugar, e se ofereceu para ser gerente de mídias sociais da marca.

Yeom Yoon Hye e Bae Kyo Hyun revelaram que era o sonho de suas vidas transformarem-se em modelos. No entanto, seus sonhos foram por água abaixo e muitas pessoas reagiram com gargalhadas.

As meninas enfrentaram dificuldades como “as garotas gordas”. Yeom Yoon Hye compartilhou que ela costumava ser caçoada pelos meninos. Ao caminhar pela calçada com um amigo magro, alguns criticavam suas pernas grossas e a chamavam de “pernas de elefante”.

Bae Kyo Hyun se lembrou dos dias escolares e comentou: “Os meninos riam de mim quando eu ia comer na cafeteria. Desde então, eu almoçava sozinha na sala de aula.”

No entanto, as meninas não deixaram as críticas sobre seu peso derrubá-las. Yeom Yoon Hye e Bae Kyo Hyun afirmaram que agora superaram o preconceito e sonham em se tornar as “gordas mais bonitas” da Coreia do Sul.

As meninas declararam: “Existem armas que apenas as modelos plus size podem ter, e isso é a boa saúde e simpatia. As modelos magras podem se tornar ídolos inalcançáveis, enquanto modelos plus size podem se tornar referência para pessoas comuns.”

As modelos plus size podem não ser muito familiares para a sociedade coreana, no entanto, elas já se tornaram figuras inspiradoras da cultura ocidental. Yeom Yoon Hye e Bae Kyo Hyun nomearam as modelos plus size Iskra Lawrence e Ashley Graham como exemplos e expressaram seu desejo de se tornarem como elas na Coreia do Sul.

Yeom Yoon Hye também explicou que ela realmente aprendeu a se amar após se tornar modelo. Ela disse: “Quando eu penso nisso agora, sempre tentei me vestir bem, mas inconscientemente, evitava itens como tops de ombros de fora para cobrir minhas gorduras. Mas ultimamente, percebi que eu era muito mais bonita do que pensava enquanto eu tentava vários tipos de roupa.”

Yeom Yoon Hye e Bae Kyo Hyun declararam que irão trabalhar duro para expandir o mercado de modelos plus size na Coreia do Sul. Yeom Yoon Hye afirmou: “Eu quero dar confiança as pessoas que estão estressadas por sua aparência física”. Bae Kyo Hyun também disse: “Eu usarei minha posição para criar muitos conteúdos inspiradores para as plus sizes.”

Texto original Allkpop
Tradução por Amanda Soares
Não retirar sem devidos créditos

Conheça mais da COREIA com o V LIVE App

Já não é novidade que o Kpop está à poucos passos da dominação mundial. Nos últimos anos, a música coreana vem se tornando mais popular internacionalmente, e com isso, mais e mais vertentes da cultura da Coreia do Sul ganham adeptos ao redor do globo. Através do aplicativo V Live, você pode conferir todos estes outros aspectos, do todo que formam a grande onda Hallyu. Procure pelas tags e boa diversão!

#K-POP

O principal motivo do “boom” coreano, pode ser encontrado no app, um must have para os kpoppers. Todos os artistas relevantes na música possuem seu canal onde podem se comunicar com as fãs através de vídeos ao vivo, interagindo com os comentários. Desde videoclipes à pequenos vídeos dos integrantes brincando entre si, tudo pode ser encontrado primeiro no V App.

 

#FASHION

A Coreia é conhecida por seu tão elogiado senso de moda. É algo tão importante, que principalmente os jovens, estão sempre antenados nas últimas tendências e quanto ao “vira moda”, todo mundo já sai correndo para copiar. Na plataforma você pode encontrar dicas de estilo, ensaios de photoshoots, cobertura de eventos como fashion weeks e entrevistas com designers.

 

#DRAMA #WEBDRAMA #MOVIE

Os filmes coreanos já ganharam reconhecimento de Cannes, além de muitos fãs de todas as idades em diversas partes do mundo. Através do aplicativo você pode conferir dramas, webdramas (dramas mais curtinhos), entrevistas, conferências e bastidores de filmes. Além disso, os atores também costumam ter seus próprios canais de interação com os fãs.

 

#BEAUTY

As dicas de beleza das coreanas já possuem adeptas e adeptos. A sociedade do país preza pela boa aparência e se engana quem pensa que apenas as mulheres que são vaidosas por lá. No canal V Beauty gurus compartilham informações que vão desde os cuidado com unhas e cabelos à dicas de maquiagem e exercícios físicos.

 

#KFOOD

Por último, mas não menos importante, a comida coreana anda ganhando espaço entre os fãs da vasta cultura. No quadro de nome Eating Show, você pode conferir diversos artistas de deliciando com os mais diversos  pratos, de doce à salgados. Este tipo de transmissão, chamada de mokbang, já é bem famoso e o país até possui profissionais no assunto. Ver comidas maravilhosas com seu artista favorito é uma verdadeira delícia.

O V LIVE possui conteúdo exclusivo com seus artistas favoritos. Através dele, você pode conhecer a fundo as mais diversas áreas da cultura coreana de forma leve e descontraída, sem sair de casa. A maioria dos vídeos são gratuitos, porém alguns conteúdos são exclusivo V Live +, que podem ser comprados com moedas do próprio aplicativo.

V LIVE para AndroidV LIVE para IOS

Por Caroline Akioka
Não retirar sem os devidos créditos.

Chega de batom e pele matte: o VBeauty te apresenta as trends coreanas

Lamuque, uma vlogueira conhecida internacionalmente também está no Vlive.

Os cosméticos asiáticos, principalmente coreanos e japoneses, têm se tornando uma marca registrada. Todo ano a indústria de beleza gasta quantias consideráveis em pesquisa para aperfeiçoar seus produtos, em vista do público exigente e mercado competitivo.

A primeira vista é algo que pode assustar, rotinas longas com diversos produtos pode parecer o segredo, mas é muito mais que isso. O público coreano sabe o que está comprando e eles procuram opinião antes de adquirir qualquer coisa.

A interface do aplicativo.

O VBeauty é o canal de beleza do VLIVE, aplicativo já tão conhecido pelos nossos leitores. O canal segue bem a linha que dá nome a plataforma, Lives, muitas lives. Basicamente são gurus da moda comentando ao vivo sobre diversos assuntos como: maquiagem, skincare, cabelo, vestimenta e até mesmo, dicas de exercícios físicos.

Os temas normalmente são apresentados em tom de bate-papo, já que o Vlive permite interação em tempo real e alguns apresentadores respondem as perguntas do chat. Assim sendo, os vídeos muitas vezes são longos, normalmente em volta de 45 minutos à uma hora cada um. Apesar de preferir vídeos mais enxutos e dinâmicos, o canal é muito popular, são mais de 500 mil inscritos do mundo todo procurando mais informações sobre o segredo da beleza dos coreanos.

Algo muito interessante é a quantidade de gurus masculinos, numa proporção muito mais homogenia que se comparado a outras plataformas do gênero. O cuidado com a beleza masculina na Coreia do Sul é quase tão importante quanto à feminina, boa aparência é uma paixão nacional.

 

Então se você quer embarcar neste mundo, o caminho pode ser aqui. Alguns vídeos já constam legendas, em inglês, português e/ou espanhol, depende do nível de popularidade do guru internacionalmente, porém o grande empecilho é que ainda são poucos vídeos, o que dificulta para o publico estrangeiro.

Contudo, maquiagem e aplicação de cosméticos é muito mais visual e grande parte dá-se para entender apenas de olhar. Algo que facilitaria muito, mesmo sem legendas, seriam vídeos rápidos com cortes e edição, porém a pena de perder o contato maior com o público.

O Vbeauty merece ser explorado por aqueles que têm interesse nesta área, principalmente para quem quer deixar o feijão com arroz da maquiagem ocidental, e acredite quando digo que os coreanos têm muito a oferecer!

https://www.instagram.com/p/BUZkty0gemj/?taken-by=revistakoreain

Por Amanda Soares
Não retirar sem devidos créditos

Conheça Lee Sung-Kyung, a resposta da Coréia do Sul a Gigi Hadid

Se você não conhece o nome Lee Sung-Kyung, você não está sozinho, especialmente se você mora na América. Mas na Coreia do Sul, a jovem de Seul, de 26 anos, é uma sensação na televisão e mídias sociais, com 5,5 milhões de seguidores apenas no Instagram.

Colocando sua celebridade em perspectiva, em um país de cerca de 50 milhões de pessoas, mais de dez por cento da população está seguindo ela. Isso a faria proporcionalmente à mesma altura de seguidores que Gigi Hadid tem na América.

Alguns meses após terminar sua série de sucesso na TV, Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, Lee estava em um estúdio em Garosu-gil em Seul para uma sessão de fotos. O estúdio estava cheio de flunkies*, incluindo dois estilistas pessoais e dois managers, além de assistentes pessoais, mas Lee ficou imperturbável no meio de tudo. Extrovertida e de bom humor, ela estava rindo com o maquiador entre mudanças de roupa e postagens de Instagram.

“Claro que é o Instagram oficial, mas eu ainda considero meu álbum pessoal”, ela disse timidamente através de um tradutor.

Camiseta e Saia por Proenza Schouler, Anel e Brincos por Hérmes. Foto por Youngkyu Yoo, Sittings Editor: Fwanwook Jung. Editor Visual: Biel Parklee. Estilista: Sun Hee Park e Hoo Ji Park. Cabelo por Hye Young Lee at Aveda, maquiagem por Ye Won Kang da Jenny House. Assistente de fotografia: I Seul Yeom, Da Yeon Kim, Byung Hoon Jeon. Assistente de moda: Ji Eun Oh.

A ascensão de Lee à fama é uma história quintessencial de Cinderela, a definição de uma celebridade do dia para a noite. Em 2014, o diretor coreano Kim Kyu-tae estava lançando sua nova série de televisão, It’s Okay That’s Love, procurando um novo rosto para um dos papéis.

Lee era uma modelo de sucesso na época, e a filha adolescente do diretor a estava seguindo no Instagram. Quando a menina lhe mostrou a página de Lee, ele foi imediatamente fisgado.

“Foi mágico que aconteceu assim”, Lee me disse por uma xícara de café. “Foi destino total.”

Em It’s OK That’s Love, um drama de 16 episódios que foi ao ar na maior rede coreana, a SBS, Lee foi lançada como um arquétipo familiar, a menina abandona rebelde do ensino médio, mas ela a fez inteiramente sua e sem clichês. A partir daí, ela construiu uma série de seguidores e os papéis começaram a inundar, começando com o drama de TV Cheese in the Trap em 2015, quando ela interpretava uma estudante universitária mentalmente instável, e mais tarde em Doctor Crush, outra série onde ela atuava como uma estudante de escola secundária que compete pela atenção de seu professor da biologia.

Em 2016 ela conseguiu seu primeiro cargo titular em Weightlifting Fairy Kim Bok Joo, um drama sobre juventude e esporte para a televisão, pelo qual ela foi reconhecida com dois prêmios no MBC Drama Awards, a versão sul-coreana do Emmy.

Chemise, Top de tricô e sapatos por Burberry. Foto por Youngkyu Yoo, Editor de sessões: Fwanwook Jung. Editor Visual: Biel Parklee. Estilista: Sun Hee Park e Hoo Ji Park. Cabelo por Hye Young Lee da Aveda, Maquiagem por Ye Won Kang da Jenny House. Assistente de fotografia: I Seul Yeom, Da Yeon Kim, Byung Hoon Jeon. Assistente de moda: Ji Eun Oh.

 

Em alguns episódios em sua carreira no ano passado, Lee foi uma celebridade genuína, e ela tinha conseguido com relativamente poucos créditos e sem formação em atuação. Depois que ela terminou de gravar em janeiro, Lee fez sua primeira viagem sozinha, e propositadamente reservou um voo para Paris, onde ela sabia que ninguém iria reconhecê-la.

“Esse tempo em Paris foi realmente uma cura, ele me trouxe de volta”, disse ela. “Estando sob os olhos do público, você nunca realmente tem tempo para si mesmo. Mesmo quando você está sozinho, você sente que todo mundo está observando você e você nunca pode ficar longe deles. ”

Camiseta e calças de couro por Céline. Foto por Youngkyu Yoo, Editor de sessões: Fwanwook Jung. Editor Visual: Biel Parklee. Estilista: Sun Hee Park e Hoo Ji Park. Cabelo por Hye Young Lee da Aveda, Maquiagem por Ye Won Kang da Jenny House. Assistentes de Fotografia: I Seul Yeom, Da Yeon Kim, Byung Hoon Jeon. Assistente de Moda: Ji Eun Oh. 

Ao contrário de quase todas as celebridades, Lee não publica nenhum conteúdo promocional nas mídias sociais e tira a maioria de suas fotos em filmes de 32mm, que são captadas por amigos próximos e não por fotógrafos profissionais.

Mas a fama cobrou seu preço pessoal. Lee diz que ela passa muito mais tempo dentro de casa do que antes, e não sai de casa sem um boné de beisebol.

“Se eu apenas ando com amigos, isso se transforma em escândalo e rumores, então sou mais cautelosa sobre o que faço agora”, disse ela.

E a situação com namorados? “Impossível,” ela disse, soando resignada. E de qualquer forma, ela não está realmente interessada no amor.

Camiseta, Saia e Brief por Dior; Sapatos por Stuart Weitzman. Fotografia por Youngkyu Yoo, Editor de sessões: Fwanwook Jung. Editor Visual: Biel Parklee. Estilista: Sun Hee Park e Hoo Ji Park. Cabelo por Hye Young Lee da Aveda, Maquiagem por Ye Won Kang da Jenny House. Assistente de Fotografia: I Seul Yeom, Da Yeon Kim, Byung Hoon Jeon. Assistente de Moda: Ji Eun Oh.

“Tem havido tantos rumores que me associam com certos modelos masculinos e outros relacionamentos em que nunca estive, eu sinto que já passei por esses relacionamentos, então eu não tenho que passar por eles novamente”. Ela disse, rindo com seu tradutor ao pensar. “Eu sinto que eu namorei com uma centena de pessoas até agora.”

Para 2017, o grande plano de Lee é fazer a transição para o cinema, e ela está esperando para confirmar seu primeiro longa. “O filme vai mudar muito a minha vida, mas será uma nova plataforma para mostrar a mim mesma.”

Então ela tem qualquer lembrança de uma vida normal? Ela certamente tenta.

Quando ela não está filmando, Lee toca piano clássico, um passatempo que ela tem desfrutado desde a infância, e viaja mais do que nunca, embora o anonimato esteja desaparecendo. Em uma recente viagem a Los Angeles, ela visitou a Universal Studios e as pessoas a chamaram.

“As pessoas me reconheceram lá! Eles me viram e gritaram ‘Hey, Weightlifting Fairy!’, eu não podia acreditar.”

Tradução por Amanda Soares
Texto original: W Magazine
Não retirar sem devidos créditos