[Entrevista] Com 18 anos de uma carreira brilhante, Cho PD revela sonhos e expectativas para a KoreaIN

New Shilla Kwan

Em luz dos acontecimentos políticos recentes, um ícone de resistência e crítica à sociedade por meio da música, Cho PD anuncia uma diss à Choi Soon Shil, onde, assim como a população coreana, também pede a renúncia da atual presidente Park Geun Hye.

Sendo um dos pioneiros no rap sul coreano, as composições de Cho PD sempre foram sinônimo de desaprovação dos atuais valores sociais e muitos têm empatia por suas letras. Visto a atual crise na democracia sul coreana, muitos internautas estão criticando rappers famosos por ficarem quietos em relação a situação e elogiam o produtor pela sua coragem em produzir para influenciar a atual geração.

(Re)veja nossa entrevista realizada com o rapper em 2015 e conheça um pouco sobre Cho PD:

(2015) O líder das tendências do hip hop como artista, uma máquina de fazer sucesso enquanto produtor. ZoPD (também conhecido como ChoPD) está de volta, comemorando os 17 anos de uma carreira brilhante, em que nem mesmo polêmicas a conseguiram ofuscar. Seu novo álbum é o reflexo de uma longa preparação enquanto produzia os rookies de sua empresa, a Stardom. Esse “Ovo de Ouro” representa a trajetória de Cho PD. Unindo a ele um dos maiores produtores do Kpop, Deez (que já trabalhou com nomes de sucesso como EXO, TVXQ, Rain e SHINee.), Simo e YunSu, dando alma a um álbum de grande qualidade, um elogio fundamentado por todas as críticas à seus antigos trabalhos. A faixas principais “Candy”, “Soulness” e os remakes dos grandes sucesso “My Style” e “Dear Friend”, são parte das faixas que montam o novo álbum [Golden Goose Part 1]. Músicas que atingem a todas as gerações com letras in-depth.

ChoPD feat. Bada (S.E.S) – Candy

 

ChoPD bateu um papo com a Revista KoreaIN sobre seu novo trabalho, seus desejos para o futuro do kpop e a paixão pelos artistas que eles produz.

KoreaIN – Com uma carreira brilhante, 16 anos se passaram desde sua estréia em 1999 com o icônico “In Stardom”. Quem era o ZoPD dos anos 90 e quem é o ZoPD de hoje?

ChoPD – De acordo com os meios de comunicação, o ZoPD dos anos 90 era visto como um “símbolo ou resistência e rebelião”. Agora, eu quero dizer que os coreanos me qualificam como em um processo de amadurecimento em nossa sociedade.

K-IN – Ultimamente vemos o ChoPD atuando mais nos bastidores e esse álbum novo marca seu retorno ao cenário musical. É uma honra. Trabalhando com o produtor Deez e tantos outros, focando no estilo soul punk disco com pinceladas do vintage dos anos 70. O que podemos esperar de “Golden Goose Part.1”? Que “cor” do ZoPd poderemos apreciar desta vez?

ChoPD – Primeiro de tudo, a canção-título é chamada “Candy” e eu acho que você deve vê-la como como uma continuação de “Friend“, gravada em 2004. Esta canção conta com a participação da maravilhosa Bada (S.E.S). Este álbum é feito com as cores da minha musicalidade, mas também com a cor do meu produtor. Eu espero que você possa receber este álbum como os ovos de ouro que aparecem depois de muito tempo no “ninho da Stardom”. Você pode ver as minhas cores através dele.

K-IN – Neste álbum, você regravou seus maiores sucessos, as músicas ‘Dear Friend’ e ‘My Style’. Qual sua sensação de regravar (depois de tanto tempo) canções tão impactantes na sua carreira como MC?

ChoPD – Foi realmente ótimo para poder mostrar o charme único da canção original de um jeito diferente. Lembro-me que, enquanto trabalhava neste álbum, a atmosfera era realmente agradável e cheia de lembranças, eu estava realmente feliz. Muitas recordações vieram. Especialmente com “My Style” e “Friend” com as novas vozes nelas, as vozes juniores que foram as mais coerentes, quanto para mim. O álbum “Golden Goose Parte1” está significando que é um renascimento, então eu não podia ver outra maneira de fazer, exceto esta, com os juniores à minha volta.

K-IN – Notamos que para a regravação de seu single ‘My Style’, você renasceu a canção recrutando alguns rappers e cantores, inclusive seus hoobaes do Topp Dogg. Qual o motivo?

ChoPD – O álbum “Golden Goose Parte1” tem dois significados, como para um artista e como para os juniores. É por isso que, quanto a mim, “My style” tem um significado poderoso e apropriado para este álbum. Desejei que este álbum pudesse dar a X ou Kuro uma chance de mostrar suas cores e sua capacidade para o público, já que os artistas tais como: Topp Dogg e Son SeungHyun já são conhecidos do público. Eles são todos amigos e eu esperava que essa poderia ser uma boa oportunidade para eles.

 

Cho PD se apresenta com grandes divas da música coreana no programa Hidden Singer 3.

 

 

K-IN – Grandes nomes da música coreana são recorrentes em seus trabalhos. No passado você havia trabalhado com a diva Lee JungHyun. Agora a estrela escolhida foi Bada. Quais motivos o motivaram a escolhe-la?

ChoPD – Bada é minha “carta na manga”, que eu estou mantendo há 10 anos. Na verdade, eu primeiro pensei sobre Bada para gravar “Friend“. Mas Insooni aceitou a parceria primeiro. Então não havia chance de dar a proposta para Bada… Além disso, foi realmente ótimo poder trabalhar com Bada na faixa-promocional “Candy“. Sobretudo, a personalidade feliz dela. Foi muito alegre e foi realmente uma boa e agradável oportunidade de trabalhar com ela. E com certeza, se Bada me permitir, eu definitivamente tentarei trabalhar com ela mais uma vez.

K-IN – Ainda sobre suas criações. Topp Dogg está promovendo firmemente a nível mundial, inclusive vieram ao Brasil em fevereiro e pretendem voltar para mais shows na América Latina, quais são seus planos para o Evol? Pode nos contar alguma coisa?

ChoPD – ToppDogg está como você deve saber, fazendo suas performances e recebendo mais indicações para programas e shows estes dias. Será notado pelos fãs logo que possível. Evol está sendo muito cuidadoso para o retorno. Pensando com cuidado para atualizar a equipe, juntamente com o melhor plano de promoção. Nós tivemos uma reunião com Evol hoje, bem a tempo ^^

K-IN – Falando em Topp Dogg. Notamos que você está sempre vem os acompanhando de perto e gostaríamos de saber: quais seus sentimentos em relação ao grupo?

ChoPD – Eu me sinto muito apaixonado por fazer o ToppDogg estar em destaque. Até agora, nós não chegamos a nossa meta ainda, mas eles estão fazendo um bom trabalho. Como Rookies, eles receberam um monte de amor e pedidos de shows desde a estréia. Quanto a mim, eu acredito que ToppDogg é um grande grupo com um monte de variedade de cores e talentos para serem descobertos. Então, eu acho que você deve ficar atento sobre eles para as expectativas futuras.

K-IN – O que você pretender fazer de diferente para seus artistas chamem a atenção em meio a tantos outros artistas debutando?

ChoPD – Um ano após a estréia do ToppDogg, eles conseguiram mostrar uma das várias cores de sua música, uma ampla gama de suas capacidades. Muitos membros descobriram suas cores através das performances de palco e agora são realmente eficazes. Eu acho que a magia do ToppDogg é que por equipe ou em conjunto, podemos sentir a harmonia em suas performances. Eu acho que é realmente importante. Eu sugiro que vocês voltem e continuem a apoiá-los, a fim de ver o seu crescimento.

 

zopd-2

 

K-IN – Esta entrevista está acontecendo com uma revista brasileira, e muitas pessoas da América Latina  terão acesso a ela. Como produtor, quais seus pensamentos sobre esta popularização do kpop? Com tantos artistas debutando recentemente, como você sente que será o futuro da música coreana?

ChoPD – Eu acho que o Kpop está se tornando popular no mundo inteiro, porque isso envolve uma performance. Não é tudo sobre música, mas também sobre o conhecimento, o trabalho duro e também o diretor de palco e assim por diante. Há uma verdadeira paixão dos artistas e a equipe que é para mim a entrada do sucesso. A indústria da música coreana é que poderia vir a aumentar no futuro da alta industrialização. Uma industrialização que envolve coisas caras necessariamente tem que atingir um mercado mais amplo?

K-IN – Realmente uma questão persistente.

K-IN – Tem algum artista que gostaria de trabalhar, mas ainda não teve oportunidade?

ChoPD – Até agora eu tenho trabalhado com outros artistas, foi uma grande experiência, um trabalho muito divertido. Se alguns artistas ainda tem algumas pedras preciosas escondidas, eu ficaria muito feliz em colaborar na lapidação, se eu tiver a oportunidade. Parece muito interessante, com certeza!

K-IN – O volume 3 de seu álbum “In Stardom V3.0” foi lançado em 2013, são 2 anos desde o lançamento. Qual o sentimento que você deseja despertar em quem ouvir seu novo álbum “Golden Goose Part.1”?

ChoPD – O título da canção deste álbum é chamado “Candy” e isso me faz lembrar a minha infância. Com este conteúdo quero transmitir uma mensagem de esperança para os membros da sociedade atual. E também por isso eu fiz uma versão “revisitada” de “Dear Friend“. Através de meus jovens sonhos, eu pensei no passado e fiquei feliz com mensagem dele e pensei que seria uma boa oportunidade, mais uma vez.

K-IN – Foi um prazer poder conversar contigo. Deixe uma mensagem para os fãs brasileiros de k-pop, os fãs de hip-hop e seus fãs.

ChoPD – Olá leitores da KoreaIn Magazine! Este é ZoPD e eu acabei de lançar o meu novo álbum, que é chamado de “Golden Goose Parte1“. Enquanto eu estava trabalhando neste álbum eu realmente pensei sobre vocês e esperava que vocês fossem gostar. O futuro irá pedir-lhe um monte de expectativas e atenções, e eu quero dizer muito obrigado por todo o apoio que você deu para mim e também para todos os artistas com quem trabalhei. Muito obrigado, espero que este álbum possa agradar a todos.

 

Por Naira Nunes e Carol Akioka
Não retirar sem os devidos créditos.

Publicitária, redatora e diretora de arte, sou CEO e fundadora da KoreaIN, a primeira revista brasileira sobre música e cultura asiática.