Os disbands de 2016, grupos que vão deixar saudades

Um dos momentos que os fãs de kpop mais temem é aquele em que eles precisam ver os seus grupos favoritos anunciarem o fim de suas atividades, o tão doloroso disband. Da mesma maneira que 2016 foi marcado pela chegada de uma nova geração, também foi preciso dar o último adeus a muitos grupos das gerações passadas. Por isso, nós listamos alguns dos disbands anunciados este ano que nos deixarão com muitas saudades.

 

4Minute

Após algumas complicações relacionadas às ações da Cube e às influências das tomadas de decisão dentro da empresa, as integrantes Jihyun, Gayoon, Jiyoon e Sohyun acabaram por não renovar o contrato e, em junho deste ano, o 4Minute anunciou oficialmente o seu disband, sendo que apenas Hyuna renovou o seu contrato solo com a Cube Ent. 4Minute debutou em 2009 e durante 7 anos o grupo nos trouxe alegria e conciliou o seu trabalho em promoções de álbuns, sub units e projetos solo. A última atividade das garotas enquanto grupo foi com o seu sétimo mini-álbum “Act 7”, promovendo a música “Hate”. O grupo inclusive esteve no Brasil para um show, juntamente a outros artistas da Cube como Beast e G.NA. Sentiremos saudade!

Debut: Hot Issue (2009)

Último comeback: Hate (2016)

Rainbow

No ano de 2009, a DSP Media apresentava ao público um grupo com sete talentosas garotas e, assim como as cores do arco-íris, Rainbow nos trouxe uma série de cores de si mesmas como grupo. Apesar de ter começado bem, o grupo passou por uma série de problemas com as vendas do grupo, que começaram a cair gradualmente e, em outubro, a DSP anunciou que nenhuma das integrantes iria renovar o contrato, fazendo assim com o que o grupo chegasse oficialmente a um fim. A última vez que o grupo esteve em conjunto foi para as atividades relacionadas ao mini-álbum “Prism”, que tinha como canção título a música “Whoo”.

Debut: Gossip Girl (2009)

Último comeback: Whoo (2016)

 

LedT

Debutando oficialmente sob o nome de LedApple, o LedT surgiu em 2010 com uma proposta parecida com a de bandas conhecidas como CNBLUE e FT ISLAND. O grupo debutou originalmente com os membros Jun, Kwangyeon, Sunghyun, Minyong e I-OH. Assim como o Rainbow, o grupo passou por uma série de mudanças em sua formação e também não teve vendas tão expressivas quanto o esperado inicialmente, apesar de ter promovido uma série de turnês para a sua fanbase, tanto dentro quanto fora da Coreia. Este ano o grupo, que já contava com apenas três integrantes e não lançou nenhuma canção com a formação até então, anunciou seu fim através de postagens dos membros em suas contas pessoais no Instagram. LedT debutou com “Dash”, remake de uma gravação da cantora Baek Ji-Young, enquanto seu último comeback foi com a música “Who Are You”, ainda em 2014.

Debut: Dash (2010)

Último comeback: Who Are You (2014)

 

Kara

Eis aqui um outro grupo que foi de grande destaque e contribuição dentro do cenário do kpop. Kara apareceu pela primeira vez em 2007, com a música “Break It” e uma grande pressão sobre si por conta de serem sucessoras do extremamente bem-sucedido Fin.K.L. Já no primeiro ano, a integrante Kim Sung-Hee, anunciou que deixaria o grupo devido à pressão familiar e a conciliação de sua vida pessoal com suas atividades dentro do grupo. Na sequência, foi revelado que Kara retornaria como um quinteto, após a adição das membros Goo Hara e Jiyoung. Através dos anos, o grupo foi responsável por uma série de hits que fizeram a alegria de milhares de fãs não apenas do grupo, mas de kpop em geral, como “Lupin”, “Step” e o smash hit “Mr.”, cuja coreografia se tornou uma enorme febre e uma das marcas do girlgroup. Em 2014, Kara passou por sua segunda mudança no lineup: Nicole e, na sequência, Jiyoung, anunciaram que deixariam o grupo. No mesmo ano, surgiu o reality “Kara Project” que tinha como objetivo escolher uma nova integrante para o grupo dentre as trainees presentes na DSP. Heo YoungJi foi a escolhida e com “Mamma Mia”, elas retornaram em agosto. Depois de uma série de promoções na Coreia e no Japão, a DSP informou em janeiro deste ano que Gyuri, Seungyeon e Goo Hara deixariam a agência após o fim do contrato, sem mencionar um disband diretamente. É possível que, assim como ocorreu com Fin.K.L, a DSP não lançará nota oficial mencionando um disband para o Kara.

Debut: Break It (2007)

Último comeback: Cupid (2015)

 

SPEED

O SPEED foi um grupo da MBK Entertainment que surgiu como resultado da dissolução de outro gruopo, o CO-ED School. O grupo debutou com uma remake do hit “Lovey Dovey”, das companheiras de agência T-ara, chamado “Lovey Dovey Plus”. Após algumas mudanças no lineup, o grupo continuou a promover com atividades solo dos membros, aparições em clipes de outros artistas, um concerto e até mesmo reality shows próprios. Apesar de todas as atividades, muitos perceberam que já no final de 2015, em novembro, o grupo já não estava mais listado no site como um grupo pertencente à empresa, o que começou a levantar algumas suspeitas sobre o fim definitivo do boygroup. No início deste ano, vários membros anunciaram o fim de sua conexão com o grupo, tão quanto com a própria MBK, se dividindo entre não renovação de contratos, foco em atividades relacionadas à vida pessoal e busca de novas agências. A última vez que o grupo trabalhou junto como SPEED foi na primeira metade de 2015 com a música “What U”, do seu segundo mini-álbum,  “SPEED ON”.

Debut: Lovey Dovey Plus (2012)

Último comeback: What U (2015)

 

LC9

LC9 surgiu despertando muito interesse com uma música cativante e uma coreografia animadora em 2013 com “Mama Beat”. O único problema é que depois disso algo parece ter dado errado e o grupo passou por um hiatus grande demais até mesmo para os fãs esperarem. A Nega Network (que até o momento também ainda era a agência do Brown Eyed Girls) não cedeu muita informação sobre os garotos, enquanto a fanbase continuava a se perguntar o que poderia ter acontecido e porque o grupo não fazia novos lançamentos. Depois de alguns momentos de dificuldade, anúncios graduais de saída de membros e lançamento de uma trilha sonora, a agência anunciou que nenhum dos membros restantes do grupo resolveu renovar o seu contrato no final do último ano, levando ao fim do grupo este ano.

Debut: Mama Beat (2013)

Último comeback: Não ocorreu, apenas o lançamento de “The Ugly Man Cries”, OST do drama “Can We Love”

The SeeYa

The SeeYa debutou como uma reformulação do SeeYa, agenciado pela MBK Entertaiment. Elas debutaram com “Be With You” e desde então o grupo apenas lançou singles, sem nunca ter lançado um mini-álbum ou álbum completo. Assim como ocorreu com os companheiros de agência SPEED, The SeeYa também deixou de ser listado enquanto grupo da MBK no site deles, o que levou aos rumores de disband. Após alguns meses, uma das antigas membros, Yoojin, confirmou em um programa transmitido pela SBS na primeira metade deste ano que o grupo havia realmente acabado e que ela seguiria uma carreira de atleta.

Debut: Be With You (2012)

Último comeback: Wedding March

 

2NE1

Uma perda e tanto para este ano. Conhecido pelos fãs de kpop como um dos grandes percussores do crescimento do gênero, o 2NE1 debutou com força total em 2009, e desde então esta força permaneceu com boa parte daqueles que as conheceram enquanto grupo. Apesar das dificuldades, como por exemplo o escândalo relacionado à integrante Park Bom, o grupo permaneceu forte e junto, sempre demonstrando sua força como grupo através de seus lançamentos. Mas após um hiatus, os fãs aguardavam um novo comeback quando a YG Entertaiment anunciou que Minzy deixaria o grupo para se dedicar às suas atividades pessoais. Após o corrido, também foi anunciado que o grupo continuaria enquanto trio e que fariam comeback no verão seguinte, plano que não se confirmou, sendo que em novembro deste ano, o anúncio oficial do disband de 2NE1 chegou. Em nota, YG confirmou que o contrato do 2NE1 como grupo terminou e não foi renovado, sendo que apenas as membros CL e Dara continuariam na agência com seus contratos solo. A última aparição de destaque do grupo como um todo foi no final do ano passado, em uma performance surpresa no Mnet Asian Music Awards (MAMA). A última atividade promocional do grupo foi em 2014, para promover o álbum “Crush” com a faixa título “Come Back Home”.

Debut: Fire (2009)

Último comeback: Come Back Home (2014)

 

2016 foi um ano muito difícil para os fãs de kpop, e muitos outros grupos, além dos citados aqui, anunciaram disband ou ainda não confirmaram o status do fim de suas atividades. Mas e pra você, qual disband te deixou mais triste? Não há motivos para tristeza, pois no fim de cada ciclo existe um novo esperando por você. A K-IN deseja o melhor para todos os integrantes dos grupos que deram disband este ano e seus respectivos fandoms, e que no ano que chega possamos ter melhores notícias dos que tanto amamos.

 

Por Jô Mesquita
Fontes: 2NE1 Brasil, Soompi, Billboard, Allkpop, 4minute Brasil.
Não retirar sem devidos créditos