Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

K-drama Webtoon

“Tomorrow”: diferenças (e semelhanças) entre o webtoon e a adaptação para K-drama

[AVISO DE GATILHO] O texto a seguir contém termos sensíveis que podem servir de gatilho. Recomendamos cautela ao prosseguir a leitura.

Um dos atuais lançamentos da Netflix é o K-drama Tomorrow, produzido em parceria com a MBC. A série acompanha a rotina de dois ceifadores que, diferente dos outros, não vão buscar a alma das pessoas para o submundo, mas sim ajudar a mantê-los vivos na terra. 


Trailer oficial de Tomorrow.

Diferente dos outros ceifadores, que buscam a alma dos seres humanos para levá-las ao céu ou ao inferno, a dupla principal de ceifadores pertence ao “time de prevenção”, que ajuda pessoas com um nível alto de energia negativa, sendo consumidas por ansiedade, depressão e tendências suicidas. A missão dos dois ceifadores é conversar com os humanos, a fim de entender quais são as dores que os afligem e como podem sobreviver a mais um dia. A lição mais importante desta história é que sempre há um “amanhã” para ser vivido, mesmo que seja preciso recomeçar. 

O K-drama adaptado segue fielmente este enredo envolvendo os ceifadores, submundo e equipes, trazendo até mesmo falas idênticas do webtoon para o K-drama. Entretanto, há mudanças foram feitas para que a obra ficasse ainda mais especial. É importante ressaltar que a criadora do webtoon, carinhosamente conhecida como Llama, participa ativamente das gravações de Tomorrow, levando a entender que todas as alterações no roteiro são feitas junto à ela. 

Inclusive, é muito comum ver a artista sendo fangirl do cast do K-drama. Olha que fofíssima a foto dela ao lado do personagem Lim Ryung-Gu, interpretado pelo ator Yun Ji-On:


Personagens

Comparação dos personagens entre webtoon e K-drama | Créditos: Kpopmap

No webtoon, o trio principal vive imerso em piadas e faz sempre referência aos memes da internet, diferente K-drama. No webtoon há um alívio cômico muito grande entre os temas abordados, o que acaba sendo necessário para não deixar o clima da história pessimista e pesada, visto que a violência gráfica do webtoon acaba sendo muito maior do que no drama, principalmente pela questão da censura televisiva. 

Premissa inicial

No enredo, a dupla de ceifadores do time de prevenção, Koo Ryeon (Kim Hee-Seon) e Lim Ryung-Gu (Yun Ji-On), precisa trabalhar com Jung-Woong (Rowoon) após um acidente de trabalho. Woong voltava de mais uma entrevista de emprego e, ao atravessar a ponte do Rio Han, encontra um morador de rua que tentava pular de lá para acabar com a vida. A equipe de prevenção chega para ajudar, mas o morador acaba pulando no rio e levando Woong junto, que é salvo, mas entra em coma. Para retornar ao mundo dos vivos o quanto antes, Woong entra no time de prevenção para ajudar as pessoas que pensam em tirar a própria vida.

O contrato 

Para convencer Woong a participar do time, na adaptação para K-drama, o submundo ludibria a visão do jovem, mostrando o quanto a mãe sofre ao ver o filho em coma. No webtoon ele aceita facilmente, principalmente por sua vontade de ajudar. Falando em família, é citado que Jung-Woong nasceu em uma família rica, considerado “silver spoon” (nascido em berço de ouro), ao lado de duas irmãs e seus pais, enquanto no K-drama o personagem tem somente a mãe e a irmã, enquanto o pai já faleceu. 


O karma de nunca ser contratado

Um dos grandes desafios de Jung-Woong é conseguir um emprego, mesmo após terminar a faculdade, fazer bons cursos e criar vínculos importantes, o jovem parece perder as esperanças quando o assunto é ser contratado. Na adaptação para a TV, Woong sempre é dispensado após seletivas de trabalho, e logo no primeiro episódio o rapaz perde a vaga de emprego para outra candidata, que na verdade era filha do dono da empresa. Já no webtoon, o desafio em conseguir um emprego na verdade é reflexo de um Karma, pois, em outra vida Woong deixou o poder subir a cabeça e nunca deu oportunidade para pessoas que realmente precisavam, por isso o grande castigo na vida atual seria nunca conseguir um emprego. 

Rainha do submundo

Kim Haesook em Tomorrow | Créditos: MBC

No K-drama quem domina o submundo – Jumadeung, a deusa do céu – é a icônica atriz Kim Hae-Sook, que, além de administrar todo o submundo, cuida de cada funcionário como se fosse a mãe de todos. Já no webtoon a figura da rainha é de uma jovem empresária, que vive viajando entre os setores dos ceifadores, justamente para ser onipresente e acolher todos os funcionários.

Flor que cai: o primeiro caso

No webtoon, a primeira missão do trio da prevenção é ajudar uma adolescente que quer tirar a própria vida porque sofre violência física e psicológica de outras colegas da escola. No drama, o caso se transforma e se arrasta para a vida adulta dessa aluna que sofreu bullying. Ambas formas retratam as consequências da violência, mas o drama ressalta que traumas na infância refletem muito na vida adulta e, quando não olhado com cuidado, pode levar a ações irreversíveis, como o suicídio. No caso do drama, a adulta traumatizada não conseguia conversar com outras pessoas do trabalho, nem mesmo relaxar, estava sempre em estado de alerta para qualquer interação com as pessoas ao redor. 

Ryung-Gu e seu vício em… cutucar o nariz

Se você acompanha somente o drama, deve ter reparado que em pequenos momentos o personagem Ryung tem um vício peculiar: cutucar o nariz. Apesar de aparecer poucas vezes (em alguns episódios somente), no webtoon o personagem – literalmente – não tira a mão do nariz. No drama, este ato é apresentado como a consequência de seu uso de drogas antes de morrer – seu nariz coçava e ele ficava fungando e, depois de Ryeon se irritar e mandar ele parar de fungar, passa a cutucar o nariz. Entretanto, no webtoon este assunto ainda não foi abordado, somente há o descontentamento de Woong por sempre flagrar o amigo cutucando o nariz. 

RyungKu no webtoon Tomorrow | Créditos: Kpopmap

Estas foram algumas diferenças que encontramos entre o webtoon e o K-drama de Tomorrow. Vale lembrar que o drama ainda está lançando episódios na Netflix e seu episódio final está previsto para o dia 28 de maio no Brasil. O webtoon foi “relançado” na plataforma da WEBTOON, e os novos capítulos chegam ao site todo sábado. 

Por Isabela Marques 
Fonte: (1), (2), (3), (4)
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Isabela Marques

    Jornalista do interior de SP. Tenho 26 anos e quase metade deles foram dedicados ao mundo geek asiático. Quando não estou sendo uma boa fangirl, aproveito para ler bons livros e webtoons de mistério.