Sem categoria

BTS – The Red Bullet in Brasil. Suga: “Não me esquecerei do Brasil!”

O grupo BTS volta ao Brasil! Confira a cobertura completa do Show




O BTS desembarcou no Brasil para um show realizado pela Highway Star na última sexta feira de julho (31). É a segunda vez do grupo sul coreano no Brasil, mas desta vez para se apresentar para um público maior que da primeira. Inclusive,  RapMonster afirmou ter se surpreendido com a quantidade de fãs que foram ao show prestigiá-los.
Desde a confirmação do show os brasileiros não podiam conter a ansiedade. Um mês antes já havia,  em média,  250 fãs se revezando na fila que se formava no Espaço das Américas em São Paulo e chamavam atenção dos que passavam por ali e até de canais da TV aberta. Pessoas de outros estados e até de outros países se reuniam pela paixão pela música coreana e pela esperança de ver o BTS mais de perto. 

Infelizmente, devido as regras de imprensa, não temos vídeos nem muitas fotos, mas faremos o possível para que saibam tudo o que aconteceu durante o show.
O Bangtan Boys começou animando as fãs com N.O e todos gritaram muito no “flip” do Jimin. A música logo foi seguida por “We are Bulletproof”. O rap afiado, vocais poderosos e coreografia sincronizada já indicavam o preparo que os meninos tiveram para a turnê e levaram as fãs a loucura.
Eles começaram a se apresentar e V disse que as brasileiras são muito bonitas. RapMonster, como um bom líder, se preocupou com as fãs, pedindo para não empurrarem as pessoas para frente para que todos pudessem aproveitar o show. Assim, passaram para “We On” e “Hip Hop Lover”, mostrando um lado mais calmo do grupo.


Eles tiraram a jaqueta e começaram “Let Me Know” em um palco escuro, com holofotes individuais em cada membro que cantava. Uma performance forte e romântica que arrancou suspiros das fãs. Começou então “Rain”, uma belíssima balada e Jin perguntou se o público gostou.
De repente, aparece uma cama no palco, e eles começam “Blanket Kick”, seguida por “Just One Day” e “Look Here”. Jin segurava uma rosa na mão, arrancando gritos da platéia. Nesse momento, os meninos mostraram um charme completamente diferente de antes, completamente fofos e inocentes fazendo ‘aegyo’ pros fãs. 
Os rappers então saem do palco e deixam os vocais Jin, Jimin, JungKook e V com a balada “Outro: Propose” e dizem ‘Obrigado’ e ‘I love you’.

O grupo inteiro volta com “No More Dream”, e Jimin enlouquece a todas levantando a blusa durante o refrão. Começa então “Tomorrow”, com uma coreografia que revela um lado mais sexy e maduro dos membros.
‘Tá legal?’ em português mesmo, foi de longe a frase mais falada por Jimin, que então pediu para as fãs cantarem “Miss Right” com eles. No telão apareceu a letra romanizada e houve um momento de prática, para todos cantarem juntos, até que começaram a apresentá-la.

Estavam sempre olhando e apontando para a platéia, rebolando, brincando entre eles e se abraçando. Performaram também “I Like It” e “If I Ruled The World”, até o vocal sair do palco e a Rap Line (J-Hope, Suga e RapMon) dominar o palco com um poderosíssimo e rápido rap em “BTS Cypher pt.3: Killer”.




Todos voltam novamente para “War of Hormones” e a casa de shows foi dominada por um alto e abrasileirado “NUGUTEMUNE”, onde BTS e ARMYs pareciam um só, cantando a mesma batida. J-Hope gritava “BRASIL” o tempo todo durante a música.
Começaram então as músicas mais amadas e conhecidas como “Danger”, “I NEED U” e “Boy in Luv”, até que saíram do palco e as luzes se apagaram. 
No telão, apareceram vídeos das audições e dos meninos treinando, com dizeres sobre o esforço deles para seguirem esse caminho e algumas fãs começam a chorar. 
Os integrantes voltaram para o encore, ao som de “Path” e agradeceram a presença de todos. O fato de o show estar quase no fim não entristeceu as fãs, que pularam, dançaram e gritaram com “Dope”, “Boyz with Fun” e por fim, “Attack on Bangtan”, onde eles se revezavam para balançar a bandeira do Brasil.

No final, começou “I NEED U”, onde cantaram um pouco, agradeceram novamente e se despediram, mas Jin parecia não querer sair do palco. 

Para alegria de todos, no telão apareceu a seguinte mensagem “AGUARDEM, A TERCEIRA PARTE ESTÁ VINDO”.

O Brasil pareceu de longe o país favorito dos Bangtan Boys. Caloroso, sem confusões ou ameaças e com uma plateia inigualável. Falaram “Te amo”, em português mesmo, além de muitas outras palavras que faziam a alegria do público como “Obrigada very much”, “Brasil é demais” e “Brasil, grita!”.

Fomos  um dos únicos países onde seguraram a bandeira e após o show, as redes sociais oficiais do grupo se encheram de mensagens de agradecimento, causando até um pouco de ciúmes em fanbases internacionais.


Obviamente, os brasileiros caíram sob os charmes dos membros, mas ficou claro que o BTS também não resistiu e se apaixonou pelo Brasil. As ARMYs brasileiras podem se orgulhar e amar muito o Bangtan, com a certeza que todo esse carinho e admiração é recíproco.
Com a excelência e perfeição dos acontecimentos, creio podemos esperar um Episódio III em breve.




Por Caroline Akioka
Não retirar sem os devidos créditos.
.

Naira Nunes

Publicitária, redatora e diretora de arte, sou CEO e fundadora da KoreaIN, a primeira revista brasileira sobre música e cultura asiática.

Você também pode gostar...