Parasita e BTS: Chaves do crescimento econômico sul-coreano

Crédito: Anthony Behar/SIPA USA

O KDB (Korean Development Bank, da sigla em inglês) fez investimentos na Big Hit Entertainment, empresa responsável pela administração da bem-sucedida carreira do BTS e no sucesso de Parasite



O mercado de investimentos sul-coreano está indo de vento a popa, pelo menos para as entidades que decidem apostar grande em entretenimento. O pote de ouro da economia se encontra sua crescente valorização com a ascensão de nomes saídos da península sul-coreana, e que acabam caindo nas graças de especialistas internacionais, recebendo visibilidade e reconhecimento, além de ações no mercado e bolsa de valores.
O KBD (Korean Development Bank, ou Banco de Desenvolvimento Coreano) está colhendo os frutos de sua aposta em cultura: a gigante recebeu um retorno três vezes maior do que seu investimento inicial na Big Hit Entertainment (companhia responsável por administrar a carreira do fenômeno BTS) e no filme Parasite, dirigido por Bong Joon-ho.


De acordo com dados apontados pelo Korea Times, desde 2011 o banco estatal vem investindo um total de US$22.74 milhões na Big Hit Entertainment, e recebeu um retorno líquido de US$179.6 milhões de dólares norte-americanos (nada mais, nada menos do que KRW 213.3 bilhões de Wons) devido ao sucesso internacional do boygroup BTS.


Ainda de acordo com o portal, a Big Hit Entertainment está cruzando o caminho certo, pois é esperado que se torne a maior gravadora nacional, assim que iniciarem oficialmente sua participação no IPO (Initial Public Offering, ou uma parte do mercado de ações, onde o capital da empresa é aberto para investidores pessoais diretos, ou seja o público, não somente outras companhias e entidades, como o KDB). Estima-se que a o capital poderá chegar a KRW 2.8 trilhões (US$ 2.3 bilhões de dólares).


Além de investir pesado em companhias musicais, em conjunto com a Cape Investment & Securities, a KDB Capital – uma investidora afiliada ao banco estatal – apostou KRW 670 milhões (US$ 555 mil) no filme destaque do Oscar 2020, Parasite.  Atualmente, após o sucesso estrondoso fora do solo sul-coreano, o cinema nacional está avaliado em KRW 10 bilhões (US$ 8 milhões de dólares), sendo uma fatia de KRW 1.74 (US$ 1.44 milhões de dólares) referente a Parasite sozinho.


No entanto, os números referentes a Parasita e Bong Joon-ho ainda não foram 100% calculados, mas as previsões é de um aumento ainda maior no retorno do investimento inicial.



O Korean Development Bank alega ter investido cerca de KRW 500 bilhões na indústria cultural local. O capital de investido mira no crescimento de setores como filme, música, mídia, drama e animações.

“Nós percebemos que há uma competitividade do conteúdo cultural produzido atualmente na Coreia, com o sucesso de Parasita e BTS,” disse um dos oficiais da KDB à mídia. “O banco continuará liderando a inovação e crescimento da indústria cultural local, encontrando novas promessas e continuar investindo.”


Por Bárbara Contiero
Fonte: Korea Times
Não retirar sem os devidos créditos.