Cinema Entretenimento

[LISTA] Filmes de terror coreanos para curtir no Halloween

Nós sabemos que o Halloween não é um feriado que acontece de forma tradicional aqui no Brasil, mas como bom adaptadores que nós brasileiros somos, sempre damos um jeitinho de tornar essa data memorável. O Dia das Bruxas, como ficou popularmente conhecido, virou uma comemoração durante o mês de Outubro, onde histórias de terror e muitas lendas são enaltecidas durante esse período.

E pra entrar no clima aterrorizante, selecionamos 8 filmes de terror coreanos que vocês precisam assistir! São gêneros de terror que variam do suspense, terror psicológico e horror. Se você não é muito fã desse gênero é melhor dar uma pausa nesse artigo e conferir outras dicas cinematográficas aqui da revista, combinado?



The Silenced (2015)


Movie Review: The Silenced | Bibliotropic
Park Sodam e Park Boyoung, a dupla investigadora em The Silenced

Pra abrir essa lista vamos de: clássico filme quebra-cabeça, aquele que nos faz pensar por horas e horas e descobrir uma nova informação a cada minuto. The Silenced é um filme de 2015 que chama atenção por sua narrativa de suspense e pelos momentos de tensão que não acabam nunca! Ele conta a história de Joo-Ran (Park Boyoung – Strong Woman Bong-Soon) uma jovem que vai estudar em um internato só para meninas, o qual era super requisitado e muito famoso por sua rigidez, mas ao entrar Joo-Ran percebe que o clima do local não é muito legal, e que algumas das estudantes não conseguem manter o contato social de forma “normal”, além disso, a cama que ocupada agora por Joo-Ran pertenceu a uma outra garota que, supostamente, morreu no internato. Em seus devaneios ela conhece Yeon-Duk (Park Sodam – Parasite), que também partilha do mesmo pensamento. O filme é narrado como um quebra cabeça entre memórias do internato e as estranhas situações vivenciadas pela protagonista. Vale muito pelo elenco, o enredo e o gigantesco plot twist no final.


The Witch: Part 1 – Subversion (2018)


The Witch Part 1: The Subversion and its wicked twist, explained - Vox
Kim Damin em “A Bruxa: Parte 1 – Subversão

Um grupo de crianças foram sequestradas por cientistas para enfrentarem testes que as transformassem “armas mortais“. Os testes, porém, se tornaram muito intensos, e com medo dos resultados, os cientistas a sacrificaram todos as crianças para que não saísse do controle; exceto por uma que conseguiu escapar: Ja Yoon (Kim DaMin – Itaweon Class). Apesar do trauma, Ja Yoon tentou viver – da melhor maneira possível – sem os traumas do passado. Os anos se passaram tranquilamente, mas na adolescência Ja Yoon se vê presa novamente no terror de seu passado ao perceber que muitas pessoas a estão vigiando e seguindo a todo momento. A Bruxa: Parte 1 – Subversão mistura ficção científica, horror e terror em uma obra de 2 horas e 5 minutos. Ah, e está disponível na netflix!



The Divine Fury (2019)


the divine fury | Tumblr
Woo DonHwan é um perfeito vilão em The Divine Fury

Um dos filmes mais esperados de 2019 foi The Divine Fury, pois seria um dos primeiros filmes coreanos a serem distribuídos pela Netflix. E foi; em alguns países. Mas isso não foi capaz de afastar as fãs do elenco pesado que esse filme traz. Apesar de parecer só mais um filme de exorcismo e demônios (que nos dão nos nervos), The Divine Fury oferece além. O processo de auto descoberta do personagem Jin Shi (Park SeoJoon – Itaeon Class) nos leva para o passado doloroso e a confusão do presente, e é quase que impossível não simpatizar com toda sua história. Falando em simpatia, quem divide as telinhas no grupo dos “mocinhos” é o ator veterano Ahn Sunki (nas telinhas desde 1981), que vive um padre exorcista super protetor, e também domina as telas o carisma de Choi WooShik (Parasite) que interpreta um padre em ascenção. O vilão fica por conta da atuação do brilhante Woo DonHwan (Tempeted; Eternal King), líder uma sinistra seita responsável por – literalmente – tocar o terror em pessoas boas. Quem espera cenas de ação se sentirá realizado, pois o filme não poupa fôlego, mas quem gosta de uma boa história também sai ganhando.


The Mimic (2017)

Festival film review: The Mimic | London Korean Links

The Mimic mostra que o luto pode ser ainda mais traumático do que parece. A história retrata a dor e sofrimento de um casal que, misteriosamente, perdeu o filho, e tem pesadelos e alucinações envolvendo o local onde o filho foi visto pela última vez. Para se curar do trauma Hee Yeeon (Yeom JeongA – Sky Castle) se muda com seu marido MinHo (Park Hyun Kwon – Super Family) para um lugar mais afastado, a fim de ficar em paz, mas isso é o que eles menos encontram. As coisas começam a ficar estranhas quando duas irmãs gêmeas (protagonizada pela atriz Shin Rin-Ah) batem à porta procurando por seu cão perdido, a partir daí o trauma da perda fica ainda mais forte e (para piorar, sim, pode piorar!!) uma estranha figura maligna aparece para assombrar o casal; um detalhe assustador da criatura é que ela é capaz de imitar a voz da criança perdida.



Alice: Boy From Wonderland (2015)


alice : boy from the wonderland | Tumblr
Em Alice: Boy From Wonderland Jonghyun e SoMin vivem um romance em uma casa muito estranha.

Atenção: esse título pode apresentar diversos gatilhos por abordar temas sensíveis.

Um dos filmes de terror mais controversos do universo de terror sul-coreano é Alice: Boy From Wonderland. O filme quebra diversos tabus, trazendo o gore (imagens que causam repulso; grotescas) e picantes cenas de romance entre os atores Hong Jonghyun (Moon Lovers) e Jung SoMin (Because this is my first life). Apesar de tamanha estranheza, é um filme que prende, e faz com que o expectador viva uma verdadeira aventura ao lado da personagem principal. O filme faz referência direta a Alice no país das maravilhas ao levar a trama principal para um universo paralelo, com personagens característicos da famosa história.


#Alive (2020)


Dramabeans Korean drama recaps
Alive usa do humor sutil para aliviar um pouco o clima de apocalipse zumbi.

Para sobreviver a uma pandemia zumbi as pessoas precisam ficar dentro de casa; típico, não? Tirando os zumbis, é claro (e graças a Deus). O filme anda de mãos dadas com o clichê de tantos outros filmes zumbis, afinal, o que gostamos de ver nesse tipo de enredo é como os não infectados vão sobreviver, porém diferente de tantos outros thrillers por aí, Alive retrata a sobrevivência dos personagens dentro de casa, não explorando lugares desconhecidos e se arriscando (a não ser quando REALMENTE precisam). Além de trazer dois protagonistas super carismáticos e inteligentes à sua maneira, JoonWoo (Yoo An-In, de Chicago Typewriter) usa de seu conhecimento da tecnologia para ajudar a aventureira Yoo Bin (Park ShinHye, sim, a musa queridinha dos kdramas românticos), que possui conhecimentos básicos de sobrevivência. Disponível na Netflix.


Svaha: The Sixth Finger (2019)


svaha the sixth finger | Tumblr
“O mistério das garotas perdidas” retrata a maldade humana em seu lado mais sombrio e cruel

Um pastor imerge em um caso antigo que havia sido arquivado pela polícia, a investigação em questão é sobre garotas que foram mortas em uma pequena cidade da Coreia no ano de 1997. Enquanto procura por pistas, Pastor Park (Lee JungJae – Deliver Us From Devil) descobre que muitos dos envolvidos na seita ou estão mortos, ou internados e/ou se comportam de forma anormal para a sociedade. O filme mistura o horror com o suspense, e quando você pensa que tudo vai – enfim – se encaixar, o protagonista volta a estaca zero, com pistas descartáveis. Shava: The Sixth Finger, ou O Mistério das Garotas Perdidas, promete um plot twist daqueles de pausar o filme e dizer “não é possível”, e muita tensão. Disponível na Netflix.


Forgotten (2017)


Rastros de um Sequestro - O que tem pra ver
Kang HaNeul te convida para pirar junto ao personagem principal nesse terror psicológico incrível!

Jin Seok (Kang HaNeul – When The Camellia Bloom | Moon Lovers) muda-se para uma nova casa com o irmão mais velho Yoo-Seok (Kim Moo-Yul – Voice), a mãe e o pai. Jin Seok sofre de hipersensibilidade, e para viver sem crises precisa estar sempre medicado. Em uma noite chuvosa, Jin Seok vê seu irmão mais velho sendo jogado em uma van por um grupo de homens. Após 19 dias de silêncio e procura, Yoo Seok retorna para casa, mas ele não se lembra de nada de seu desaparecimento. Jin Seok, entretanto, percebe mudanças suficientes na personalidade e comportamento de seu irmão mais velho, e começa a suspeitar que a pessoa que voltou não é Yoo Seok.


E aí, qual seu filme de terror favorito? Conta pra gente nos comentários qual filme também merece ser apreciado no Halloween e também todos os outros dias do ano.

Fontes: (1), (2) e (3).
Fotos: Reprodução.
Não retirar sem os devidos créditos.

Isabela Marques

Jornalista do interior de SP. Tenho 26 anos e quase metade deles foram dedicados ao mundo geek asiático. Leitora assídua de webtoons e gamer nas horas vagas. Fã dos k-indies e enaltecedora da minha santíssima trindade do k-pop: NU'EST, Teen Top e ONF.

Você também pode gostar...