K-pop

Rappers da MKIT Rain Records admitem uso de maconha e empresa se manifesta

Nesta segunda (19), o portal Channel A informou que 5 artistas da MKIT Rain Records foram detidos pela polícia no ano passado após terem usado maconha. Os 5 identificados tratam-se dos rappers Nafla, Loopy, BLOO, Owen e Young West.



A unidade de narcóticos da Polícia Metropolitana de Seul conduziu uma busca e apreensão na agência em setembro de 2019 como parte de uma investigação envolvendo um dos rappers. O inquérito aponta que Nafla declarou ter fumado a substância com outros rappers, incluindo Loopy, em um estúdio nas depedências da agência e que Young West teria conseguido a droga. O inquérito também aponta que Owen recebeu a droga de terceiros e admitiu ter fumado com os colegas e outros em duas ocasiões.

A polícia encaminhou os cinco artistas às autoridades por suspeitas de violação da Lei de Controle de Entorpecentes. De acordo com o Channel A, quatro deles tiveram as acusações suspensas por serem réus primários.
A MKIT Rain Records declarou ao portal: “Os membros reconhecem seus erros e estão em profunda reflexão. Colocamos planos de ação disciplinar para garantir que isso não volte a se repetir.

Nafla e Loopy foram competidores no Show Me The Money 777 em 2018, terminando a competição em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Owen apareceu na nova temporada do programa que foi ao ar na última sexta. BLOO recentemente chamou atenção pelo seu sucesso Downtown Baby que chegou ao número 1 das paradas.

A MKIT Rain Records divulgou uma nota oficial esta manhã na qual lê-se:



Olá, aqui é a MKIT Rain Records.

Estamos comunicando nossa declaração oficial sobre a suspensão do processo dos artistas da MKIT Rain Records sobre acusação de consumo de maconha, reportado hoje na TV e jornais.

Primeiro, curvamos nossas cabeças em desculpa para as pessoas que se sentiram desapontadas e chocadas com as notícias envolvendo nossos artistas.

Todos os nossos artistas foram investigados ano passado por suspeita de terem fumado maconha. Durante a investigação, todos eles participaram seriamente de acordo com o processo legal. Os testes de urina deram negativo. Porém, durante o processo, eles admitiram terem fumado maconha em 2019 e em julho eles receberam a suspensão definitiva das acusações e o julgamento de Young West está em andamento.

Sobre isso, todos os membros da MKIT Rain Records estão cientes dos seus erros, se arrependem e estão em profunda reflexão. Nossa agência sente-se fortemente responsável por isso. Para que isto não volte a acontecer, implementamos medidas disciplinares e planejamos lidar com isso firmemente.

Nosso time administrativo atual foi totalmente mudado, bem como nossos métodos de gestão. Estamos controlando e checando aspectos como a vida pessoal de nossos artistas. Continuaremos fazendo nosso melhor em termos de gestão dos nossos artistas.

Mais uma vez, pedimos desculpas por causar preocupação aos fãs que sempre amaram a MKIT Rain Records e todos que mostraram interesse.

Fonte: (1)
Fotos: MKIT Rain Records (Divulgação)
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Você também pode gostar...