loader image

Conheça os principais feriados da Coreia do Sul

Quem acompanha as mídias coreanas já deve ter ouvido falar no Chuseok, o feriado mais famoso de lá, mas o país tem várias outras datas comemorativas marcadas no calendário. As celebrações vão desde conquistas históricas, como a luta da Coreia pela independência, até homenagens à cultura nacional, como o Dia do Hangul, data reservada para comemorar a criação do alfabeto coreano. Fizemos uma lista com os principais feriados da Coreia do Sul. Confira quais são eles:



Seollal (Ano Novo Lunar): 12 de fevereiro de 2021

Seollal é um das comemorações mais tradicionais do país, e é considerado bem mais importante que o Réveillon e Ano Novo do Ocidente para os sul-coreanos. Apesar da data do feriado, a festividade costuma durar três dias, começando um dia antes e terminando um dia depois da data do feriado nacional.

A ideia do Seollal é promover o respeito aos mais velhos e seus ancestrais, então os coreanos costumam aproveitar a folga do trabalho para voltar à sua cidade-natal e visitar a família. Durante as reuniões familiares, parentes têm refeições juntos, brincam de jogos e fazem reverências aos mais velhos.


Dia do Movimento Pró-Independência: 1º de março

O Dia do Movimento Pró-Independência celebra a luta por autonomia governamental da península coreana. A data foi escolhida de acordo com o Movimento de 1º de Março, que aconteceu em 1919 na cidade de Seul, e serviu de estopim para coreanos expressarem insatisfações quanto à dominação japonesa. O protesto terminou com um grande número de vítimas devido à repressão dos japoneses, e o movimento não alcançou a tão desejada  independência — mas a data é lembrada até hoje.



Dia das Crianças: 5 de maio

A data foi fundada pelo autor infantil Bang Chong Hwan em 1923 com a proposta de incentivar o orgulho nacional por crianças, significado que se mantém até hoje com o desejo de que os mais jovens sejam criados com muito carinho. Pais ocupados com a correria do trabalho e outros compromissos da rotina aproveitam a comemoração para passar tempo com os filhos, levando-os a lugares como zoológicos, cinemas ou parques de diversão.

Aniversário de Buda: 19 de maio de 2021

Com nome bem auto explicativo, o feriado comemora o nascimento de Sidarta Gautama, fundador da religião budista. A celebração acontece principalmente nos templos, onde ocorrem performances, jogos e desfiles. Com data marcada para o oitavo dia do quarto mês lunar, o Aniversário de Buda também é conhecido pela tradição de acender coloridas lanternas de papel nas ruas.



Dia da Memória: 6 de junho

Junho é um mês especial para as forças armadas da Coreia do Sul, já que é quando comemora-se o Mês da Defesa da Coreia e dos Patriotas e Veteranos, em homenagem às pessoas que servem o país. O Dia da Memória promove respeito tanto a militares quanto a civis que faleceram em combates pela Coreia do Sul, e é celebrado principalmente no Cemitério Nacional de Seul. Parentes de soldados se reúnem no local para realizar uma cerimônia e fazer um minuto de silêncio, além de deixarem flores em túmulos e fazerem preces.


Dia Nacional da Libertação da Coreia: 15 de agosto

O feriado marca a data em que o Japão se rendeu na Segunda Guerra Mundial em 1945, o que provocou a consequente libertação da Coreia após 36 anos de domínio político e territorial japonês. O dia também coincide com o estabelecimento do governo coreano em 1948, e é um dos poucos feriados comemorados tanto na Coreia do Sul quanto na do Norte. O nome em coreano da festividade, Gwangbok (광복), significa literalmente “dia em que a luz retornou”.



Chuseok: 20 até 22 de setembro de 2021

O Chuseok é centrado na ideia de agradecer pela colheita do ano, e acontece no décimo quinto dia do oitavo mês lunar. Mesmo que a agricultura não seja mais a atividade predominante da Coreia, a comemoração perdurou com o objetivo de transmitir respeito aos ancestrais. Hoje em dia, o feriado é uma oportunidade de reunir a família em casa para fazer refeições com comida tradicionalmente coreana, como o bolinho de arroz songpyeon.

Leia mais: A origem do Chuseok e os atuais costumes dos coreanos


Dia da Fundação Nacional: 3 de outubro

O Dia da Fundação Nacional comemora a fundação do Reino de Choson em 2333 a.C, evento que marca a criação da Coreia. Segundo a lenda, o deus Tangun foi o primeiro líder coreano, responsável pela criação da base de governo e normas da sociedade do país. Ele também ensinou aos cidadãos conceitos como arte, cultivo e saúde, e reinou por mais de mil anos até se tornar um deus da montanha. Na prática, a data é marcada por discursos políticos e patriotas, e alguns templos prestam homenagem a Tangun.



Dia do Hangul: 9 de outubro

O Dia do Hangul foi criado para celebrar a criação do alfabeto coreano. As letras são baseadas no formato da boca e na maneira em que são pronunciados os sons, e surgiu com a proposta de auxiliar na escrita do coreano — que, até então, usava caracteres chineses. O Rei Sejong foi responsável pela decisão de inventar um alfabeto próprio para o idioma nacional, e a ideia vingou: o hangul é considerado uma das formas de escrita mais fáceis de aprender do mundo.

Fontes: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10), (11)
Fotos: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.