loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Política

10 mil estudantes da Coreia do Norte se entregam às autoridades por consumir conteúdos sul-coreanos

Desde dezembro do ano passado, a Coreia do Norte declarou guerra ao conteúdo de entretenimento sul-coreanos (a chamada “onda Hallyu”). De acordo com uma lei do país, quem for pego distribuindo vídeos produzidos na Coreia do Sul poderá receber pena de até 15 anos de prisão. A punição também inclui livros e fotos. O país considera o consumo de tais conteúdos como “atos anti-socialistas”.



Nesse contexto, o jornal Kukmin Ilbo reportou que 10 mil estudantes se entregaram às autoridades dizendo que assistiram séries e filmes sul-coreanos apenas no fim do ano passado. A reportagem também cita que uma fonte interna relatou que mais de 5 mil aparelhos eletrônicos foram entregues pelos estudantes. Tal ato teria sido feito para evitar penas mais duras.

Apesar dos números altos, as autoridades norte-coreanas estimam que a onda Hallyu tenha se espalhado ainda mais e que muitos cidadãos que também consomem tal tipo de conteúdo não tenham se entregado. Presume-se que, a partir de agora, as medidas de controle ideológico sejam cada vez mais reforçadas.

Fonte: (1)
Imagem: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

5 K-Dramas com Park Seo Joon Round 6: Conheça a carreira do ator Lee Jungjae Idols de K-POP que já se vacinaram contra COVID-19 5 K-Dramas com Lee Dong Wook para você conferir Idols de K-POP trainees desde crianças