loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Aplicativos Internet

App sul-coreano de namoro só permite homens de universidade prestigiadas

Sky People é um aplicativo de relacionamento sul-coreano que “separa” seus usuários de acordo com o nível de escolaridade. Para se inscrever na plataforma, os homens devem comprovar que estudam em uma das faculdades de prestígio do país. Seu nome significa “pessoas de SKY” e faz referência à sigla das três maiores universidades da Coreia do Sul: Universidade Nacional de Seul, Universidade da Coreia e Universidade de Yonsei.



Na hora de se cadastrar no Sky People, os homens precisam enviar documentos como histórico escolar ou certificado de graduação para serem aceitos no aplicativo. Essa seleção garante que todos os pretendentes masculinos sejam universitários ou graduados de uma das faculdades mais famosas da Coreia. O processo de qualificação também avalia o emprego dos candidatos, aceitando homens de profissões de maior reconhecimento, como advogados, médicos e funcionários de chaebols.

No caso das mulheres, elas costumam ser aceitas no Sky People se tiverem entre 20 e 39 anos. O funcionamento do aplicativo de namoro é semelhante ao Tinder: você preenche o seu perfil e deve avaliar os pretendentes como interessantes ou não, segundo suas fotos e informações na bio. O Sky People é um app pago e seus usuários devem comprar ou ganhar “corações” para realizarem ações na plataforma, como curtir um perfil ou mandar mensagens.

Créditos: Sky People (divulgação)

A seletividade do aplicativo levantou críticas entre os sul-coreanos, mas parece que essas questões não atingem o Sky People: no ano passado ele tinha mais de 160 mil usuários. Além disso, o aplicativo está na 77ª posição dos apps mais lucrativos da App Store no país, segundo levantamento da consultoria de marketing App Annie.

Apesar das críticas ao Sky People, aplicativos de namoro com seleções “refinadas” têm feito sucesso na Coreia do Sul nos últimos anos. O concorrente Gold Spoon tem cerca de 3,2 mil usuários e qualifica os participantes de acordo com sua renda. Candidatos devem preencher certos requerimentos, como possuir um carro importado, ganhar determinada quantia de salário ou morar em bairros da zona nobre de Seul. Por outro lado, as mulheres do Gold Spoon são avaliadas por sua aparência ou profissão.

Já o Amanda é ainda mais criterioso, mas é o aplicativo coreano de relacionamento mais popular no país, com mais de 5 milhões de usuários. Para criar uma conta no Amanda, tanto homens quanto mulheres precisam ser pontuados por outros usuários do aplicativo. As fotos do candidato devem receber pelo menos três ou mais estrelas de 20 avaliadores homens ou mulheres para que seja aceito no aplicativo.

Fontes: (1), (2), (3), (4), (5), (6)
Imagens: Sky People (Divulgação)
Não retirar sem os devidos créditos.

Beatriz Cardoso

Sagitariana mais para capricorniana que veio parar no K-pop graças ao SHINee.

7 K-dramas para assistir no friozinho K-Dramas e Filmes com Gong Yoo para você conferir 5 K-Dramas com Park Seo Joon Round 6: Conheça a carreira do ator Lee Jungjae Idols de K-POP que já se vacinaram contra COVID-19