loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

História Política

Dossiê revela pressão dos EUA sobre a Coreia do Sul durante Guerra do Golfo

Em 29 de março, foi revelado um dossiê com cerca de 330.000 páginas contendo informações de 30 anos atrás sobre a Guerra do Golfo, conflito que aconteceu no Oriente Médio em 1990 e 1991.

Os documentos revelam que, em 1990, os EUA teriam pressionado a Coreia do Sul a formar uma aliança na Guerra para lutar contra as forças iraquianas.



Durante sua fuga, o exército iraquiano incendiou mais de 700 poços de petróleo no Kuwait.

Em uma reunião feita em dezembro de 1990, Ban Ki-moon, então diretor-geral de assuntos americanos do Ministério de Relações Internacionais de Seul, se juntou a Carl Ford, vice-secretário assistente de defesa em Washington. Ford buscava que Seul pressionasse por uma implantação de equipe médica militar na Arábia Saudita. Ele afirmava que se algo acontecesse aos seus militares americanos, o povo americano prestaria atenção no apoio das nações amigas.

Em resposta aos apelos feitos pelo secretário, Ban Ki-moon afirmou que a Coreia estava fornecendo o maior apoio possível dentro de sua capacidade, como os US$ 50 milhões garantidos após a elaboração de um orçamento suplementar.

Além da reunião, o dossiê também relata as dificuldades enfrentadas na fundação da primeira cúpula da Coreia do Sul com a União Soviética em São Francisco, nos Estados Unidos, em 1990, levando a abertura de relações diplomáticas bilaterais. Pyongyang, capital da Coreia do Norte, mostrava reações sensíveis com a aproximação de dois lados, fazendo com que o lado soviético pedisse a Seul para não “exagerar”.



O que foi a guerra do golfo?

A Guerra do Golfo foi um conflito entre os Estados Unidos e o Iraque ocorrido em 1991. Os EUA lideravam as forças internacionais durante a investida, esse que foi consequência da invasão realizada em 1990, onde o exército iraquiano atacou o Kuwait devido a acusação de roubo de petróleo feita através de perfuração inclinada. A guerra ficou deveras conhecida devida a transmissão de imagens em tempo real feitas através de redes televisivas. A divulgação era feita via satélite pela CNN com o formato de “jornalismo 24 horas”.

Em apoio as tropas internacionais, a Organização das Nações Unidas (ONU) enviava suporte ao conflito junto ao Conselho de Segurança, fornecendo o apoio de uso de forças militares contra as forças armadas iraquianas que eram lideradas por Saddam Hussein. Foram cinco semanas de bombardeio feito pela equipe Coalizão, junto a cem horas de batalha terrestre para obter sucesso na expulsão das forças iraquianas do território do Kuwait, conquistando a vitória.

Por Beatriz Santos
Fonte: (1), (2), (3)
Imagens: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Anna Beatriz Mazzaro dos Santos

Futura publicitária, especialista no caratworld, ama muito o Seventeen e o Shinee, ultimamente se tornou Noona dos novos crush do Enhypen, old stan, dançarina nas horas vagas, especialista em saber o nome de todos os meninos do NCT, sonha em viajar pelo mundo, mas tem medo de avião :)

5 K-Dramas com Park Seo Joon Round 6: Conheça a carreira do ator Lee Jungjae Idols de K-POP que já se vacinaram contra COVID-19 5 K-Dramas com Lee Dong Wook para você conferir Idols de K-POP trainees desde crianças