Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

K-drama TV/Streaming

15 K-dramas que foram baseados em fatos reais

Se você é apaixonado por dramas com histórias intensas, cheias de emoção, e ainda quer conhecer mais sobre os fatos históricos da Coreia do Sul, não pode deixar de assistir os dramas baseados em fatos reais.

Pensando nisso, a KoreaIN listou alguns títulos incríveis para você aproveitar:



1. Mr. Sunshine, um raio de sol (2018)

É claro que vamos começar com este clássico.
Apesar de o romance principal não ser baseado em um romance real e os personagens não serem figuras reais na história, o drama retrata fielmente um período histórico muito importante para a Coreia. A história se passa entre os anos de expedição americana à Coreia em 1871 até o período em que a Coreia se torna colônia japonesa, em 1910. É um período histórico conturbado e repleto de mortes, portanto, não espere um final feliz neste drama. Mas pode apostar que você irá se emocionar muito e, principalmente, conhecer e aprender um pouco mais deste período tão difícil para a Coreia do Sul.

O enredo é focado em um menino coreano de uma família pobre que acaba nos Estados Unidos depois de ver seus pais morrerem e retorna à sua terra natal anos depois como um oficial do exército americano, Eugene Choi (Lee Byung Hun) se apaixona por Ae-sin (Kim Taeri), filha de um aristocrata, e descobre um esquema sombrio para colonizar o país de onde fugiu. Ae-sin tenta descobrir se Eugene é amigo ou inimigo do país, enquanto eles vão descobrindo o que a palavra “amor” significa.

Disponível na Netflix.
Gênero: Drama Histórico
Nº de episódios: 24


2. Signal (2016)

Esse é para aqueles que amam séries policiais com casos horripilantes de assassinatos em série. E sim, os casos descritos na série são baseados em casos reais. A série retrata os assassinatos em série que aconteceram entre os anos 1986 e 1991, na província de Gyeonggi. Outros diretores coreanos se aventuraram em retratar estes casos, você pode conferir o filme “Memórias de Assassinato” de 2003 e o drama “Gap Dong” de 2014.

A história é baseada em um criminal profiling Park Hae-young (Lee Je-hoon), que resolve um caso de sequestro com a ajuda de um walkie-talkie misterioso que ele encontrou. Depois do sucesso deste caso, é criada uma equipe para resolver casos arquivado, liderada pela Detetive Cha Soo-hyun (Kim Hye-soo). Com a ajuda do detetive Lee Jae-han (Cho Jin-woong) a pessoa do outro lado do walkie-talkie, Park Hae-young resolve outros casos arquivados que permaneceram sem solução por anos.

Disponível na Netflix.
Gênero: Policial
Nº de episódios: 16


 3. The Empress Ki (2014)

Podemos começar dizendo que será um desafio assistir este drama. Ele é composto por 51 episódios com aproximadamente 1hr de duração cada. Mas compensa cada segundo. O drama retrata uma grande parte da história real da Imperatriz Ki (Ha Ji-won), uma mulher nascida em um reino pequeno chamado Goryeo e levada à força para o Império Mongol, como uma Gungnyeo (escravas do palácio) e que de uma forma deslumbrante, superou seu status humilde e se tornou imperatriz em uma terra que não era dela. 

Disponível no Viki
Gênero: Drama Histórico
Nº de episódios: 51



4. Move To Heaven (2021)

Move To Heaven foi lançado este ano e é baseado em um ensaio não-fictício com o título “Things Left Behind”, escrito por Kim Sae Byul. A série retrata a história de um limpador de cenas traumáticas sul-coreano de uma forma muito singela e impactante.

Geu-ru (Tang Joon-sang), um adolescente com síndrome de Asperger, e seu tio ex-presidiário, Sang-gu (Lee Je-hoon), se encontram pela primeira vez após a morte repentina do pai de Geu-ru. Sang-gu se junta ao sobrinho para ajudar a administrar a empresa de limpeza de traumas da família. No decorrer da série, eles descobrem histórias não contadas sobre os falecidos enquanto Sang-gu tenta lidar com sua dor do passado.


Disponível na Netflix
Gênero: Drama
Nº de episódios: 10


5. Hwarang: The Poet Warrior Youth (2017)

Este K-drama é para aqueles que amam a participação de idols em séries. O elenco conta com três idols: MinHo (SHINee), Kim Taehyung (BTS) e Park Hyung Sik (ZE:A). 

A história gira em torno de um grupo de elite de jovens chamados “Hwarang”, que descobrem sua paixão, amizade e amor na turbulência do Reino de Silla (57 aC-935 dC). Moo-myung (Park Seo-joon), Sammaekjong (Park Hyung-sik), Soo-ho (Choi Min-ho), Ban-ryu (Do Ji-han), Yeo-wool (Cho Yoon-woo), Han-sung (Kim Tae-hyung) e Ah-ro (Go Ara) buscam por justiça em Seorabeol, a capital do reino e um deles se torna o Rei Jinheung de Silla.

Os personagens e acontecimentos são fictícios, porém, a ambientação dos tempos do Rei Jinheung foi fiel e é possível perceber diversos contextos históricos reais durante a série.

Disponível no Viki
Gênero: comédia
Nº de episódios: 20


6. The Hymn of Death (2018)

E voltando ao tempo em que a Coréia sofreu pela ocupação japonesa (1910 até 1945), temos este drama histórico maravilhoso. O drama se passa na década de 1920 e retrata o romance real de dois personagens históricos, Kim U-Jin (Lee Jong-Suk) e Yun Sim-Deok (Shin Hye-Sun). O título original faz referência a uma música muito famosa em países asiáticos chamada “Eulogy of Death” (Discurso da Morte), cuja história teve várias adaptações para o teatro.

Kim Woo-Jin é um escritor de teatro casado, mas se apaixona por Yun Sim-Deok, a primeira soprano coreana. Ela grava a canção “Praise of Death”, que se torna a primeira canção pop coreana em 1926.

Disponível na Netflix
Nº de episódios: 6
Gênero: Romance 


7.The Fifth Republic (2005)

The Fifth Republic retrata a Quinta República da Coreia do Sul, durante a ditadura de Chun Doo-hwan (1981 a 1988). O enredo da série mostra os truques e artimanhas do presidente desde sua ascensão ao poder por meio de um golpe militar até sua queda após uma série de movimentos democráticos, como o levante de Gwangju (já falamos deste levante por aqui).

A série também retrata a história dos dezessete ex-políticos e assessores-chave do presidente Chun (Lee Deok-hwa), sendo alguns deles: Chang Se-dong (Hong Hak-pyo), seu ex-chefe de gabinete; o legislador Hur Hwa-pyong (Lee Jin-woo) e Jeong Ho-yong (Yoon Seung-won), ex-chefe do Estado-Maior do Exército. Essa série gerou muita polêmica quando foi lançada e suscitou muitas controvérsias de pensamentos políticos.

Disponível na Netflix
Nº de episódios: 41
Gênero: Drama



8. Queen For Seven Days (2017)

Bem, esta não é baseada em fatos reais, mas sim em uma lenda sul-coreana muito famosa. O drama retrata a história de amor entre o rei Jung Jong (Yeon Woo-jin) e sua rainha Dan Kyung (Park Min-young), que foi coroada e deposta uma semana depois, por facções políticas rivais que controlavam o governo do rei. A contextualização histórica neste drama é bem fiel e vale a pena assistir para conhecer mais sobre essa lenda coreana.

Disponível no Viki
Gênero: Romance
Numero de episódios: 20


9. Reply 1988 (2015)

É a terceira produção da famosa série “Reply”. Este drama ambienta fielmente o ano de 1988 e gira em torno de cinco amigos e suas famílias que vivem no mesmo bairro. O personagem principal foi baseado vagamente em um famoso jogador coreano de Go, Lee Chang-ho

Apesar de as histórias não serem totalmente reais e ser baseado apenas vagamente em um jogador, todas as séries Reply ficaram muito conhecidas por sua ambientação extremamente fiel aos anos que desejavam retratar e os críticos disseram que é como reviver novamente aquele ano.

Duk-Sun (Hyeri), Jung-Hwan (Ryoo Joon-Yeol), Sun-Woo (Ko Gyung-Pyo) e Dong-Ryong (Lee Dong-Hwi), estudantes do ensino médio e Taek (Park Bo-Gum), um jogador de Go, são amigos desde crianças. Todos eles cresceram juntos como vizinhos e suas famílias também são muito próximas. Juntos, eles vivenciam a adolescência enquanto tentam encontrar perspectivas sobre o futuro.

Disponível no Viki
Nº de episódios: 20
Gênero: Comédia


10. Six Flying Dragons (2015)

Este drama conta a história da fundação da Dinastia Joseon na Coréia e as ambições, sucessos e conflitos de vários personagens reais e alguns fictícios. O foco do enredo é no príncipe Lee Bang Won (Yoo Ah-In), que ajuda seu pai a estabelecer a Dinastia Joseon.
Além do príncipe, existem outros personagens que retratam pessoas reais que fizeram história, como Jeong Do Jeon (Kim Myung-Min), o erudito confucionista que projetou a dinastia Joseon; Lee Bang Won (Yoo Ah-In), o quinto filho do General do reino Lee Seong Gye (Futuro rei Tae Jo) e Lee Song Gye (Cheon Ho-Jin), general do exercito de Goryeo.

O enredo é bem complexo e, por tentar ser muito fiel aos períodos e acontecimentos políticos, o drama ficou bem extenso, com 50 episódios. Mas não é cansativo e você pode esperar um misto de emoções, choro, alegria e raiva.

Disponível no Viki
Gênero: drama histórico
Nº de episódios: 50


11. Just Between Lovers (2017)

Este drama emocionante foca exclusivamente na tragédia de Sampoong, que chocou os coreanos na época. O drama retrata a queda de um shopping em 1995 e o enredo mostra a vida de sobreviventes e parentes após os acontecimentos de uma maneira bastante profunda e realista. Este drama explora muitas visões e camadas sobre o mesmo fato. Outra série que retrata o mesmo acidente é Chocolate, de 2019 e Move to Heaven de 2021.

Lee Gang-Doo (Lee Joon-Ho) sonhava em se tornar jogador de futebol, antes do acidente em que seu pai morreu e ele quebrou a perna, passando por três anos de reabilitação. Desde o acidente ele vive desperdiçando seus dias e sem perspectiva de futuro, até conhecer Ha Moon-Soo (Won Jin-A), uma estudante de arquitetura, que perdeu seu irmão mais novo no acidente e se sente culpada por ter sobrevivido.

Disponível no Viki
Gênero: Drama
Nº de episódios: 16


12.Miss Hammurabi (2018)

Este drama retrata o dia a dia de juízes, com o foco principal na juíza novata Park Cha Oh Reum (Go Ara), que tem apenas 20 anos. Junto com seus amigos, Im Ba-Reun( Kim Myung-Soo) e Han Se-Sang (Sung Dong-Il), Park Cha Oh Reum aprende sobre a lei e cresce muito como juíza. A série aborda casos reais e demonstra como é difícil para um juíz encontrar a verdade nos casos.
A série é baseada em uma coluna escrita pelo juíz Moon Yoo Seo e que foi publicada em 2015 no jornal The Hankyoreh. Há também um livro, de mesmo nome que retrata estes casos jurídicos.

Disponível no Viki
Nº de episódios: 16
GÊnero: Drama



13. The Nokdu Flower (2019)

É um drama épico baseado em fatos históricos. A história se passa durante a Rebelião Camponesa Donghak (1894-1895) e retrata dois meios-irmãos que lutam em lados opostos dessa rebelião. Esse drama foca na luta do povo, portanto, aguarde por histórias trágicas, mas que deixam uma mensagem de esperança e coragem em nossos corações.
Ao longo da trama, os nomes históricos que foram importantes para este período são mencionados e enfatizados quando aparecem, mas é importante entender que, apesar de muitos dos acontecimentos serem reais, o drama acrescenta muitos personagens fictícios e os personagens principais não são reais.

Nº de episódios: 48
Gênero: drama histórico


14. Miss Ripley (2011)

Baseado em um caso real de uma professora de Artes da universidade de Dongguk chamada Shin Jung Ah, ela era professora e curadora de artes, mas foi descoberta por ter forjado seus créditos para ser contratada, com a ajuda do secretário presidencial Byun Yang Kyoon. Além disto, o drama mostra que ela desviou fundos do patrocínio corporativo da galeria de arte na qual ela era curadora.

Disponpivel no Viki
Genero: Romance
Nº de episódios:  16


Sandglass (1995)

E para finalizar a lista com chave de ouro, temos outro drama que retrata a revolta de Gwangju, mas este é sem dúvida, o mais importante de todos os dramas que falam sobre o assunto.
Apesar de não ser famoso no Brasil, ele foi muito popular na Coreia e, no ano em que foi lançado, ele foi extremamente ousado em representar este período tão difícil. O drama deu visibilidade à violência sofrida pelo povo coreano e à corrupção do governo militar do ex-presidente Chun Doo-hwan. Além disso, alguns estudiosos políticos acreditam que o efeito deste drama acabou influenciando o julgamento de Chun Doo-hwan e culminou na sua condenação à morte por crimes cometidos contra a nação.

Nº de episódios: 24
Gênero: Drama

Divirtam-se!

Fontes: (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) (11) (12) (13) (14)
Imagens: Reprodução
Ana Raíssa da Luz
Não retirar sem os devidos créditos


Tags relacionadas:

  • Ana Raíssa Luz

    23 anos, mineira, graduada música, estudos em neurolinguística e army. Vivo uma eterna paixão pela Coréia.

    Os perfumes dos membros do BTS Idols de K-POP parte da comunidade LGBTQIA+ 5 K-dramas com Park Jinyoung (GOT7) Curiosidades sobre o BL Kinnporsche The Series Kim Young Dae, a estrela do K-drama S**ting Stars