loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Kris Wu é acusado de estupro por mais de 30 jovens e se pronuncia

[AVISO DE GATILHO] O texto a seguir contém termos que podem servir de gatilho. Recomendamos cautela ao prosseguir a leitura.

O rapper e ator Kris Wu está sendo acusado de ter estuprado mais de 30 garotas, sendo duas delas menores de idade. As denúncias partiram de uma estudante de 18 anos chamada Du Meizhu. Em entrevista, ela revelou o que aconteceu e deu detalhes de como Kris atraía as vítimas.



Du conta que Kris atraía fãs em supostas audições. Algumas garotas eram selecionadas e convidadas para um “fan meeting” com o rapper em um hotel. A informação dada é a de que haveriam outras neste evento, mas, ao chegarem ao local, apenas Kris estava no quarto. Outras vítimas teriam sido apresentadas a ele por outras meninas com quem ele havia dormido antes.

Esta foi exatamente a sequência de fatos ocorridos com Du. Ela ainda contou que não era fã de Kris e nunca ouviu ou assistiu nada lançado por ele, apenas foi convidada para a audição. Além disso, ela só soube que Kris estaria presente no evento quando estava dentro do carro com a empresária dele e já a caminho do local.

Por volta das 9 da noite, Du chegou à casa de Kris. Além dos dois, também estavam presentes a empresária, um produtor musical, um primo de Kris e duas outras meninas na mesma faixa etária que Du. Havia bebidas no local e Du foi informada que teria que beber. Ela detalhou que a empresária de Kris confiscou seu celular e em nenhum momento do encontro foi discutido sobre negócios, apenas promessas. Kris teria dito que, caso Du fizesse um bom trabalho atuando em um de seus MVs, ele poderia conseguir um papel para ela em um projeto maior e até contratá-la para sua gravadora.

Na época dos acontecimentos, Du tinha apenas 17 anos. Ela disse que bebeu muito e, eventualmente, perdeu a consciência. Quando acordou, estava na cama de Kris. As acusações ficam ainda mais graves porque Du revelou que Kris nunca usa camisinhas, aumentando os riscos para as garotas com quem dormia. Ela ainda conta que tentou sair do local, mas o primo de Kris estava dormindo na sala. Du suspeita de que ele tenha ficado com medo que ela fosse chamar a polícia para denunciar Kris, pois, de acordo com ela, essa foi a única vez que ele não saiu da casa.

Ao voltar para o quarto onde Kris ainda dormia, ela ficou perto da cama até que ele acordasse. Du conta que Kris prometeu que se responsabilizaria e tomaria conta dela. Ele ainda a teria dito que a levaria para visitar sua mãe no Ano Novo. Du e Kris chegaram a manter um relacionamento por alguns meses, mas o rapper só a procurava quando estava em Pequim e com tempo livre em sua agenda. Ela conta que raramente saíam e a maioria dos encontros consistiam em assistir filmes em casa. A relação começou a mudar em março, quando o rapper parou de responder suas mensagens e atender suas ligações. As promessas e oportunidades de carreira que foram feitas tanto à Du quando às outras meninas nunca foram concretizadas.

A repercussão do caso na mídia e nas redes sociais fez com que Du Meizhu chegasse a receber ameaças de morte dos fãs de Kris. Pouco depois da entrevista ser divulgada, ela voltou a postar mais denúncias e anunciou que tinha provas que poderiam destruir a carreira do rapper. Tais evidências só não seriam postadas se Kris desistisse da indústria do entretenimento ou pedisse desculpas às vítimas em até 24 horas.



Repercussão do caso e a resposta de Kris

Nas últimas 24 horas, diversas marcas chinesas e estrangeiras – entre elas a Lancôme e a Kiehl’s – apagaram ou ocultaram peças publicitárias com Kris e a marca de cosméticos Kans reincidiu seu contrato com o rapper. A resposta de Kris às acusações só veio nesta segunda (19).

Kris postou em seu Weibo: “Não me manifestei antes porque não queria interferir no andamento do processo judicial, mas não achei que meu silêncio fosse indulgente com a intensidade dos boatos. Não aguento mais. Apenas encontrei a Senhorita Du pessoalmente em uma reunião de amigos no dia 5 de dezembro de 2020. Não forcei ninguém a se embriagar, não confisquei celulares e definitivamente não houveram nenhum dos ‘detalhes’ que ela descreveu. Haviam muitas pessoas lá e todas elas irão testemunhar! Sinto muito por perturbar todos. Declaro: nunca houve ‘festas para seleção de harém’! Sem ‘atrair e estuprar’! ‘Droga de estupro’! Nada de ‘menores de idade’! Se tais comportamentos existirem, não se preocupem. Eu mesmo entrarei na prisão!! Tomarei medidas legais por todas as palavras mencionadas acima!!

Após o rapper se manifestar, foi a vez do estúdio dele fazer o mesmo. A equipe fixou uma imagem de prints das postagens e da entrevista de Du Meizhu com um selo vermelho escrito “falso” em cima. Junto da imagem, a mensagem na qual lê-se: “Rejeitamos todos os comentários difamatórios e compartilhamento on-line de informações nocivas. Por favor, não use a opinião pública para maliciosamente incitar sentimentos públicos. Nossa equipe já iniciou o processo de busca de responsabilidade legal e já fizemos a denúncia à polícia. Acredite na justiça da lei e ela certamente revelará a verdade“.

Em uma outra declaração, o estúdio afirma que Du Meizhu não apenas fabricou diversas informações falsas para voltar a opinião pública contra Kris como também contatou a empresa diversas vezes para pedir grandes somas de dinheiro como condição para apagar as postagens e parar de publicar tais conteúdos. Ainda segundo a declaração, nos dias 16 e 17 de julho, Du teria falsificado duas postagens com registros de conversas que teriam sido feitas através das contas do Weibo e do WeChat do estúdio. Porém, a empresa afirma que não tem registro no WeChat e não há conta no Weibo com o nome do estúdio.

Por último, a declaração condena Du Meizhu por seu comportamento difamatório de espalhar falsas acusações e alerta a mídia chinesa que, segundo eles, apenas “coloca mais lenha na fogueira” ao noticiar tudo de forma unilateral e sem verificar previamente os fatos. O caso está atualmente sendo investigado pela polícia.



Famosas se manifestam sobre o fato

Além de Du Meizhu, atrizes e cantoras também estão indo às redes sociais sobre o caso. Uma delas foi a atriz Lin Xiya, que já foi envolvida em rumores de namoro com Kris em 2014. Ela postou em seu Weibo: “Sete anos, justiça? Vá em frente”.

Já a cantora Zhang Dansan, integrante do grupo SNH48, escreveu um relato em seu Weibo com prints que seriam de conversas entre ela e Kris. Zhang disse que o rapper a convidou para um encontro em Shenzhen e alegou que, devido ao seu status de celebridade, eles deveriam se ver no hotel. Na época, a cantora já tinha ouvido histórias sobre a fama de Kris, mas foi ao encontro e, hoje em dia, agradece por não ter acontecido nada com ela. Apesar de não poder confirmar as outras histórias, ela pede que os fãs não silenciem as vítimas e que outras mulheres possam lembrar do seu aviso.

Luna Qin – nome artístico de Qin Niu Zheng Wei – fixou uma postagem feita por ela no Weibo em 2019: “‘Garotas ajudam garotas’ está no 1º lugar dos trending topics do Weibo no momento. Não ficaríamos surpresas se muitas mulheres começassem a divulgar suas histórias com Kris Wu“. No ano dessa postagem, Luna foi vista de mãos dadas com Kris em um encontro.

Fontes: (1), (2), (3), (4), (5)
Imagem: Reprodução.
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

5 K-Dramas com Park Seo Joon Round 6: Conheça a carreira do ator Lee Jungjae Idols de K-POP que já se vacinaram contra COVID-19 5 K-Dramas com Lee Dong Wook para você conferir Idols de K-POP trainees desde crianças