Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Entretenimento TV

Saiba mais sobre o mercado de animações da Coreia do Sul

Assim como o Japão produz animações, conhecidas como anime (アニメ), na Coreia tem-se os aeni (애니), palavra que assim como a japonesa, deriva de “animation”, ou “animação” em inglês. Como os animes também estão presentes na Coreia do Sul, até mesmo a animação japonesa é chamada comumente de aeni, então para distinção da animação produzida na Coreia, usa-se o termo hanguk aeni (한국 애니 – que literalmente significa “animação coreana”) ou guksan aeni (국산 애니 – “animação doméstica”).


O primeiro estúdio de animação coreano foi criado em 1948, em Pyongyang – atual capital da Coreia do Norte -, pouco antes da separação da Coreia em Coreia do Norte e Coreia do Sul. Estima-se que o estúdio de animações de Pyongyang tenha produzido mais de 200 animações na Coreia do Norte

De forma lenta, a animação foi ganhando espaço e investimento na Coreia do Sul, ainda que antes da década de 1960, as animações fossem usadas apenas em comerciais. A adaptação do conto de A formiga e a cigarra (개미와 베짱이) foi o primeiro filme de animação independente do país, produzido pelos animadores Jeong Dobin, Han Seonghak e Park Youngil. Em 1967, a Segi Company produziu a primeira animação coreana a ir para os cinemas, o Hong Gil-dong (홍길동), filme animado por Shin Dongwoo.

Pôster do primeiro filme coreano lançado nos cinemas, Hong Gil-dong.
bandwagon second – Naver. Reprodução.

Já o famoso Dooly the Little Dinosaur (ou Dooly, o pequeno dinossauro), foi a primeira série animada, passando na televisão coreana entre 1987 e 1988. A história de Dooly é uma adaptação do manhwa (quadrinhos) homônimo, lançado pela primeira vez em 1983.  Apesar de várias críticas sobre o personagem – e sua linguagem informal e desrespeitosa com os personagens mais velhos -, Dooly é uma animação de sucesso que abriu portas para outras produções nacionais. 

Logo comemorativo do Google em homenagem ao aniversário de 30 anos do personagem Dooly. Fonte: Google Korea’s Google Plus via Korea.net. Reprodução.

A KoreaIN separou uma lista com nove animações coreanas que você precisa assistir! Confira:

Noblesse (노블레스) – 2020

Apesar de ser uma animação japonesa criada e distribuída pelo estúdio Production I.G (estúdio responsável por animações como Ghost in the Shell, Psycho-Pass e Haikyuu!!), é uma adaptação do popular manhwa Noblesse (do autor Son Jeho e ilustrado por Lee Kwangsu), disponível nas plataformas Naver Webtoon (em coreano) e Line Webtoon (em inglês). Animes como Tower of God e The God of High School também são adaptações de manhwa.

A animação de Noblesse está atualmente disponível pela Crunchyroll. Confira o trailer: 



A Day Before Us – 2018

A websérie A Day Before Us narra o romance e o cotidiano dos universitários Ha Eun, Kim Wook, Yeo Reum e Yeon Woo. Com três temporadas e episódios com menos de cinco minutos, a série pode ser assistida gratuitamente pelo canal do YouTube LICO TV (produtora de conteúdo digital da Naver Webtoon), confira abaixo o teaser:


Seoul Station (서울역) – 2016

Quem gosta de filmes de zumbis vai gostar de Seoul Station. A animação escrita e dirigida por Yeon Sangho, é um prelúdio do aclamado filme live-action Train to Busan (ou com título brasileiro: Invasão Zumbi), do mesmo diretor. Nessa animação de 92 minutos, o começo do apocalipse zumbi de Train to Busan é explicado. Mostrando a luta pela sobrevivência, Seoul Station está disponível no plataforma Prime Video da Amazon, confira o trailer abaixo: 


Dota: Dragon’s Blood – (2021)

Dota: Dragon’s Blood é uma adaptação do videogame Dota 2 e narra a trajetória de Davion, que luta contra dragões e demônios para tornar o mundo um lugar mais seguro. A animação é produzida pelo Studio Mir, que apesar de ser sul-coreano, é responsável por produções como A Lenda de Korra, Voltron e Big Fish & Begonia, em parceria com produtores americanos. Dota: Dragon’s Blood também é uma produção da parceria entre Coreia do Sul e Estados Unidos, seu áudio original é em inglês, e estreou na Netflix no dia 25 de março. Confira o trailer:


PYSCHO NYANYA – (2019)

Com 101 episódios de menos de dois minutos, PSYCHO NYANYA é uma websérie que narra a história de NYANYA, um jovem gato que quer evitar sua castração a qualquer custo, causando vários problemas a sua dona. Os 101 episódios estão disponíveis no canal LICO TV no YouTube. Assista ao Ep. 1 abaixo:



Pororo, o Pequeno Pinguim – (2003)

Exibida pela primeira vez em 2003, o pinguim Pororo tornou-se o novo representante da animação coreana. Inclusive, essa animação infantil chegou a ser transmitida até mesmo no Brasil, pela TV Cultura e RedeTV. A série encontra-se disponível na Netflix e nos canais oficiais do Pororo no Youtube, em vários idiomas, como coreano, inglês e português

Confira um episódio da série “Vamos aprender bons hábitos diários”: 


Pucca – (2006)

Pucca, animação criada pela companhia VOOZ Character System, foi ao ar pela primeira vez em 2006, enquanto sua segunda temporada estreou em 2008. A terceira temporada daquela que talvez seja a primeira personagem coreana famosa no Brasil, estreou somente no final de 2018, e é em animação 3D. 

Todos os episódios de Pucca estão disponíveis dublados em inglês, francês, espanhol ou italiano, no canal oficial da personagem no YouTube. Confira legendado em inglês: 


There She Is!! (떳다 그녀!!) – 2004

There She Is!! é uma animação do time SamBakZa. Unindo animação e música, em cinco episódios, a web animação expõe a história de Doki (uma coelha) e Nabi (um gato), em uma sociedade que não aceita o relacionamento entre espécies diferentes, e cada episódio apresenta uma música performada por diferentes artistas. Mundialmente aclamada, inclusive no Brasil, onde ganhou, em 2004, o prêmio de Melhor Animação tanto pelo júri profissional, quanto pelo público no Anima Mundi. Os cinco episódios de There She Is!! estão disponíveis no canal do trio SamBakZa no YouTube: 


The Sound of Heart (마음의 소리) – 2018

O popular webtoon escrito e ilustrado por Jo Seok teve, além da adaptação para série televisiva em 2015 (com Lee Kwangsoo como Jo Seok) e reboot da série em 2018 (com Sung Hoon no papel principal), adaptações em animação. 

No canal da PLAYY ANI no YouTube, é possível assistir a mais de 70 episódios de menos de 15 minutos, mas todos sem legenda.

Em setembro de 2018, o canal do Naver WEBTOON no YouTube, começou uma outra adaptação, com 12 episódios – todos com menos de quatro minutos e sem legendas. Confira o primeiro episódio:


+ Animações curtas para todos os gostos

No canal do YouTube da Escola de Animação Chungkang, há diversos tipos de animações curtinhas para todos os gostos. As animações são feitas pelos alunos da escola, e o canal é organizado e tem até playlists de vídeos para gêneros de romance, comédia, thriller, ação e fantasia, entre outros. Para as animações que têm falas, há a opção de legendas em inglês, vale a pena conferir. 


Fontes: (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10)
Fontes imagens: Hong Gil-dong: Blog Naver – reprodução; Dooly: Google Korea’s Google Plus via Korea.net – reprodução; Noblesse: Crunchyroll – divulgação; Seoul Station: IMDb – divulgação; PSYCHO NYANYA: Anime-Planet – reprodução; A Day Before Us: twitter oficial – divulgação. 
Não retirar sem os devidos créditos. 


Naomi Shiroma

Paulistana apaixonada por idiomas, livros e música.