loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cinema Curiosidades K-pop

15 MVS de K-POP que poderiam se tornar filmes


Alguns MVs de K-POP, ao invés mostrar as performances dos grupos, acabam narrando alguma história. As empresas costumam usar atores com quem têm contrato ou membros dos próprios grupos para representarem os papéis e esse costuma ser um dos primeiros contatos dos idols com o mundo da atuação.

Nem sempre os roteiros são compreendidos pelos fãs, que discutem muitas teorias nas redes sociais. Outros, apesar de terem uma história bem simples e baseada em filmes e séries, terminam sem realmente parecer que terminaram. Já assistiu a um MV até o último segundo e depois se perguntou “qual exatamente foi o final dessa história”?

Entendendo completamente seus roteiros ou não, listamos aqui alguns MVs que tanto por seu roteiro, efeitos e atuação poderiam se tornar excelentes filmes. Confira!



Burn It – Golden Child



O videoclipe apostou no tema apocalipse zumbi, que costuma ser sucesso em filmes e séries. A ideia de fazer esse MV no estilo cinematográfico pode ser percebida desde o lançamento de um dos primeiros teasers, que foi literalmente um pôster naquele estilo que você encontra nos cinemas. 


Fonte: Woollim Entertainment

Burn It narra a história de como pessoas diferentes tentam sobreviver em um mundo dominado por zumbis. Esses sobreviventes enfrentam dificuldades como terem sido separados dos seus grupos de amigos, conviverem com entes queridos que viraram zumbis ou até mesmo terem sido mordidos por zumbis, não sabendo quantas horas restam até a transformação completa.

O MV terminou sem uma conclusão para todos esses problemas e sem a esperança de continuação, porque o videoclipe seguinte do grupo teve uma temática totalmente diferente. A versão estendida da história está disponível no site da Lehzin Comics, mas apenas em coreano até o momento. 


Saga escolar – DAY6



A saga surgiu devido ao projeto Every Day 6 em que os membros lançaram um single diferente no dia 6 de cada mês. Graças a esse projeto tivemos a continuação do MV de debut do grupo, Congratulations, e o começo da saga escolar que narra a história do DAY6 como alunos em uma mesma escola, vivendo os dramas da adolescência. 

Os videoclipes com esse roteiro começam com What Can I Do em agosto de 2017 e terminam com All Alone em novembro do mesmo ano. O primeiro vídeo da saga narra a paixão secreta do membro Sungjin por uma estudante e ao mesmo tempo uma suposta paixão secreta de outro membro, Wonpil, por Sungjin

O MV de I Loved You, terceiro da sequência, terminou com uma confissão que era desejada por quem acompanhava a saga, mas a resposta, não veio. Os outros MVs foram apenas flashbacks das memórias dos personagens e o projeto Every Day 6 chegou ao fim. 



Saga The Clan – MONSTA X



As explicações que os fãs queriam saber vão desde o significado por trás de cada um dos MVs dessa saga até a conexão entre os vídeos. O único fator em comum parece ser a flor roxa que aparece em cada um dos MVs e que, na história, tem o poder de curar as pessoas.

Aparentemente em All In, os membros do MONSTA X estão em um futuro distópico em que há uma polícia controladora e tropas rebeldes. No lado dos rebeldes, estão Hyungwon, Shownu, Jooheon, Wonho, Kihyun, I.M. e Minhyuk. Além de lutar contra a opressão, alguns dos personagens enfrentam problemas familiares e dúvidas sobre como ajudar seus amigos.

O MV de Fighter rompe totalmente o vínculo com o anterior da saga e introduz um roteiro que recria cenas da série Stranger Things. Os internautas, como já era de se imaginar, postaram muitas teorias sobre a conexão dos videoclipes, mas nenhuma delas foi confirmada. 


Thunder – Verivery



Assim como o MONSTA X, o grupo Verivery aproveitou um conceito baseado na série Stranger Things para criar o roteiro de um MV. No videoclipe de Thunder é possível ver a refilmagem de cenas clássicas da série, como a do grupo de garotos pedalando de bicicleta noite adentro.

O MV leva a entender que Kangmin foi raptado ou está envolvido com algo sobrenatural. Algum tempo depois de desaparecer, ele é encontrado e está coberto por uma energia misteriosa, representada por raios.

Para salvá-lo, o personagem de Dongheon segura sua mão e, em seguida, somos surpreendidos pelos créditos. Qual foi o destino de cada um dos personagens é outro mistério desse videoclipe.


Saga The Most Beautiful Moment in Life – BTS



A juventude foi o momento mais bonito na vida que o BTS escolheu retratar de forma cinematográfica. No primeiro MV da saga The Most Beautiful Moment of Life, I Need U, é possível ver cenas de celebração entre amigos, que são o lado sempre agradável da juventude.

Ao mesmo tempo, são mostrados os momentos dolorosos de ser jovem, como o problema familiar enfrentado pelo personagem de V e as dificuldades para garantir sustento, caso do personagem de RM. Também há cenas que sugerem problemas emocionais vividos de formas diferentes por SUGA, Jungkook, J-HOPE e Jimin.

Em RUN, que é a continuidade desse videoclipe, é mostrado um lado mais rebelde dos meninos do BTS. E assim como no primeiro MV, há partes em que Jin não aparece, fazendo surgir várias teorias sobre vida e morte dos personagens. Nada foi confirmado oficialmente, mas os fãs reuniram provas como as cenas de incêndio e afogamento e até hashtags usadas nos teasers dos comebacks, para validar essas teorias.

Depois desses dois MVs, que não apresentam um momento final da história desses 7 amigos, foi lançado um MV prólogo de Butterfly, com 11 minutos de duração. Nesse vídeo extra podemos ver uma possível continuação de onde parou a história em I NEED U e outros momentos que não é possível afirmar se ocorreram depois do momento em que V pede ajuda aos amigos ou se são flashes da memória de algum dos personagens. A única certeza é que a história de cada um desses jovens daria um filme. 



Can’t You See Me – TXT



O álbum em que a música Can’t You See Me está incluída, The Dream Chapter: Eternity EP, é a terceira parte da série de álbuns Dream Chapter. As músicas anteriores dessa sequência descreviam o florescimento das amizades e a construção de memórias. Já o álbum Eternity e sua música título revelam a parte conflituosa da amizade.

O MV mostra os momentos felizes entre amigos, com risadas e brincadeiras, mas também aposta em um lado negativo desse relacionamento. Se opondo aos momentos de diversão, aparecem símbolos como o vermelho sangue e uma casa pegando fogo.

No decorrer da história do MV, que mostra cenas de amizade, solidão e conflitos, não se sabe o que predomina na relação dos personagens. Ou seja, não dá pra dizer se o carinho um pelo outro superou toda a discórdia ou se a história terminou em tragédia, como sugere a casa pegando fogo e os morangos esmagados, imitando sangue.


One Shot – B.A.P



One Shot um dos MVs do grupo com maior duração e assim como Skydive, Wake Me Up, Stop It e outros, usa o storytelling como recurso. O vídeo começa com os membros do B.A.P levando uma vida de ostentação e tranquilidade em uma lancha, porém nos próximos minutos começa a explicação da origem dessas riquezas e outros acontecimentos que levam até um plot twist.

O que intriga os fãs nesse MV não é só a surpresa e nem a ausência de um final, mas sim a existência de dois finais. Um dos finais é trágico e o outro possui uma dose de tragédia misturada com reviravolta. Para quem chegou até o fim do MV fica a questão: qual dos dois finais era o verdadeiro?


Pretty Please – Jackson Wang e Galantis



O MV, que é uma colaboração entre a dupla sueca Galantis e o membro do GOT7, Jackson Wang, foi dirigido pelo próprio idol. A inspiração em filmes, assim como no videoclipe do Golden Child, pode ser percebida desde os pôsteres que serviram como teaser para o lançamento. 


Fonte: Twitter Jackson Wang

Jackson revelou na conferência de imprensa do lançamento de Pretty Please que ele cresceu assistindo aos filmes chineses em Hong Kong e isso foi uma inspiração visual para o MV. A canção e o roteiro dirigido pelo artista parecem se complementar, pois a música narra como o personagem interpretado por Jackson se apaixona por uma garota e confessa o quanto a adora.

No final da história, porém, surge um plot twist e o espectador fica curioso se o protagonista tomou alguma atitude para tornar o romance real ou não.



Given-Taken – ENHYPEN 



A música marca o debut do grupo após as dificuldades vividas no reality I-LAND, que selecionou os membros que estariam na formação final do septeto. Por isso, a letra questiona se a oportunidade para debutar foi “dada” ou “conquistada” com muito esforço. Assim, os meninos do ENHYPEN usam do espaço da canção para afirmar que seguem os seus sonhos com essa “pergunta para a vida”.

Ao mesmo tempo, reafirmam o esforço que foi chegar até o debut. Na letra da música, há uma parte declarando que há “sangue vermelho na coroa, derramando”. E nada melhor quando se fala de sangue derramado, do que apostar no conceito vampiro. Ou seja, Given-Taken é mais um videoclipe que seguiu o roteiro aterrorizante.

Nas cenas do MV, os personagens representados por Jay, Jungwon, Jake, Heesung, Sunghoon, Sunoo e Niki convivem em uma casa escura onde tomam comprimidos diariamente. Há cenas dos membros se divertindo e outras em que eles estariam transformando uns aos outros em vampiros.

A história não tem uma ordem dos acontecimentos e parece ser toda contada em um tempo antigo, por meio de flashbacks. A mensagem do ENHYPEN ficou clara por meio da canção, mas a do vídeoclipe nem tanto, o que gerou várias teorias dos internautas. 


Full Moon – Sunmi



Esse foi o segundo lançamento de Sunmi após estrear como solista na JYPE. Para o videoclipe a empresa escalou o ator Yoon Park (My Shy Boss, Uncontrollably Fond, Age of Youth) para participar do MV.

Em Full Moon, Sunmi interpreta uma vampira apaixonada por um homem que não tem o movimento das pernas. Também é possível interpretar que o personagem estaria na fase terminal de uma doença e não teria muito tempo de vida.

Como a vampira assistia o sofrimento desse homem desde a infância, ela foi obrigada a tomar uma decisão: ou transformava ele em imortal ou o assistia morrer. Apesar de ficar claro qual escolha a protagonista faz, a última cena do MV deixa o público com vontade de saber quais são as próximas etapas do romance.


Gone – Jin



O MV marcou a estreia de Jin (Lovelyz) como solista. Outro ponto de destaque é a participação da atriz Kim Yoo Jung (Moon Embracing the Sun, Moonlight Drawn By Clouds, Backstreet Rockie) e de Xiumin (EXO) como protagonistas da história contada no videoclipe. 

O MV narra a história da tentativa de aproximação entre o personagem de Xiumin e de uma menina com deficiência visual, interpretada por Kim YooJung, que ele conhece nas aulas de piano. Pelo roteiro, dá pra pressentir que os acontecimentos finais podem ser trágicos, porém o que surpreende é quem vai ser vítima da tragédia.


Peek A Boo – Red Velvet



Depois do MV Russian Roulette, onde as meninas do Red Velvet interpretaram personagens que tentam ferir fisicamente umas às outras, mais uma vez o grupo investiu em uma história aterrorizante. Peek-A-Boo começa de uma maneira que poderia acabar em festa, com um entregador levando pizza até uma mansão habitada apenas por garotas, porém o final segue um caminho totalmente diferente.

O entregador é convidado a entrar, aparentemente por simpatia das moradoras, mas como todo bom MV sombrio, a calmaria dura pouco tempo e se transforma em pesadelo. O convidado assiste a uma mistura de perseguição e rituais estranhos de magia ocorrendo. Bem diferente do que era esperado no começo do videoclipe.

No final, é difícil concluir o que aconteceu com o entregador. Também surge curiosidade sobre a história daquela casa e das suas moradoras. Será que as personagens de Yeri, Wendy, Seulgi, Irene e Joy eram vilãs?


Saga da Mansão Mal Assombrada – Dreamcatcher



O nome do grupo é inspirado no objeto que afasta sonhos ruins, mas as meninas do Dreamcatcher são mestras nos MVs com histórias assustadoras. O debut desse girlgroup já veio com um videoclipe sobre a história de 7 garotas fantasmas, vivendo em uma mansão mal-assombrada e de um caçador de fantasmas que veio persegui-las.

O videoclipe de estreia do grupo, Chase Me, terminou prometendo uma parte 2 e logo veio GOOD NIGHT. Nessa continuação do roteiro, acompanhamos mais uma vez a batalha entre fantasmas e caçador. Quem ganha nessa disputa você descobre assistindo ao MV. Tudo o que é permitido revelar sobre o fim dessa história é que, como na maioria dos filmes de terror, o final em aberto prevaleceu.

Um terceiro videoclipe lançado depois, Fly High, seria a explicação da história. Nele, o ator Jo Dong Hyuk, que participa dos outros dois vídeos, não aparece pois o foco é no acontecimento que transformou a casa onde viviam Hadong, SuA, JiU, Siyeon, Dami, Yoohyeon e Gahyeon em um lar de pesadelos.


BACK – INFINITE 



BACK, um dos últimos MVs do INFINITE como grupo de 7 membros, conta uma história sobre amizade e luta. Pela descrição, pode parecer com o videoclipe de Before The Dawn, porém a única coisa que eles têm em comum é o final em aberto. 

No MV de BACK, a protagonista é a atriz Kim Hyang Gi (Queen’s Classroom), que acaba sendo sequestrada por um grupo de delinquentes. Isso ocorre porque os sequestradores pretendem prejudicar os personagens interpretados pelos membros do INFINITE e tomam a amiga deles como refėm.

Como esperado, os personagens interpretados pelos idols vão à luta por aquela que é importante para eles, e toda batalha tem vencedores e perdedores certo? Errado! Depois de muitos socos e chutes, o MV termina com o suspense sobre o resultado dessa tentativa de resgate.


SHINee – Sherlock



O MV de Sherlock chamou a atenção dos fãs não só pela coreografia, pelos visuais e pela participação de Jessica (ex-SNSD). A história sobre o roubo de uma joia e o aparecimento de uma personagem misteriosa deixa o olhar do público atento até os últimos minutos do videoclipe.

É possível perceber que Minho, Onew, Jonghyun, Key e Taemin recebem alguma ajuda com as pistas para solucionar o crime. E com o aparecimento da personagem de Jessica, acreditamos que ela seja a responsável por ajudar ou tem algum envolvimento com o roubo da joia.

No final fica claro o papel dessa mulher misteriosa, mas os detetives fazem uma descoberta ainda mais surpreendente sobre ela. A surpresa faz a gente querer saber mais sobre essa personagem e desejar muito uma parte 2 do MV.


Fontes: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7)
Imagens: HYBE LABELS (reproddução), Woollim (reprodução), twitter @JacksonWang852
Não retirar sem os devidos créditos.

Leticia Brito

Jornalista goiana, apaixonada por realities, webtoons e pelo Day6.

Performances do KPOP que usam a Língua de Sinais GIRLS PLANET 999: Conheça o novo survival show da Mnet 5 Dramas com Kim Seonho Porque Idols de KPOP debutam no Japão? 8 apresentações icônicas do KPOP