loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

TV

Erro em contagem de votos prejudicou participantes do reality “The Unit”

O Conselho de Auditoria e Inspeção sul-coreano revelou nesta sexta (24) o relatório de auditoria da rede KBS. No documento, consta que um erro na contagem de votos do reality The Unit – que foi ao ar de outubro de 2017 à fevereiro de 2018 – fez com que alguns de seus participantes fossem eliminados de forma injusta.



O reality juntou 126 idols (63 masculinos e 63 femininos) de diversos grupos que buscavam uma chance de redebutar em um grupo de sucesso, estratégia que provou ser eficiente na série Produce da Mnet. De acordo com o relatório do Conselho, 15 competidores masculinos e 13 femininos tiveram pontuações diferentes das que foram computadas no programa.

Ainda de acordo com o Conselho, três membros (dois masculinos e um feminino) que deveriam ter sido eliminados por votação foram incluídos nos grupos finais. Com isso, três participantes que deveriam ter feito parte das formações finais foram excluídos de forma injusta. Não foram divulgados, porém, quais foram os participantes em cada um dos casos.

Para escolher os 18 participantes selecionados na final, a KBS disponibilizou duas opções de voto: on-line e por mensagens de texto. O erro aconteceu especificamente na contagem dos votos on-line. Após o final do programa, foram formados os grupos UNB e UNI.T. Cada um deles lançou dois EPs ainda no ano de 2018.

Os selecionados da UNB, unit masculina do programa, foram Jun (U-KISS), Euijin (BIGFLO), Ko Hojung (HOTSHOT), Feeldog (BIGSTAR), Marco (H.B.Y.), Ji Hansol (NewKidd), Daewon (MADTOWN), Kijung (IM) e Chan (A.C.E).

Já a formação final do UNI.T, a unit feminina, incluiu Euijin (SONAMOO), Yebin (DIA), NC.A, Yoonjo (HELLOVENUS), Lee Hyunjoo (ex-APRIL), Yang Jiwon (SPICA), Woohee (Dalshabet), ZN (LABOUM) e Lee Suji (The Ark).

O relatório ainda apontou que, além dos resultados injustos, o erro afetou a confiança dos espectadores nas redes televisivas. O Conselho agora visa notificar o presidente da KBS, Yang Sung-dong, e todos os envolvidos no caso.

Em resposta à denúncia feita pelo Conselho, a KBS declarou: “Este foi um simples erro que ocorreu em um contexto no qual apenas três dos dez produtores internos estavam fazendo todo o trabalho devido à uma greve geral na KBS que estava em curso durante a produção e exibição do episódio final. Não houve intenção de favorecer competidores específicos sobre outros“.

Fontes: (1), (2), (3), (4)
Imagem: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

7 K-dramas para assistir no friozinho K-Dramas e Filmes com Gong Yoo para você conferir 5 K-Dramas com Park Seo Joon Round 6: Conheça a carreira do ator Lee Jungjae Idols de K-POP que já se vacinaram contra COVID-19