Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Entretenimento Saúde

Kim Jong Kook se defende após youtuber canadense acusá-lo de usar esteroides

Além do seu trabalho no entretenimento, o cantor e apresentador Kim Jong Kook também é conhecido por seu corpo definido e sua rigorosa rotina de treinos. Porém, tudo isso foi posto em suspeita após um youtuber canadense acusá-lo de conseguir seus músculos usando esteroides.



Greg Doucette é fisiculturista e tem um canal fitness no YouTube. Em 31 de outubro, ele postou um vídeo em seu canal com o título “Kim Jong Kook || Natty or Not?” (algo como “Kim Jong-kook || Natural ou não?” em português) e acusou o coreano de usar esteroides.

Mais precisamente, Doucette acusa Kim fazer a chamada TRH (Terapia de Reposição Hormonal) com o uso de testosterona. De acordo com ele, é impossível manter um corpo como o do coreano aos 45 anos pois, do ponto de vista fisiológico, o organismo não produz o nível de testosterona necessário para tal.

O vídeo, que pode ser visto abaixo, já tem mais de 21 mil descurtidas:



A primeira resposta de Kim Jong Kook foi: “Esforço contínuo e mentalidade pode lhe fazer chegar ao nível de testosterona de 9.24. Pode ter diminuído, já que dois anos se passaram. É possível para qualquer um. Acho que eu deveria estar orgulhoso disso. Parece que isso é algo incrível. Boa sorte, pessoal!

Alguns internautas acusaram Doucette de estar com inveja de Kim, já que seu canal tem 1.27 milhão de seguidores contra os 2.33 milhões de assinantes do canal do coreano.

A saga de Kim Jong Kook com academias começou por questões de saúde. Anos atrás, Kim foi diagnosticado com escoliose e hérnia de disco. Ao buscar tratamento para as dores que sentia, ele foi informado pelos médicos que exercícios físicos ajudariam fortalecer sua musculatura e, por consequência, diminuir os danos da doença. Desde então, ele não parou de ser exercitar e mantém a rotina há décadas.

Para comprovar que seus músculos foram construídos apenas com exercícios e sem ajuda extra, Kim Jong Kook fez 391 testes antidoping. O resultado também foi mostrado em um vídeo no seu canal GYM JONG KOOK no qual aparece conversando com seu médico:



Ironicamente, conforme Kim apontou no vídeo, quem já enfrentou problemas com anabolizantes no passado foi justamente o seu acusador Doucette. Em 2010, uma busca em sua casa encontrou uma carga de esteroides avaliadas em mais de 250 mil dólares (mais de 1 milhão e 300 mil reais), além de 56 envelopes de testosterona em pó. Já em 2014, ele recebeu uma multa por contrabando e distribuição de anabolizantes. Ano passado, Doucette também admitiu ter usado esteroides e confessou que estava fazendo TRH com testosterona.



O que a ciência diz

Em 2018, Kim Jong Kook fez uma análise corporal em um exame de rotina. Na época, sua taxa de gordura corporal foi de 8.5%. Para efeito de comparação, o jogador Cristiano Ronaldo na mesma época apresentou uma taxa de 7%. A diferença de idade entre os dois é de 12 anos. Kim tem 1,77 de altura e pesa 81 quilos, dos quais 42.8 foram de massa muscular. Resumindo, o corpo de Kim tem todos os padrões de um corpo de atleta.

Para comprovar se realmente é possível ter um corpo como o de Kim Jong Kook, o The Korea Herald conversou com especialistas em busca de respostas. O primeiro fator considerado foi que a deterioração natural que o corpo humano sofre com o passar dos anos. O Professor Yoon Joon-shik, do departamento de reabilitação da Universidade da Coreia, explicou que um dos efeitos desse processo é a sarcopenia, caracterizada pela perda de massa muscular: “Ela geralmente se manifesta aos 40 e se torna o maior dos problemas aos 50 ou 60. Não é apenas a perda de músculos, mas também é acompanhada por mudanças hormonais e efeitos nos órgãos relacionados“.

Porém, o Professor Yoon destaca que exercícios físicos podem, sim, retardar os efeitos da doença: “A sarcopenia é mais provável de se manifestar mais tardiamente em naqueles que cuidam muito bem do seu corpo“. Além disso, testar a força, a função cardiopulmonar e estar ciente das mudanças nos níveis hormonais no corpo também são medidas que ajudariam.

Quanto ao fator testosterona, já se sabe que Kim tem níveis altos do hormônio. Em um teste mostrado no My Little Old Boy quando tinha 42 anos, seu nível era de 9.24 nanogramas por ml, quantidade considerada alta para um homem de sua idade. Nos novos exames mostrados no vídeo anexado acima, seu nível foi 8.38 nanogramas por ml. Mesmo sendo uma quantidade abaixo do resultado anterior, o nível ainda está acima para a média de idade.

Apesar do fato parecer claro, ainda não pode-se dizer com certeza de onde a testosterona do corpo de Kim Jong Kook vem. Um dos fatores que mais acusam o uso de anabolizantes em testes antidoping são níveis baixos do hormônio, não altos.

De acordo com o endocrinologista Jung Yoon-seok, exposição à grandes quantidades de esteroides e drogas de aumento de performance podem impedir a produção de hormônios no corpo. Portanto, os níveis detectados nos exames de Kim vão no caminho totalmente oposto a isso.

O urologista e youtuber Lee Yeong-jin postou um vídeo em seu canal explicando que tais níveis de testosterona em uma pessoa com a idade de Kim Jong Kook são perfeitamente plausíveis: “Se os hormônios de uma pessoa aumentassem devido ao uso de drogas, os níveis seriam ridiculamente altos ou baixos, não em uma faixa normal como a de Kim“.

Kim também foi testado para sulfato de deidroepiandrosterona, nome científico da substância contida no esteroide Androstano. O exame detectou 99.4 microgramas por decilitro da substância em seu organismo. Como as faixas normais são entre 80 e 560, mais uma vez ele está dentro da faixa. Apesar disso, tal exame não pode ser usado como argumento para justificar que Kim não tenha usado tal esteroide, visto que também existem usos medicinais para a mesma substância.

Devido à toda repercussão que o caso tomou, Kim Jong Kook diz estar disposto a fazer todos os exames antidoping existentes no mundo. Mais além, ele já está tomando as medidas necessárias para tal. Apesar disso, nenhum exame poderia detectar substâncias usadas durante uma vida inteira, o que pode ser usado pelos descrentes para argumentar que o cantor possa, algum dia, ter feito uso de algum esteroide.

Finalmente, o próprio Kim resumiu a situação: “De qualquer forma, as pessoas acreditarão no que quiserem acreditar“.

Fontes: (1), (2), (3)
Imagens: Stack3d e Youtube (reprodução)
Não retirar sem os devidos créditos.


Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Dramas Coreanos com mais de uma temporada Empresas de KPOP investem em NFTs Girls Planet 999: Conheça o grupo Kep1er Programas Coreanos no Youtube Saúde Mental – 5 K-Dramas que abordam o assunto