Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Foto em close do rosto de Yoon Kyul, baterista da banda Jannabi. Ele está com camiseta azul e dois colares. O fundo da foto é amarelo.
Justiça

Yoon Kyul (Jannabi) é autuado por agressão

Nesta quarta (24), a Channel A noticiou que Yoon Kyul – baterista da banda Jannabi – está sendo investigado por agredir uma mulher. O delito está sob jurisdição da delegacia do distrito de Gangnam.



O fato ocorreu no sábado, dia 20. Testemunhas relataram que Yoon Kyul e a vítima estavam em um casamento de conhecidos quando o músico tentou falar com a mulher. Quando ela o ignorou, ele a agrediu batendo múltiplas vezes em sua cabeça. Além disso, Yoon também quebrou objetos decorativos e causou alvoroço no evento.

A Peponi Music, gravadora responsável pela banda, lançou uma nota sobre o assunto na qual lê-se:

Olá, aqui é a Peponi Music.

Informamos a nossa posição sobre a notícia reportada hoje.

Ouvimos sobre o caso pelo próprio Yoon Kyul. Como os fatos reportados por ele são diferentes dos noticiados, estamos perplexos.

Mesmo antes disso, a equipe de nossa agência e todos os membros da Jannabi sempre alertaram Yoon Kyul para não causar esse tipo de incidente vergonhoso como o noticiado hoje. Porém, o incidente ainda aconteceu, então não conseguimos esconder nosso desapontamento.

Antes de Yoon Kyul iniciar seu alistamento como servidor público, seu contrato com a Jannabi já havia expirado, então seu contrato [com a empresa] já está finalizado e, após completar seu serviço militar, ele não o renovou. Portanto, em todas as participações agendadas após isso, ele tecnicamente participou como convidado.

Embora ele não esteja sob contrato como membro da Jannabi, mais uma vez expressamos nosso arrependimento sobre esse assunto vergonhoso.

A Jannabi debutou em 2014 e Yoon Kyul se juntou à formação em 2015. Até então, a banda só havia tido uma baixa. O tecladista Yoo Young-hyun deixou o grupo em 2019 após admitir acusações de violência escolar.

Fontes: (1), (2)
Imagem: Peponi Music
Não retirar sem os devidos créditos.


Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

[EXCLUSIVO] Grupo de k-pop SUPER JUNIOR negocia turnê no Brasil Dramas Coreanos com mais de uma temporada Empresas de KPOP investem em NFTs Girls Planet 999: Conheça o grupo Kep1er Programas Coreanos no Youtube