Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Rapper Jeremy Quest é condenado a prisão por uso e venda de drogas

O rapper Jeremy Quest foi sentenciado a dois anos e meio de prisão por uso e venda de drogas.



O veredito veio após o segundo julgamento do caso, ocorrido nesta sexta (24) no Tribunal Central do Distrito de Seul. A sessão foi marcada após a defesa do réu apelar à decisão do primeiro julgamento. Porém, o Juiz Jeong Jae-oh resolveu manter a sentença previamente decidida.

Jeremy Quest, cujo nome de batismo é Jung Won-yong, é acusado de usar adesivos de fentanil. A substância é um opioide usando como medicação contra dor e como anestesia que é 100 vezes mais forte que a morfina. Como droga, ela tem efeito parecido com o da heroína.

Jung teria recebido 7 adesivos de fentanil no final do ano passado. Por volta do mesmo período, ele vendeu alguns adesivos e comprou 600 mil wones (mais de R$2800) em maconha. Além disso, ele também foi acusado de inalar o fentanil dos adesivos, uso comum entre aqueles que utilizam a substância de forma ilícita.

A defesa do réu considerou a sentença pesada e apelou para a decisão. Durante o julgamento de apelação, Jung declarou: “Usei drogas para parecer legal para os membros do meu crew“.

O tribunal examinou a apelação e declarou que não haviam espaço para diminuição da pena porque a sentença decidida havia sido a menor dentro do limite legal do delito. Portanto, nada foi mudado. Esta não é a primeira vez que o rapper é envolvido em polêmicas com drogas. Anos antes, em 2017, Jung já havia sido condenado a um ano de prisão e dois anos de condicional por compra e consumo de maconha e cocaína.

Jung nasceu em Xangai, na China, e iniciou sua carreira artística em 2016 como membro da dupla VROSKIII. Em 2017, ele passou a promover como solista. O rapper participou da 9ª temporada do Show Me The Money, que foi ao ar ano passado, mas foi eliminado na segunda fase da competição.

Fontes: (1), (2), (3), (4)
Imagem: Radii (reprodução)
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    6 k-dramas com casais “friends to lovers” Jogadores brasileiros em times de futebol asiáticos 6 K-Dramas com Kim Ji-hoon K-Dramas e filmes com Lee Hyun Woo 5 K-Dramas com Choi Hyun-wook