Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cinema

Brasil e Coreia se ligam por laços de solidariedade e amizade no longa “Fortaleza Hotel”

O filme Fortaleza Hotel, dirigido por Armando Praça, mostra duas mulheres em situações completamente opostas porém partilhando o mesmo sentimento: a dor. Pilar (Clebia Souza) não quer partir, mas precisa. Já Shin (Lee Yeong-ran, atriz sul-coreana estreando no cinema brasileiro) se vê obrigada a vir para o outro lado do mundo por um motivo não desejado. 

No início da história, vemos Pilar treinando seu inglês para uma entrevista na imigração irlandesa. A mulher que trabalha como camareira tem uma história dura. Foi mãe aos treze anos, trabalha no hotel que dá título ao filme, porém ganha o suficiente para sobreviver. Ela sonha em ir para o exterior tentar uma vida melhor e terá que deixar para trás o namorado que não é tão presente e uma filha adolescente que só faz besteiras e não tem um bom relacionamento com ela.

Shin se viu obrigada a deixar seu país e sua casa para ir ao lugar onde o marido faleceu. As condições da morte dele não são muito claras e ela se hospeda no Fortaleza Hotel para descobrir o que aconteceu e resolver os trâmites legais. Ela se vê completamente sozinha, sem o apoio da família e nem da empresa onde o marido trabalhava, que se recusa a auxiliá-la financeiramente. No meio deste turbilhão, as duas se encontram e entram em sintonia.

É interessante destacar que o hotel, ainda que seja o título do filme é um lugar bem simples, que definitivamente não chama atenção. Em alguns momentos é possível perceber os conflitos internos dos personagens apenas pelos olhares e suspiros.

O longa chega aos cinemas brasileiros em 27 de janeiro. Confira o trailer:



Sinopse

Pôster oficial do filme “Fortaleza Hotel” (Crédito: Divulgação)

A camareira Pilar conhece Shin, uma hóspede sul-coreana. Quando os planos de ambas começam a dar errado, elas acabam se aproximando e estabelecendo uma intensa relação de solidariedade, buscando encontrar uma na outra a solução para seus problemas.


Ficha técnica

Direção: Armando Praça
Roteiro: Isadora Rodrigues, Pedro Cândido
Elenco: Clébia Sousa, Lee Young-Lan, Demick Lopes, Larissa Góes, Ana Marlene e Vanderlei Bernardino
Produção: Maurício Macêdo
Coprodução: João Vieira Jr., Nara Aragão
Produção Executiva: Janaína Bernardes e Maurício Macêdo
Fotografia: Heloísa Passos
Montagem: Rita Pestana, Karen Harley, Gustavo Campos
Direção de Arte: Diogo Costa
Figurino: Tarsila Furtado
Som Direto: Pedrinho Moreira e Moabe Filho
Trilha original: O Grivo
Edição de Som e Mixagem: Nicolau Domingues
Colorista: Pablo Nóbrega
Assistência de Direção: Mykaela Plotkin
Direção de Produção: Clara Bastos

Imagens: Divulgação
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Beulla Silva

    Mineira, jornalista, Libriana no mundo da Lua que é viciada em GOT7, Monsta X, gatos, K-Drama, café e culinária coreana!!

    O significado as máscaras usadas em Money Heist Korea Produções com a Nairobi de La Casa de Papel Coreia K-POP: Os MVs mais vistos do NCT 7 K-dramas com Park Eun Bin 5 Curiosidades sobre o K-drama Extraordinary Attorney Woo