Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Professor é investigado após denúncias de assédio contra alunas

AVISO DE GATILHO: O texto a seguir contém termos que podem servir de gatilho. Recomendamos cautela ao prosseguir a leitura.

O Departamento de Polícia de Yeonje, localizado em Busan, abriu investigação contra um professor após uma série de denúncias feitas por alunas da escola onde ele trabalhava. O homem de cerca de trinta anos dava aulas para alunos no Ensino Fundamental 2.

Dentre os relatos ouvidos pela polícia estão acusações de envio de mensagens às alunas com elogios inapropriados sobre seus corpos. Várias alunas relataram ter recebido mensagens deste tipo. Uma outra acusou o professor de bullying porque disse que suas pernas eram gordas e que, por isso, ela não deveria usar saias curtas. A mesma vítima também disse que o professor lhe disse que já dormiu com uma garota de menos de 19 anos. Em outra ocasião, o professor tentou tirar o cobertor que uma aluna usava para cobrir suas pernas. Uma colega pediu que ele parasse, mas ele fez comentários ofensivos sobre sua aparência.

As alunas denunciaram o professor à diretoria da escola e uma investigação interna por assédio foi aberta. Porém, a instituição concluiu que a conduta não violava sua política de comportamento.

Insatisfeitos, os pais dos alunos protestaram contra a decisão da escola, mas o diretor desdenhou do ato e defendeu o professor com comentários como “o professor é bonito, como os idols que as crianças amam” e “ele disse tais coisas porque estava tentando ter um bom relacionamento com os alunos“. Após críticas, a instituição agora terá que responder à polícia e à secretaria de educação.

As investigações apontaram que mais de 10 alunas foram assediadas. Após as críticas, o professor foi afastado de todas as aulas. Além disso, a polícia entrou com um mandado de busca e apreensão para coletar evidências na casa do suspeito incluindo seus rastros digitais.

Fonte: (1)
Imagem: Getty Images
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Faixas do K-pop que destroem os haters Locais de filmagem do K-Drama My Liberation Notes Filmes com a Tokyo de La Casa de Papel Coreia K-dramas que estreiam em Julho 6 k-dramas com casais “friends to lovers”