Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

K-pop

[LISTA] 10 lightsticks mais originais do K-pop


Os lightsticks do k-pop são conhecidos por seus designs sofisticados, mas às vezes os grupos podem adotar luzinhas com aparências um tanto duvidosas ou originais até demais. Um exemplo é o “martelo” do BLACKPINK, que teve inicialmente uma recepção mista entre os blinks por seu aspecto inusitado. Já outros grupos seguiram caminhos ainda mais criativos e abriram mão do formato tradicional de bastão dos lightsticks, como é o caso do Day6 com suas “pulseiras luminosas” e do ITZY, que tem uma espécie de ring light como luz oficial do girl group. Confira a seguir os 10 lightsticks mais originais do k-pop!



BLACKPINK

O lightstick do BLACKPINK foi idealizado pelas próprias garotas e parece com um martelo de brinquedo. A proposta era agradar tanto fanboys quanto fangirls com um design sem “preferência de gênero”. Jennie contou no programa Idol Room que a ideia veio do dia em que o comediante Coni deu uma martelada em sua cabeça durante a gravação do Weekly Idol.


NCT

O boy group da SM revelou seu lightstick oficial durante a NCT 2018 Fan Party, e a reação das nctzens não foi das melhores. O nome do grupo é escrito em verde-neon nas faces de um cubo, com um bastão branco. O design diferenciado e meio “futurista”, que segue o conceito do grupo, não agradou muitos fãs, que criticaram a aparência por lembrar um martelo de bater carne.


ITZY

A JYP rejeitou completamente os típicos bastões de luz para criar um ring light para o ITZY. A ideia é que os midzys segurem o aro como um pandeiro nos shows, e o produto vem com um apoio de parede para pendurar a luminária em casa. Alguns fãs elogiaram a iniciativa porque podem colocar o ring light no pulso quando cansar de segurá-lo, enquanto outros reclamaram da falta de identidade visual, já que não aparece a marca do grupo no objeto.


MAMAMOO

O lightstick do MAMAMOO chama atenção pelo seu formato de rabanete, mas seu design excêntrico tem um bom motivo: a palavra “rabanete” em coreano é moo, e é daí que vem o nome do fandom moomoo. Antes de terem um lightstick oficial, os fãs do girl group costumavam usar brinquedos parecidos com rabanetes e até mesmo o próprio legume para aplaudirem o grupo em programas musicais.


BTOB

O lightstick do BTOB vem na cor oficial do grupo, azul, e imita um fonógrafo — mas, como podemos ver na foto, também dá para usá-lo como trompete… Ele também se parece com a flor glória-da-manhã, que significa amor e afeto e é mencionada em Melody Song, música que o grupo fez em homenagem ao seu fandom.



I.O.I

O finado I.O.I, formado na primeira temporada do Produce 101, levou a sério demais a doçura do girl group e ganhou um lightstick em formato de casquinha de baunilha. Apesar de haver na época uma “onda” de bastões inspirados em comida (como o lightstick de pirulito do TWICE), o do I.O.I não foi bem recebido pelos fãs, que criticaram o design por lembrar demais um brinquedo de criança.


Dreamcatcher

A pegada sombria do girl group é representada com perfeição no seu lightstick oficial. Ele conta com dois extensores para aumentar o comprimento do bastão e usá-lo como uma espécie de cetro. O lightstick do Dreamcatcher, inclusive, vem em uma embalagem que lembra um caixão, o que só deixa tudo ainda mais arrepiante. O produto foi anunciado junto com um manto negro, gerando piadas entre as insomnias de que elas já tinham a fantasia de Halloween garantida.


B1A4

Respectivamente, a primeira e segunda versões do lightstick do B1A4

O lightstick do B1A4 é daqueles que não tem explicação, mesmo. O design consiste em uma caveira verde com gravata borboleta vermelha e olhos em formato de coração. Apesar de ter sido considerado por bastante tempo um dos lightsticks mais feios do k-pop, muitas fãs se opuseram à nova versão, lançada em 2018. O design mais sofisticado, que lembra a letra B (e se refere à inicial do grupo e do fandom, BaNa), foi criticado por supostamente parecer com o lightstick do GOT7. Algumas fãs também disseram sentir saudades do Bbyongie (sim, é este o nome da caveira verde).


iKON

Assim como o BLACKPINK, o iKON também optou por um lightstick meio perigoso, por assim dizer. Inspirado em bastões de beisebol, ele ilumina num tom entre vermelho e laranja e foi batizado de KONBAT pela YG. Por mais que tenha sido alvo de piadas no começo, muitas iKONICs aprovaram o lightstick por expressar bem a vibe “gangster” do boy group.


Day6

O Day6 foi outro grupo da JYP que abriu mão dos tradicionais bastões de luz para reinventar o visual dos lightsticks. A banda ganhou um tipo de relógio de pulso, só que no lugar do mostrador das horas, no centro tem uma luminária que brilha tanto quanto um lightstick comum. Um ponto positivo desta inovação é que ela poupa o cansaço de ficar segurando a luzinha nos shows, e abre margem para personalização, já que as My Day têm a liberdade de trocar a pulseira.

Fonte: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9)
Imagens: reprodução e divulgação
Não retirar sem os devidos créditos.

img

    Inscreva-se no Telegram da KoreaIN e saiba tudo sobre a Coreia do Sul e o K-POP.

Tags relacionadas:

  • Beatriz Cardoso

    Sagitariana mais para capricorniana que veio parar no K-pop graças ao SHINee.

    Filmes com a Tokyo de La Casa de Papel Coreia K-dramas que estreiam em Julho 6 k-dramas com casais “friends to lovers” Jogadores brasileiros em times de futebol asiáticos 6 K-Dramas com Kim Ji-hoon