Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

BTS_BUTTER_JUNGKOOK
Cotidiano

Mapa de Busan é criticado por invadir a privacidade da família de Jungkook (BTS)

Um mapa de Busan feito pelo Centro de Assistência Social do município está sendo duramente criticado por invadir a privacidade da família de Jungkook.

O membro do BTS nasceu em Busan e mudou-se para Seul em busca de seu sonho de tornar-se um ídolo. Porém, alguns de seus familiares continuaram na sua cidade natal. A avó materna de Jungkook até pouco tempo atrás morava em uma casa na vila de Yeonje-gu. Apesar de ter pouco mais de 12 metros quadrados, estimativas apontam que cerca de 220 mil habitantes morem no bairro.

Ao fazerem um mapa do bairro, o Centro de Assistência Social incluiu entre as marcações uma menção ao membro do BTS justo na dita casa. No mapa, é possível ler “Casa onde a avó de Jungkook (BTS) morava (atualmente vazia)”.

Mapa da vila de Yeonje-gu com destaque na marcação da casa onde a avó de Jungkook morava.
Créditos: Centro de Assistência Social de Busan.

Conforme o mapa foi distribuído, fãs começaram a se aglomerar para procurar a residência. Moradores da região reclamam que a vizinhança, antes silenciosa e tranquila, agora sofre com o barulho e com o movimento de pessoas perguntando pela casa.

A discussão foi parar na internet quando um netizen postou sobre o mapa no fórum The Qoo. Lá, mais internautas reforçaram as reclamações dos moradores e acusaram o Centro de Assistência Social de invadir a privacidade da família de Jungkook.

Em declaração, o Centro informou: “Quando estávamos criando o mapa, não procuramos apenas fazê-lo informativo, mas também incluir elementos divertidos nele. Então acabamos incluindo a informação sobre o cantor. Pensamos que isto enriqueceria as coisas para serem vistas na vila“.

Até o momento, nem Jungkook nem a Big Hit comentou sobre o fato.

Fonte: (1), (2)
Imagens: Big Hit e Centro de Assistência Social de Busan
Não retirar sem os devidos créditos.

img

    Inscreva-se no Telegram da KoreaIN e saiba tudo sobre a Coreia do Sul e o K-POP.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    5 K-Dramas com Kim Min Kyu Artistas do k-pop que não nasceram na Coreia Faixas do K-pop que destroem os haters Locais de filmagem do K-Drama My Liberation Notes Filmes com a Tokyo de La Casa de Papel Coreia