Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Cotidiano

DJ Soda denuncia constrangimento em aeroporto nos Estados Unidos

A DJ Soda, nome artístico de Hwang So-hee, usou seu Twitter para denunciar um constrangimento que passou em um aeroporto dos Estados Unidos. A artista contou o relato em inglês e em coreano.

O motivo foi a calça que usada pela artista, que continha uma expressão ofensiva. Soda contou o fato em uma série de tweets que traduziremos a seguir.

FUI EXPULSA de um voo da American Airlines e eles me intimidaram para tirar a calça “F**K YOU” da minha patrocinadora RIPNDIP na frente das pessoas para embarcar de novo.

Ontem, voltando do aeroporto JFK [em Nova York] para o LAX [em Los Angeles] com a American Airlines, fui intimidada e humilhada. Fui forçada a sair do avião e fui assediada para tirar minha calça na frente dos funcionários do voo no portão.

Nunca tive problemas usando essa calça antes em todos os meses fazendo turnê pela América do Norte e eles não tiveram nenhum problema comigo vestido ela na hora do check-in nem quando sentei na minha poltrona.

Aqui está minha história.

Um funcionário repentinamente se aproximou de mim para pegar meus pertences e deixar o avião sem nenhum tipo de explicação. Fui escoltada para fora da aeronave, eles alegaram que a calça era “inapropriada” e “ofensiva” dizendo que eu precisava pegar o próximo voo.

Eu tinha um compromisso importante em Los Angeles naquele dia, então não poderia sair daquele voo. Pedi para ficar no voo, mas fui ignorada pelos funcionários e comissários. Até me ofereci para me trocar, mas o pedido foi negado. O que aconteceu depois foi horrendo.

Com minhas mãos atadas, acabei tirando minha calça na frente de toda a tripulação e fiquei seminua enquanto eles se recusavam a me deixar entrar na aeronave. Eles até comentaram de forma sarcástica que eu poderia ter tirado minha calça antes.

Quando eles finalmente me deixaram entrar, coloquei minha calça do avesso e finalmente pude sentar depois de uma hora, causando inconveniência para os passageiros no voo.

Estava mortificada e tremendo de medo pelas seis horas do meu voo de volta à LA. Em meus oito anos fazendo turnês, nunca passei por uma experiência em que fui tratada de forma injusta, especialmente em um país que é conhecido por sua liberdade de discurso e individualidade.

A partir de agora, boicotarei a American Airlines e espero que isto NUNCA aconteça com ninguém ne novo.

Além do relato, a artista também postou um vídeo do momento em que ela e seu empresário discutiam com um funcionário da companhia aérea:


A notícia se espalhou pela mídia especializada em cultura sul-coreana e chegou também ao View From the Wing. Com uma linguagem irônica, inclusive chamando a DJ de “celebridade pequena”, o blog explica que a American Airlines tem um código de vestimenta para passageiros que diz: “Vista-se de forma apropriada; pés descalços ou roupas ofensivas não são permitidas“.

Até o momento, a American Airlines não comentou o caso.

Fonte: (1), (2)
Imagens: Highline e reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

img

    Inscreva-se no Telegram da KoreaIN e saiba tudo sobre a Coreia do Sul e o K-POP.


Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Curiosidades do BL coreano Cherry Blossoms After Winter Idols de K-Pop que possuem tatuagens 7 K-Dramas com Ahn Hyo Seop Motivos para assistir o K-Drama Twenty-Five Twenty-One Curiosidades sobre o K-drama BL Semantic Error