Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Rapper Bassagong admite acusações de filmar e compartilhar vídeos íntimos

[AVISO DE GATILHO] O texto a seguir contém termos sensíveis que podem servir de gatilho. Recomendamos cautela ao prosseguir a leitura.

No último dia 10, a designer e influenciadora Sol Buddah postou uma série de stories em seu perfil no Instagram denunciando um rapper por filmar e compartilhar vídeos íntimos gravados sem consentimento.

Nas mensagens, Sol conta que uma amiga foi vítima do rapper e que chegou a tentar tirar a própria vida ao ter sua intimidade exposta. Ela também alega que tem as mensagens trocadas entre os dois e que só não foi até a polícia porque teme que isso pusesse expor outras vítimas que não desejam denunciar o delito.

Em outro story da sequência, um perfil interage com nas mensagens privadas perguntando se Sol estava falando de um rapper específico. De acordo com a dona do perfil, uma amiga sua também passou pelo mesmo e acabou cometendo suicídio: “Minha amiga conheceu ele por DM e sua fita íntima foi espalhada por aí. Ela se suicidou pelo choque… Estou lhe mandando mensagem porque parece que você está falando dele“.

Sol ainda revelou que o acusado entrou em contato com seu marido, o rapper Don Mills, pedindo que a silenciasse: “Não fale com meu marido e o peça para me silenciar ou me acalmar. E não peça a ninguém para contatar as vítimas para assediá-las de novo. Devo dizer quem disse isso? Se você não é capaz de assumir o que fala, não deveria falar nada. E se as vítimas fossem sua mãe, irmã ou filha? As pessoas que estão no chat precisam alinhar suas mentes. Estou realmente me contendo e eles deveriam saber disso. Como isto é correto? Apenas as suas vidas são importantes?“.

O mistério sobre a identidade do rapper teve fim na sexta (13), quando Bassagong assumiu ser o responsável pela gravação e compartilhamento dos vídeos. Ele se desculpou com uma mensagem de duas linhas: “Peço desculpas pela controvérsia que causei. Sinto muito pelos meus delitos e refletirei sobre mim mesmo“.

Bassagong também revelou que não houve nenhum registro de queixa contra ele na polícia, mas que foi até uma delegacia porque achou que seria justo para pagar o preço pelo que fez. Até o momento, não foi divulgado se o rapper será investigado.

Se você precisar ou conhecer alguém que precise de ajuda, procure o CVV. O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias. Ligue 188 ou acesse www.cvv.org.br

Fonte: (1)
Imagem: divulgação
Não retirar sem os devidos créditos.


Greyce Oliveira

Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

Curiosidades do BL coreano Cherry Blossoms After Winter Idols de K-Pop que possuem tatuagens 7 K-Dramas com Ahn Hyo Seop Motivos para assistir o K-Drama Twenty-Five Twenty-One Curiosidades sobre o K-drama BL Semantic Error