Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Justiça

Osshun Gum recebe sentença final por abuso infantil

[AVISO DE GATILHO] O texto a seguir contém termos sensíveis que podem servir de gatilho. Recomendamos cautela ao prosseguir a leitura.

Nesta quarta (22), o rapper Osshun Gum – cujo nome verdadeiro é Choi Ha Min – recebeu a sua sentença final por abuso infantil. O juiz Roh Jong Chan do Tribunal Central de Jeonju condenou Choi a 18 meses de prisão e três anos de liberdade condicional.

Além disso, Choi também terá de cumprir 40 horas de reabilitação para condenados por crimes sexuais e terá que ficar três anos proibido de trabalhar em estabelecimentos e organizações que cuidem de crianças, adolescentes e pessoas com deficiências.

A Corte justificou a sentença alegando que Choi não recebeu o perdão da vítima nem de sua família. Tal ato, se ocorrido, poderia diminuir a pena do réu. Apesar disso, ele admitiu a acusação e prometeu refletir sobre seu ato.

O caso ocorreu no ano passado na cidade de Busan. Choi foi acusado de tocar as nádegas de um menino de 9 anos que passeava com sua família. A polícia foi chamada ao local e relatou que o réu estava falando coisas sem sentido.

A primeira audiência foi no dia 27 de abril e, na época, as notícias não citaram o nome do réu, apenas se referiram a ele como um ex-competidor do High School Rapper. No mesmo dia da audiência, Choi conversou e se desculpou com fãs on-line, assumindo ser o acusado.

Em juízo, Choi e seu advogado alegaram que ele havia sido diagnosticado com um severo transtorno mental que já o havia levado a ser internado em um hospital psiquiátrico por 70 dias e que seu comportamento inapropriado foi consequência disso.

De acordo com a Yonhap, Choi também está sendo investigado sob suspeita de uso de drogas.

Fonte: (1)
Imagem: Mnet
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.