Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Esporte

Hwang Hee Chan se manifesta após sofrer ofensas racistas em amistoso

No último domingo (31), o time britânico Wolverhampton jogou uma partida amistosa contra o Farense no Estádio de Algarve, em Portugal. Na ocasião, o meio-campista Hwang Hee Chan foi alvo de gestos racistas feitos pela torcida adversária.

A atitude condenável aconteceu quando Hwang foi cobrar o pênalti que garantiu o empate de 1 a 1 para seu time na partida. Os gestos foram feitos pelos torcedores do Farense que estavam atrás do gol, o que fez com que o jogador os visse com mais facilidade ainda.

Hwang ainda chegou a reclamar com o árbitro da partida e com o companheiro e capitão de seu time, Conor Coady, mas a partida seguiu.

Momento em que Hwang aponta os gestos racistas feitas por torcedores do Farense.
Créditos: Ricardo Nascimento (via Record)

O Wolverhampton divulgou uma nota logo após a partida informando que reportará o incidente à UEFA: “Estamos muito desapontados por informar que um dos nossos jogadores foi alvo de um comportamento discriminatório por parte dos torcedores adversários durante o jogo de hoje com o Farense. Vamos reportar o incidente à UEFA e pedir ao nosso adversário e às autoridades para investigar. Ofereceremos todo o nosso apoio ao jogador envolvido. Qual forma de racismo é completamente inaceitável nunca deve ser deixada por questionar“.

Esta não é a primeira vez que Hwang sofre ofensas discriminatórias. Ano passado, quando foi apresentado no Wolverhampton durante uma partida contra o Manchester United, torcedores do time rival cantaram uma música com referências ao hábito coreano de comer carne de cachorro.

Isto fez com que o jogador Park Ji Sung, que já atuou no Manchester United e é considerado um dos maiores astros da história do clube, se manifestasse condenando a atitude dos torcedores de seu ex-time em cantar algo que perpetua estereótipos racistas e tem como alvo jogadores sul-coreanos.

Na segunda (01), Hwang usou seu Instagram para postar uma mensagem de agradecimento pelo apoio que recebeu após a partida. Ele escreveu:

Obrigado a todos pelas mensagens de apoio.
Muitos agradecimentos ao meu clube, equipe, colegas e todos meus fãs.

Somos todos seres humanos iguais.
Todos precisamos ter atitudes maduras quando estivermos desfrutando de esportes.

Realmente espero que este possa ser o último dia em que pessoas sofressem de racismo.
Não apenas no esporte, mas em todos os lugares.

Não ao racismo.

Fonte: (1), (2)
Imagens: Wolverhampton Wanderers Football Club e Ricardo Nascimento (via Record)
Não retirar sem os devidos créditos.

Tags relacionadas:

  • Greyce Oliveira

    Cearense de Fortaleza, é metade uma humana normal professora de Inglês e metade ELF(a) precisando (talvez) de tratamento para parar de falar no Super Junior toda hora.

    O significado as máscaras usadas em Money Heist Korea Produções com a Nairobi de La Casa de Papel Coreia K-POP: Os MVs mais vistos do NCT 7 K-dramas com Park Eun Bin 5 Curiosidades sobre o K-drama Extraordinary Attorney Woo