loader image

Sua principal fonte de cultura coreana e conteúdo exclusivo sobre KPOP.

Sociedade

Cidade da Coreia do Sul vai pagar R$ 500 mil a casal que tiver três filhos

De acordo com o último censo divulgado na primeira semana do ano pelo governo da Coreia do Sul, houve um declínio nas taxas de natalidade em comparação às taxas de mortalidade em 2020. O governo sul-coreano adotou medidas para diminuir a queda populacional com incentivos equivalentes a U$275 mensais para casais com crianças de até um ano de idade. Enquanto casais no período gestacional receberão U$1840. A previsão do emprego das políticas de incentivo populacional é para 2022.



Crédito: Sofia Terzoni por Pixabay (2019)

Conforme dados do Ministério do Interior e Segurança da Coreia do Sul, a  taxa populacional foi cerca de 52 milhões no último dia do ano. A queda foi de 20.838 em relação a 2019. A taxa de natalidade (275.815) caiu 10,65%, e a taxa de mortalidade (307.764) aumentou 3,1% em relação ao ano anterior. 

O Banco da Coreia (Bank of Korea) atribuiu a queda populacional à pandemia do Covid-19. Economistas relatam que a pandemia impactou negativamente a diminuição do percentual de nascimentos e casamentos nesse período, levando a aceleração das taxas de envelhecimento.

A partir das pesquisas do Banco Mundial, a causa está associada à entrada das mulheres no mercado de trabalho. Segundo a UN Population Division em 2017, menos de 25% das sul-coreanas entre 25 e 29 anos são casadas. Em contrapartida a década de 70, em que 90% eram casadas. 

Em concordância com o artigo ‘Fertility, mortality, migration, and population scenarios for 195 countries and territories from 2017 to 2100: a forecasting analysis for the Global Burden of Disease Study’ (The Lancet), cientistas relatam que o declínio populacional será comum em países desenvolvidos com um pico populacional em 2064. Contudo, essa queda poderá ter consequências negativas a longo prazo.

O Fórum de Economia Mundial declarou que o envelhecimento da população exige mais dos sistemas públicos. Portanto, haverá uma queda nas taxas de trabalhadores e aumento da população aposentada, que reduzirá o recolhimento de impostos. Impostos, estes, necessários para o pagamento de segurança e sistemas de saúde públicos para aposentados.


Empréstimos como incentivos

Na quarta-feira (06/01) autoridades locais de Changwon, cidade da província Gyeongsang do Sul, tomaram medidas públicas e oferecem U$100.000 para casais terem pelo menos três filhos. Os bancos locais passaram a facilitar empréstimos para casais residentes que planejam ter um filho de o equivalente a U$ 92.000. Os valores dos empréstimos podem ser aumentados cerca de 30% para cada filho a mais planejado sob o valor principal.

Fontes (1), (2), (3), (4), (5), (6)
Imagens: Reprodução.
Não retirar sem os devidos créditos.

revistakoreain

O Portal KoreaIN é dedicado a divulgar todo tipo de informação e noticia sobre a Coreia do Sul e sua cultura.

Performances do KPOP que usam a Língua de Sinais GIRLS PLANET 999: Conheça o novo survival show da Mnet 5 Dramas com Kim Seonho Porque Idols de KPOP debutam no Japão? 8 apresentações icônicas do KPOP