Entretenimento K-pop

AOMG: A gravadora que une sucesso e criatividade

Em todo mercado musical as gravadoras independentes são uma parte crucial da indústria, responsáveis por difundir a pluralidade de talentos a serem conhecidos pelo público e dando liberdade aos artistas, permitindo que criem suas próprias identidades artísticas. Menores do que as grandes empresas, mas tão relevantes quanto, na Coreia do Sul representavam mais de 80% do mercado, de acordo com dados levantados pela RLIAK (a Associação da Indústria de Gravações da Coreia) em 2016.

Fundadas por artistas independentes, esses selos são comuns e exploram com maior licença a multiplicidade de ideias vindas de crews e grupos com pouco reconhecimento no mainstream. A AOMG é uma das gravadoras indie de maior destaque na indústria sul-coreana, sendo lar para algumas das personalidades mais conhecidas e polêmicas do país.



A história

Fonte: AOMG

A AOMG foi fundada em 2013 pelo rapper, produtor, compositor, dançarino e empresário Jay Park. Focada em hip-hop e R&B, o nome da gravadora é um acrônimo para “Above Ordinary Music Group” (Grupo de Música Acima do Comum) e ao longo dos seus 8 anos de existência virou referência e conquistou fama internacional com seus lançamentos bem-sucedidos.

Proeminente em seu nicho, fechou parceria com um dos maiores conglomerados de mídia da Coreia do Sul, o CJ E&M. A gravadora foi tão próspera na empreitada que em 2019 se tornou pioneira, sendo a primeira gravadora independente a criar o próprio programa musical de sobrevivência, o SignHere, exibido no canal MBN. A cantora e compositora Sogumm foi a campeã e assinou um contrato com a empresa.

Como dito pelo co-CEO da AOMG, DJ Pumkin, em uma entrevista para o canal no YouTube HIPHOPLE, um dos principais objetivos da gravadora é permitir que os artistas contratados consigam crescer e ter êxito com aquilo que há de melhor neles, pois, podem dar bons exemplos a quem quiser ingressar e assinar com eles também. Um crescimento mútuo para quem administra e seus administrados.

A administração acabou sendo destaque fora da música, crescendo seu escopo para o segmento esportivo. Em 2018 se tornou responsável por administrar a carreira do lutador de MMA da categoria peso-pena, Jung Chansung (popularmente conhecido como The Korean Zombie).



Os artistas

Jay Park

Fonte: Jang Duckhwa/Tommy Jeans

O CEO e membro fundador da AOMG é o rapper, compositor, produtor e empresário Jay Park. Membro de crews de dança durante a adolescência, como a Art of Movement (ao lado de Cha Cha Malone), Park demonstrou interesse por música desde muito cedo, ainda nos EUA. Foi para a Coreia do Sul para trabalhar nessa indústria em constante crescimento e integrou o grupo 2PM – da JYP Entertainment – na época do debut. Ele acabou finalizando o contrato com a empresa pouco tempo depois devido à polêmicas.

Desde sua estreia no mercado sul-coreano, vem lançando músicas de forma independente, criando status e renome também fora da península. Nos EUA, o rapper assinou com a Roc Nation, administrada por Jay-Z. Além de CEO da AOMG, também administra a H1GHR MUSIC.


Simon Dominic

Fonte: Instagram

Simon Dominic iniciou sua trajetória musical no início dos anos 2000 fazendo parte de crews de rap como K-outa. Em 2009 debutou ao lado de E Sens no Supreme Team. A dupla acabou anunciando o disband em 2013, com o fim do contrato com a Amoeba Culture. Simon, que já vinha trabalhando em projetos solo, assinou com a AOMG como artista, mas também adquiriu o posto de co-CEO ao lado de Jay Park, cargo do qual decidiu se desfazer em 2018 para focar nas próprias músicas, ainda sob as asas da gravadora independente.


Gray

Fonte: AOMG

Gray é um dos principais produtores da AOMG, tendo lançado seu primeiro álbum, Call me Gray, já sob a administração da empresa, em 2013. O artista é destaque na indústria por suas produções muito elaboradas e bem trabalhadas. Hoje, Gray é um compositor, cantor e rapper renomado e bastante requisitado. Ele trabalhou com diversos artistas tanto dentro quanto fora da gravadora.



LOCO

Fonte: Barrel Lifestyle

LOCO debutou em 2012 após vencer a primeira temporada do programa Show Me The Money. Assinou com a AOMG um ano depois, quando a empresa pagou pela rescisão do contrato do artista com sua antiga gravadora, a multa foi de cerca de ₩ 200 milhões (cerca de R$900 mil, na cotação atual). Desde então, não somente a própria AOMG cresceu, como Loco se tornou um dos artistas mais populares na Coreia do Sul, tendo sido mencionado como principal parceria de muito cantores e cantoras no país.


Cha Cha Malone

Cha Cha Malone (Crédito: AOMG)

Cha Cha Malone é um dos parceiros comerciais e artísticos mais antigos de Jay Park, com quem trabalha desde 2009. Ele é cantor, produtor, compositor, empresário e dançarino de b-boy, tendo sido parte do AOM (Art of Movement, o mesmo que tinha Park como integrante). Desde sua estreia, se tornou renomado na indústria musical sul-coreana, produzindo e compondo para diversos artistas. Seu portfólio inclui sucessos de grupos como Shinhwa, Red Velvet, Kara, U-KISS, NU’EST e B1A4, além dos artistas da própria AOMG.

Ele também é parte da H1GHR Music, que foca não apenas nos artistas da Coreia do Sul como também de Seattle, divulgando para o mundo a arte local.


Elo

Fonte: AOMG

O cantor e compositor ELO debutou em 2013 e assinou com a gravadora um ano depois. Os vocais impecáveis e a expansão constante de seu leque musical o tornam popular. Suas habilidades em produção e composição o colocaram numa posição de destaque dentro da própria AOMG.



Ugly Duck

Fonte: Instagram

O rapper e produtor Ugly Duck assinou com a gravadora em 2014 e é outra peça-chave para alguns dos sucessos avassaladores da empresa. Uma das músicas mais populares é Mommae, obra em parceria com Jay Park, cujo sucesso comercial foi instantâneo e absoluto. Ugly Duck é renomado dentro da cena do k-hip hop desde 2010.


WOO

Fonte: Prada

WOO foi um “monster rookie”, desde seu debut vem sendo aclamado por seu estilo, composições e flow. Participou do Show Me The Money em 2017 e saiu em terceiro lugar. Mesmo sem a vitória, saiu ganhando, pois, teve o reconhecimento público e um contrato com a AOMG. Em 2018 ganhou o prêmio na categoria “Melhor Faixa de Rap & Hip-hop” no 2018 Korean Popular Music Award’, além de diversos troféus pelo desempenho como estreante. Seu lançamento mais atual é o EP BLACKOUT, de 2020.


Hoody

Fonte: W Korea

A primeira artista feminina a assinar com a AOMG não poderia ser ninguém menos do que Hoody. Tendo debutado em 2013, ela já era reconhecida no mundo R&B por sua voz melódica. Um dos principais e mais requisitados nomes independentes, se tornou ainda mais requisitada em 2015, quando assinou com a gravadora. Seus dois álbuns de estúdio foram aclamados pela crítica, e suas parcerias com outros cantores e rappers também.



DJ Pumkim

Fonte: AOMG

DJ Pumkin é um dos membros fundadores da AOMG e talvez o mais discreto deles. Além de produzir e fazer remixes para alguns dos nomes mais proeminentes da indústria, também é o atual co-CEO da AOMG. Suas responsabilidades também incluem auxiliar na parte mais visual da empresa e opinar nas questões de imagem de venda. Em um dos vídeos da série coma presentações de produtores publicado em 2020 no canal de YouTube HIPHOPLE, é mostrado o papel de Pumkin no crescimento anual dos lucros, e o artista deixa claro que não somente o talento, mas sempre procura trazer o que há de mais singular em cada membro administrado por eles.


DJ Wegun

Fonte: AOMG

Ainda falando sobre alguns dos principais produtores, DJ Wegun debutou de forma independente em 2006 e continuou sua trajetória musical ao longo dos anos. Em 2014 assinou com a AOMG e também passou a produzir para os artistas da gravadora. Lançou seu primeiro EP solo, Band Wegun Effect, em 2018 e mais recentemente o Everybody Sucks. Ele é membro do crew BACK&FORTH, ao lado do DJ Pumkin.


Code Kunst

Fonte: ELLE Korea

CODE KUNST iniciou a carreira musical em 2013, tendo chamado atenção das gravadoras por seu estilo único de produzir e interpretar as próprias composições. Foi destaque quando estava sob a administração da HIGHGRND (subsidiária da YG Entertainment dissolvida em 2018). Em 2018 foi confirmado como parte da AOMG. Seu lançamento mais atual é o álbum People, que traz diversas parcerias com artistas como Jay Park, pH-1, Baek Yerin, Paloalto e Lee Hi.



Punchnello

Fonte: AOMG

Punchnello começou sua carreira em 2015 com o lançamento de uma mixtape independente que chamou atenção para seu talento. Sua trajetória de sucesso o levou a participar do programa de sobrevivência Show Me The Money em duas ocasiões, em 2017 e 2019. Ele se consagrou como campeão da oitava temporada e assinou com a AOMG oficialmente. Seu último lançamento é o single fine, parceria com Kid Milli.


Sogumm

Fonte: AOMG

Sogumm iniciou a carreira em 2015 como uma artista independente e dona de uma voz única e um flow incomparável. Ela não demorou para chamar atenção e se tornou integrante do crew Balming Tiger. Sua história com a AOMG começou oficialmente em 2019, quando saiu campeã do programa Signhere e assinou o contrato. O lançamento mais atual da cantora e rapper é a música Imagine, ao lado do DJ Wegun.


DeVita

Fonte: AOMG

DeVita é um exemplo da liberdade artística concedida aos artistas da AOMG. Apesar de ter participado de competições como K-POP STAR e Kollaboration Chicago, o debut oficial sob as asas de uma gravadora se deu em 2020 com o single EVITA! e o EP CRÈME. Ela é reconhecida pelos vocais poderosos e estáveis.



Lee Hi

Fonte: AOMG

Lee Hi dispensa apresentações, pois, a cantora é um dos nomes mais mencionados entre os coreanos. Uma artista completa, debutou em 2012 pela YG Entertainment e permaneceu na empresa até o fim de 2019, quando o contrato terminou e foi para a AOMG, assim lançando a música HOLO.


Goosebumps

Fonte: AOMG

Goosebumps debutou em 2012 com o single C.G.F e vem se consagrando na cena de k-hip hop desde então. Sua visão artística e ouvido para produções criaram uma reputação dentro da indústria, tendo aparecido em diversos programas de televisão relacionados à música. Antes de assinar oficialmente com a AOMG, já vinha fazendo um trabalho magistral nos bastidores. Porém, em 2019 foi anunciada sua entrada oficial para a família.


Yugyeom

Fonte: ELLE Korea

O mais novo membro da família AOMG é o cantor, rapper e dançarino Yugyeom. O artista iniciou a carreira em 2014 com o GOT7, sob a administração da JYP Entertainent, sendo assim o único idol dentro da empresa. No final de 2020 iniciaram os rumores sobre o destino de cada membro do grupo e, entre eles, a possibilidade de Yugyeom juntar-se à AOMG. Após muita especulação, a confirmação veio em fevereiro de 2021, quando ele foi apresentado oficialmente com a divulgação de um dance video.

Fontes: (1), (2), (3), (4), (5), (6), (7), (8), (9), (10), (11), (12), (13), (14), (15), (16), (17), (18), (19).
Imagens: Divulgação e reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.

Bárbara Contiero

Maria-cafeína. Tenho mais livros do que amigos. Minhas roupas são 70% de brechós. Epik High me mantém acordada de manhã.

Você também pode gostar...