Cinema

Conheça sete filmes sul-coreanos que conquistaram audiência internacional

Não é só entre críticos que os filmes coreanos fazem sucesso internacionalmente! De dramas a suspenses de tirar o fôlego, o cinema da Coreia do Sul vem conquistando o público mundial por sua qualidade técnica e narrativa.

Quer saber mais sobre as produções do país? Hoje te apresentamos alguns filmes coreanos que bombaram no mundo todo!



Oldboy (2003)

Oldboy é o segundo filme da “Trilogia da Vingança” dirigida por Park Chanwook. Baseada em um mangá de mesmo nome, a história acompanha Oh Daesu (Choi Min-sik) que, depois de passar anos preso, busca descobrir o verdadeiro culpado pela morte da esposa e o desaparecimento da filha. Em 2013, o filme ganhou um remake estadunidense dirigido por Spike Lee.


O Hospedeiro (2006)


Dirigido por Bong Joon-ho, O Hospedeiro conta com atuações de Song Kang-ho e Bae Doona. Na época do lançamento, foi o filme coreano com a maior bilheteria de todos os tempos. A história lida com os desdobramentos de um despejo químico no Rio Han, que cria criaturas híbridas que atacam a cidade de Seul.



A Criada (2016)


Dirigido por Park Chanwook, A Criada narra os desdobramentos de um golpe orquestrado para enganar uma herdeira japonesa durante o período de ocupação da Coreia do Sul. Com boas doses de suspense psicológico, o longa foi reconhecido como Melhor Filme em Língua Estrangeira nos BAFTAs de 2016.


Invasão Zumbi (2016)


Estrelado por Gong Yoo (protagonista do drama Goblin), Invasão Zumbi vai além de um filme tradicional do gênero. O que a princípio parecia uma viagem de trem entre um pai e sua filha torna-se uma luta pela sobrevivência quando um vazamento químico dá início a um apocalipse zumbi.

O filme recebeu 94% de aprovação no Rotten Tomatoes, além de ter acumulado uma bilheteria de quase 100 milhões de dólares. Todo esse sucesso rendeu a sequência Invasão Zumbi 2: Península, lançada em 2020.



Okja (2017)


A produção conjunta entre EUA e Coreia foi dirigida por Bong Joon-ho e conta ainda com grandes nomes no elenco, como Choi Wooshik, Ahn Seohyun, Lily Collins, Tilda Swinton e Steven Yeun.

Na história, que competiu pela Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2017, uma menininha tenta salvar seu porco de estimação geneticamente modificado de um destino cruel nas mãos de uma grande multinacional.


Burning (2018)


Também conhecido como Em Chamas, o filme dirigido por Lee Chandong é uma adaptação de um conto de Haruki Murakami. A narrativa segue o autor Lee Jongsoo (interpretado por Yoo Ah-in), que investiga o desaparecimento de sua vizinha Haemi. O suspeito? Um playboy com o estranho hobbie de incendiar celeiros.

Burning foi escolhido para representar a Coreia do Sul no Oscar de 2018. Apesar de não ter conseguido a indicação, foi o primeiro filme coreano a chegar a lista de pré-selecionados para a premiação.

[LEIA MAIS] Filme coreano “BURNING” recebe nota histórica em CANNES



Parasita (2019)


Com uma combinação única de humor e crítica social, Parasita conquistou os espectadores ao redor do mundo. O filme fez história ao ser o primeiro longa em língua estrangeira a vencer o Oscar de Melhor Filme – o principal prêmio da cerimônia – em 2020.

Parasita nos apresenta à família Kim, cujos integrantes se passam por diferentes profissionais – e desconhecidos entre si – para trabalhar na casa de uma família rica.

[LEIA MAIS] “Parasita” leva o prêmio de MELHOR FILME e faz história no OSCAR


Bônus: Minari (2020)


Apesar de contar com uma produção estadunidense, Minari é falado quase inteiramente em coreano. O filme narra a história de uma família de imigrantes coreanos que trabalha em uma fazenda no interior dos EUA na década de 1980.

Até o momento, Minari foi reconhecido como Melhor Filme em Língua Estrangeira no Globo de Ouro, além de ter recebido os prêmios do júri e do público no Festival de Sundance. Também está indicado ao Oscar de Melhor Filme, Diretor, Roteiro Original, Ator, Atriz Coadjuvante e Trilha Sonora.

Fontes: (1), (2)
Imagens: Reprodução
Não retirar sem os devidos créditos.